Categoria(s) do post: Estudos, Zettelkasten

Desde que fiz o webinar de estudos no início de agosto eu tenho recebido muitos contatos de pessoas me perguntando sobre como eu venho tomando notas neste momento da minha vida com o Doutorado e outras aulas. Este então é um post de atualização. Quando fiz um outro semelhante, ano passado, eu estava usando essencialmente o Notion (como teste), mas voltei ao papel e, para o sistema Zettelkasten, tenho usado o Obsidian. O Notion está mais para arquivos, informações mesmo, do que para registro de estudos. Mas ainda estou passando meus textos para o Obsidian (tem que fazer aos pouquinhos).

O caderno que uso atualmente para fazer os registros de aulas é um caderno de “ideias” da Cícero. As folhas são pontilhadas. Peguei esse modelo menor para testar mas confesso que sinto falta do tamanho universitário. Quando esse acabar, provavelmente voltarei ao modelo maior. Sim, esse é o meu commonplace book atual como um todo.

Na aula, não tem muito segredo. Abro o caderno, coloco a data, coloco o título (tipo “Aula 5 – Antropologia – Tema: X”) e vou escrevendo embaixo o que achar relevante. O que tenho feito, se der tempo na própria aula, é já criar alguns insights para desenvolver a escrita no zettelkasten depois. Tenho tido altos insights a cada aula do Doutorado, para a minha tese, então tem sido muito proveitoso continuar com as aulas mesmo já tendo cumprido esses créditos.

Ao longo da aula, quando dá um tempinho, e ao final dela, antes de sair da sala, olho as minhas anotações para ver se restou alguma dúvida a ver com o professor ou se as informações que registrei estão claras para eu entender depois. Faço ajustes, se necessário.

Na manhã seguinte, sempre dedico um tempo para a escrita da tese e a produção intelectual no geral. Pego as notas da aula e transformo em produção escrita. Também faço algumas leituras, dependendo do tempo e da necessidade (por isso o planejamento semanal é tão importante).

É assim que tenho feito atualmente com as notas de aulas. Se tiver alguma dúvida, pode deixar aqui nos comentários deste post que eu procuro responder. Obrigada. 😉

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Silvia Helena Lourenço Frulani comentou:

    Boa noite Thais!!!
    Acompanho seu trabalho há anos, Vc é um ser humano lindo!!! Responsável e sua entrega nas redes sociais são maravilhosas!!! Inteligente .
    Gratidão por vc ser vc!!! Te admiro muitooooo!
    Deus abençoe ricamente sua vida e de sua familia linda!!!

  2. Natália comentou:

    Thais, eu tinha um problema no uso do Obsidian que era de por vezes estudar às vezes no computador do trabalho, às vezes no pessoal, porque não uso a versão online da ferramenta. Descobri uma forma de trabalhar melhor com essa situação de dois computadores que é usar uma mesma pasta no Onedrive como cofre pessoal no Obsidian baixado em cada um dos computadores. Enfim, talvez seja óbvio para muita gente, mas pra mim foi um “truque” que ajudou, então fica aqui o registro. Obrigada por seu conteúdo nesse assunto, tem me ajudado bastante a organizar os estudos. 🙂

    1. Fernanda Gonçalves comentou:

      Nossa, muito obrigada pela dica! Estou com dificuldades de seguir atualizando o Obsidian justamente por ter janelas de estudo em situações diferentes; vou testar fazer isto com o cofre.