Categoria(s) do post: Diário da Thais

Hoje eu acordei com bastante dificuldade.

Tem dias que são assim – simplesmente mais difíceis.

De alguma maneira, meu pensamento foi: se eu estou disposta a ficar na cama o dia inteiro, não preciso levantar com pressa.

(esse tipo de raciocínio me ajuda a ser mais compassiva comigo mesma)

Fui até o banheiro, peguei minha toalha e meu óleo de gergelim (Ayurveda).

Muito calmamente, sentei em cima da cama e comecei a massagear meus pés. Pernas, todo o corpo. Os ombros. Nossa, como é bom massagear os ombros! Por trabalhar ao computador, sempre dá pra dar uma apertadinha nos músculos ali.

O óleo de gergelim tem propriedades quentes, então eu estava com calor ao final desse ritual. Tomei banho.

Refleti sobre como é importante fazer uma coisa de cada vez. Nada de pensar no que eu faria em seguida. Eu só precisava me concentrar no banho.

Depois do banho, quis colocar uma roupa legal. Era dia de evento de um grupo de empresários que faço parte. Expliquei minha condição e eles me deixaram participar online (está acontecendo aqui em São Paulo, mas eu estou com dificuldade de me deslocar sozinha depois do que aconteceu).

Vesti minha roupa, passei uma maquiagem básica no rosto. Me senti nova de novo. Foi tão simples. E eu poderia ter ficado na cama.

Peguei meu café, sentei em frente ao computador e comecei a assistir as palestras. Todos os meus colegas me enviaram mensagens de carinho por eu estar ali, para que eu ficasse bem. Foi bom. Me senti querida.

No trabalho, resolvi o mínimo. Paguei contas, respondi mensagens, agendei reuniões, resolvi um probleminha de acesso em uma página. Fiz um carrossel bonitinho para o Instagram.

Consegui trabalhar um pouco na organização dos processos da empresa no Notion. Isso é gostoso de fazer. Não é cansativo.

Almocei com o filhote e o meu marido. Filhote foi “promovido” a monitor de matemática e está empolgadíssimo. Eu fiquei muito feliz. Ainda passei na Daiso pra comprar coisinhas de papelaria.

Participar do evento de empresários foi importante porque me deu uma animada. Achei que ficaria cansada, mas tornei leve. Fiz intervalos, levantei, me alonguei. E, para cada palestra, defini um próximo passo simples e claro de algum ensinamento que poderia colocar em prática. Adorei essa estratégia.

Brinquei com os cachorros…

Pintei com a minha aquarela um pouquinho.

Não fiz comida. Pedi fora. Achei que era um investimento que valia, pelo dia que tive.

Eu defini uma intenção para o meu dia assim que sentei à frente do computador de manhã, e ela foi: terminar este dia melhor do que como o comecei. E consegui. A isso, sou grata.

Escrevi este post para dizer que, mesmo nos dias difíceis, dá para ser feliz. Acredito que o segredo esteja em se respeitar acima de tudo, dentro do possível nas circunstâncias de cada um.

Um passo de cada vez.

Deixe seu comentário

22 comentários

  1. Amanda Dal Molin comentou:

    te amamos muito, Thais!

    estamos contigo nessa!

    muita paz, luz e amor, você é uma pessoa iluminada!

  2. Ana comentou:

    Parabéns! Gostei do texto! Ontem também estava aborrecida e se pudesse tirava a tarde no trabalho mas não posso:/. Estava no trabalho a pensar que o que me apetecia mesmo era sair e ir ver montras… Mas depois quando sai do trabalho só fui ao supermercado fazer compras de mercearia que precisava e intencionalmente não fui ver lojas (porque não quero que esse seja o meu divertimento quando estou aborrecida). Então quando cheguei a casa fui re-ler o livro “menos é mais” e soube-me muito bem. Estou a re-educar-me 🙂 beijinhos e parabéns pelo seu trabalho!

  3. Ateiados20maisx comentou:

    Tão bom ler este tipo de publicações. Não conhecia este espaço, mas por esta “apresentação” já fiquei fã.

    Verdade, é mesmo necessário pensar e fazer uma coisa de cada vez.

    Tudo a correr bem 🙂

  4. Aline Fagundes comentou:

    Thais,
    Envio, neste momentos, vibrações de amor. Você é vitoriosa! Um beijo no seu coração.

  5. Lisandra Rodrigues comentou:

    Lindo post!

  6. Ana Paula comentou:

    Perfeito!

    Um grande abraço!

