Categoria(s) do post: Diário da Thais, Espiritualidade, Equilíbrio emocional

Eu amo tarot. O tarot não é uma “arte de adivinhação”. É um exercício de autoconhecimento. As cartas representam símbolos, arquétipos, e quanto mais você estuda sobre elas, mais apta/o fica para interpretar e refletir sobre a vida quando joga as cartas. Não tem nada a ver com religião, cultos ou coisas do tipo. É simplesmente uma ferramenta em forma de baralho. Inclusive, há estudos de psicologia e psicanálise relacionados às cartas – recomendo o livro Jung e o tarô, por exemplo.

Ultimamente, tenho respondido algumas perguntas no Instagram simplesmente com a carta da Rainha de Espadas, entãqo este post é uma explicação sobre por que eu uso essa carta em alguns casos.

Para mim, a Rainha de Espadas representa o “corte pragmático”. Tem que cortar, tem que eliminar o desnecessário, destralhar, ser objetiva e pragmática nas escolhas, sem mimimi.

E aqui vão alguns exemplos:

Eu adoro o tarot e seu estudo e prática me ajudam a refletir sobre a rotina e a aprender mais sobre mim mesma.

Se você quiser saber mais sobre como faço uso do tarot no dia a dia, deixa um comentário? Obrigada.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.