Categoria(s) do post: Diário da Thais, Finanças, Livros

“Finanças” foi a minha área escolhida como foco para 2021 e, como parte dessa escolha, eu criei um projeto para “desovar” alguns livros de finanças que eu já tinha em casa mas ainda não tinha lido. Uma parte importante do que queria aprimorar em termos de finanças era a minha educação financeira, especialmente na parte de investimentos, então eu escolhi, dentre os livros que eu já tinha mas não tinha lido ainda, 12 livros para ler, um em cada mês. A saber:

  1. Janeiro: Finanças para autônomos, do Eduardo Amuri
  2. Fevereiro: O mensageiro milionário
  3. Março: Do mil ao milhão, do Thiago (Primo Rico)
  4. Abril: Investimentos inteligentes, do Gustavo Cerbasi
  5. Maio: O milionário consciente
  6. Junho: O homem mais rico da Babilônia
  7. Julho: Dinheiro, do Tony Robbins
  8. Agosto: Pai rico, pai pobre
  9. Setembro: Quem pensa, enriquece – o legado, Napoleon Hill
  10. Outubro: Os segredos da mente milionária
  11. Novembro: Os segredos dos homens mais ricos do mundo
  12. Dezembro: Criação de riqueza, do Paulo Vieira

Bem, eu concluí esse projeto, com modificações! Não li o livro do Paulo Vieira em dezembro – o substituí pelo livro 100 coisas que os milionários fazem, que é adorável!

Algumas conclusões que tirei desse projeto:

  • A maioria dos livros sobre finanças fala sobre mindset, mas há bons livros técnicos.
  • Livros que não foquem na realidade brasileira, ou que dê muitos exemplos muito focado em um determinado país (como no caso do livro do Tony Robbins) acabam sendo leituras que você sente que poderia explorar mais se fossem focadas na sua realidade. Uma pena.
  • O livro do Thiago Nigro (o Primo Rico) me surpreendeu. Bom livro técnico que vou guardar e reler de tempos em tempos. Ele e o livro do Cerbasi são duas fontes boas de leituras sobre investimentos.
  • Os livros que eu menos gostei foram: O milionário consciente e O homem mais rico da Babilônia.
  • A edição comentada de Quem pensa, enriquece é incrível! Praticamente um novo livro! Recomendadíssimo!
  • O Eduardo Amuri foi uma das grandes boas descobertas deste ano. Ótimo livro, com consciência de classe etc. Outro livro que me surpreendeu nesse sentido, ainda que com suas limitações, obviamente, foram Pai rico, pai pobre e Os segredos dos homens mais ricos do mundo.
  • Ah, aproveite para ouvir meu podcast com o Amuri feito este ano! 🙂
  • É sempre necessário problematizar e posicionar essas leituras sobre finanças no mundo que a gente vive – a estrutura capitalista, o discurso neoliberal e tudo o mais. É absolutamente esperado que pessoas que trabalhem com isso estejam alinhadas com esse discurso e tragam prescrições ligadas a meritocracia etc. Obviamente isso é problemático mas, desses que li, apenas o do Paulo Vieira eu desisti de ler porque era num “nível turbo” tudo isso para mim. No restante, dá para tentar abstrair e tirar boas dicas e estratégias.

Se quiser, assista o vídeo que gravei mostrando os livros e fazendo mais comentários.

Gostei muito de ter criado esse projeto e, mais ainda, de tê-lo concluído! Me conta se você leu algum desses livros também? O que achou? Qual foi seu preferido? Ou qual você pretende ler? Obrigada!

Este post está sendo publicado durante um período de breve recesso do Vida Organizada neste final de ano. Os comentários serão aprovados e respondidos com um intervalo maior de tempo.
Obrigada pela compreensão.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

7 comentários

  1. Vania comentou:

    Dos que li, meu preferido foi o Investimentos Inteligentes. Aliás, gosto muito da linha do Cerbasi.
    Achei” O homem mais rico da Babilonia” meio bobinho, e definitivamente não curto “Pai rico, pai pobre”. Acho cruel, e totalmente dissociado da realidade brasileira. No Brasil, vamos convir que o Pai Pobre, empregado lá no topo da piramide do serviço publico, teria muito mais chances de enriquecer do que o Pai Rico, que tinha negocio próprio.

  2. Gaby Torreiro comentou:

    Adoro seu conteúdo, Thais! Te conheci há pouco mas estou acompanhando toda postagem no insta e venho maratonando seus vídeos no YT, como uma boa TDAH quando fixa o pensamento em algo! Hahaha Vc tem algum curso ativo/aberto às inscrições? Feliz ano novo! Um beijão!

  3. FLAVIA MANUELLA DE ALMEIDA KSIASZCZYK comentou:

    Eu separei para leitura em dezembro/21 e janeiro/22 os livros lidos em março e abril (foi antes deste post) que bom que foram boas leituras.

    Me inspirei em ler sobre investimentos porque não adianta apenas guardar…

  4. Lucá comentou:

    Eu não sabia desse podcast!!!

    Vou ouvir e ver o vídeo completo!!

    Beijos

  5. Cíntia comentou:

    Oi Thais, cumprindo algumas metas e com foco na minha área social deixo aqui pra vc uma sugestão bem “brasileira” Nathalia Arcuri.

    1. Comentei no próprio vídeo sobre o livro dela. 😉 Dá uma olhada.