Categoria(s) do post: Diário da Thais, Arquivos, Ferramentas de organização

A leitura do livro do Tiago me motivou a testar o modelo dele de arquivamento.

Confesso que ainda me pego confusa às vezes com o que entra em Áreas e o que entra em Referências, mas está ficando cada vez mais claro. A saber:

  • Projetos: auto-explicativo. Onde ficam os projetos.
  • Áreas: áreas da vida. Tudo o que for necessário para manter as áreas rodando bem, como checklists e informações.
  • Referências: assuntos que você tem em andamento na sua vida e precisa ter acesso mais facilmente.
  • Arquivo: tudo o que já aconteceu e você não usa mais, mas não quer deletar porque pode precisar em algum momento.

Estou organizando em todas as ferramentas de armazenamento essa mesma estrutura. No Notion, está assim:

O esquema de ícones é o esquema que aprendi com a Marie Poulin. Realmente é o modelo que mais gosto de usar e já me adaptei.

Eu gosto de trabalhar todos os dias um pouquinho na minha organização de arquivos, porque de fato é uma manutenção constante. Sempre tem coisa pra destralhar, melhorar, renomear etc.

Esse post é simples apenas para compartilhar como fiz. Caso queira aprender mais sobre o sistema PARA, consulte os materiais do Tiago Forte. E, se tiver alguma dúvida sobre como eu organizo essa parte, deixe um comentário se quiser. 😉

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.