Categoria(s) do post: Diário da Thais, Novidades

Na semana que vem, na cidade de São Paulo, teremos a chegada de uma frente fria bastante intensa. Sabemos como a quantidade de moradores de rua vem aumentando nos últimos anos e muitas famílias, incluindo crianças e idosos, estão em situação de rua e passando por um frio mais rigoroso pela primeira vez. Além de todas as outras pessoas, seres humanos, que sofrerão com isso.

Todos os anos, eu costumo fazer esse tipo de doação, mas pela primeira vez decidi fazer disso uma iniciativa coletiva e divulgar através do Vida Organizada para quem quiser contribuir. Como funcionará:

  1. Faça uma revisão em casa de blusas de frio ou cobertores que você não precisa e/ou possa doar.
  2. Coloque em uma sacola ou caixa com seu nome e destinatário para Vida Organizada (endereço abaixo).
  3. Você pode levar pessoalmente ou mandar entregar.
  4. Se morar fora de SP, pode enviar via transportadora ou correio, ou pode realizar a mesma iniciativa em sua cidade.
  5. Levaremos as doações em lotes, em várias datas (ver abaixo).

Pretendemos fazer outras ações assim e avisar com mais antecedência para quem não for de SP mas, se você for, recomendo que leve pessoalmente até o local de arrecadação para garantir.

Endereço:

Vida Organizada
Rua Cotoxó, 970, conjunto 310
Perdizes / Pompeia
São Paulo – SP

Qualquer cobertor ou agasalho já fará diferença.

Pretendemos levar ao longo da semana que vem, especialmente se tivermos muitas doações. Se você conseguir levar até segunda (16/5) na hora do almoço, agradecemos!

Destralhar pode salvar vidas. O que não serve mais para você, pode proteger outra pessoa. Se for de SP, contribua! Se não for de SP, que tal organizar na sua cidade iniciativa semelhante? Nos avise, que divulgaremos! Use a hashtag: #DestralharSalvaVidas

Obrigada!

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

5 comentários

  1. Fernanda comentou:

    Ola! No fds recebem tb? Qual o horário de recebimento? Obrigada

  2. Manu comentou:

    Que iniciativa maravilhosa! Já doei as minhas peças na vizinhança, senão gostaria de participar com vocês

  3. Julia Garani comentou:

    Thais, poderia liberar uma forma de contribuir com dinheiro. Sou do Paraná, sempre faço revisão de roupas para doação, mas gostaria também de contribuir com o projeto.

  4. Rayna Mendes comentou:

    Oi Thais e equipe, adoro o conteúdo de vocês.
    Só gostaria de fazer um adendo, no lugar de morador de rua não seria melhor colocar pessoa em situação de rua, no título? Quando trabalhei na área de Justiça Social de Minas Gerais aprendi alguns termos que são mais apropriados para esse tipo de situação. 🙂