  7. va comentou:

    Olá Thais,

    Isso mesmo, pensamentos como este irá vencer um dia de cada vez.
    Sempre que puder faça o diário da gratidão para si mesma, escrevendo se possível, nem precisa guardar ou mostrar, mas isso substitui os pensamentos negativos quando eles vem.
    Um chá claro sempre, confort food, e saber que a tristeza passa.
    Nada vai ser para sempre, um dia você vai notar algo diferente e é só o que precisa.

  8. Lucà comentou:

    Que legal!

    Isso é uma experiência louca que acontece comigo de tempos em tempos.

    Exemplo: Tive insônia forte e decido que a única meta do dia é ficar acordado para dormir num horário bom e seguir a vida depois.

    Aí eu decido que vou seguir o dia num ritmo ultra lento, decidindo focar em apenas 1 coisa por vez, sem pressão nenhuma, quase que apenas pra passar o tempo.

    Final do dia: contas pagas, caixas zeradas, me sentindo melhor do que no começo, sem ter passado o dia assistindo vídeos aleatórios e cansado o suficiente para dormir super bem!

    Deve ter alguma coisa boa nessa tal de compassividade rsrs

  9. Laura comentou:

    Gosto de pensar que 1% desse seu bem-estar veio de nós, leitores, porque temos enviado muuuuitas energias boas pra vc, rs. Vc faz diferença na vida de tanta gente! Eu, por exemplo, te acompanho há nem sei quantos anos (mais de uma década certeza), muito do que vc ensina eu implementei e, se hoje eu vivo um vida melhor, com certeza vc faz parte disso. Um abraço forte, muito obrigada e uma vida plena pra vc!

  10. Tatiana comentou:

    Que postagem linda! Me emocionei com o cuidado e carinho que você demonstra ter por você nesses dias que não são tão bons. Vivemos rotinas tão intensas e loucas que precisamos pausar, ouvir nosso corpo e dar pequenos, e simples, carinhos para a alma ao longo do dia. Adoro seu blog!

  11. Silmara Aguiar comentou:

    Adorei o post !!! Virei fã e seguidora <3

    Muito bom seu Blog !
    Gratidão

  12. Camila comentou:

    Thais, te acompanho desde o comecinho do blog em 2006, tenho todos os seus livros e te acompanho principalmente aqui e pelo instagram, mas nunca escrevi aqui. Fico pensando em o tanto que você ajuda tantas pessoas como eu, o tanto que me identifico com você e queria dizer que você é importante na vida de muitas pessoas. Imagino que seja muito barra passar pelo que você passou e queria dizer que você é querida, se pudesse, te daria um enorme abraço apertado! Te desejo tudo de bom! Você inspira demais as pessoas!

  13. Adriana comentou:

    Que legal!

    É isso aí, uma coisa de cada vez, um pouquinho melhor, sem grandes metas para não nos decepcionarmos e pequenas mas suficientes para uma sensação boa de dever cumprido.

    Avante!

  14. Vinícius Mesquita comentou:

    Que você esteja bem Thais!
    Que você possa transformar a dor em auto-conhecimento.
    Que seus dias difíceis sejam lições valiosas!
    Fique em paz e harmonia!!!

  15. Daniele comentou:

    Querida Thais, se Deus quiser vc vai perder o medo de sair novamente. É normal esse sentimento, mas aos poucos vc irá se sentir mais confiante. Tudo a seu tempo. Fique bem.

  16. Tássia Rabelo comentou:

    Muito bom ler isso, você é uma pessoa admirável.

  17. Luana comentou:

    Eu amei esse post! Eu as vezes acordo exatamente assim (tenho depressão) e fico me culpando por não conseguir sair ou por ter que fazer muitas coisas… Muito obrigada por compartilhar seus dias (os bons e os difíceis), porque nos ajuda demais a visualizar que não existe só um caminho e que está tudo bem não ser 100% ativa ou estar bem o tempo todo. No mais, espero que receba minhas vibrações positivas de amor e felicidade e que fique bem!

  18. Isví Christine comentou:

    Obrigada por esse post estava precisando S2

  19. Andrea Cestari comentou:

    Obrigada por essa postagem.

  20. Fernanda comentou:

    Oi, Thais!
    O que você compartilha aqui e no Instagram é sempre muito importante para mim. Procuro sempre ver o que você posta, pois sei que alguma coisa do que você disser, nesses espaços, fará o meu dia melhor.
    Obrigada por isso!
    Fique bem!
    Muito amor para você.

  21. Bel Frazão comentou:

    Thaís, vc é demais! Te amamos por tudo o que vc representa… falar desse respeito consigo é muito necessário. Força aí garota!

  22. Raphaela comentou:

    Lendo a postagem com alguns dias de atraso, mas sempre mandando boas energias pra vc Thaís! Você é muito querida!