Categoria(s) do post: Diário da Thais, Vida Organizada, Mensal

Todo início de mês eu gosto de revisar o mapa onde visualizo todas as áreas da minha vida.

Dentro de cada uma delas, vou destrinchando em sub-áreas mais detalhadas de acordo com o que quero prestar atenção ou tomar cuidado.

Essa revisão me permite refletir sobre:

  1. O equilíbrio entre as áreas
  2. Que área demanda mais a minha atenção no momento
  3. Como estou lidando com a área que escolhi focar este ano (finanças)
  4. Se há projetos ou objetivos que ainda não listei, relacionados a todas as áreas

A ferramenta usada no momento para essa reflexão é o Mind Meister, com a organização das áreas em formato de mapa mental.

Foi uma revisão tão gostosa de fazer! Talvez pelo momento de vida que me encontro. Me sinto verdadeiramente plena neste momento. Estou feliz!

Finanças está com uma estrelinha porque é a área de foco de 2021. Fiz bons avanços na reflexão dessa área este mês. Tem sido um exercício fantástico pensar na área ao longo do ano. Certamente não vou conseguir organizar “tudo” até dezembro, mesmo porque esse não é o objetivo. Mas eu avancei e amadureci com essa área de uma maneira impressionante.

Por exemplo, uma coisa que consegui fazer foi detalhar os meus investimentos. Se vocês quiserem, posso fazer um post apenas sobre isso. A ideia é que eu tenha-os em vista em um único lugar, para ir administrando.

Você pode imaginar que alguns investimentos têm “prazo de validade”, como a troca de carro ou o apartamento da minha mãe. Mas, na real, vejo como investimentos contínuos, uma vez que a manutenção de trocas de carros é para sempre e o apartamento da minha mãe sempre terá despesas também, mesmo quando quitado. Por exemplo: imaginem que eu tenha comprado o apartamento para ela, mas demanda algumas reformas simples que podemos fazer depois de um tempo. O fundo continua ali sendo alimentado até termos uma quantia legal para a reforma, e aí a reforma será feita. O fundo se mantém para a manutenção das contas do apê, para sempre. Só deixará de existir se um dia vendermos o apartamento.

O que eu mais gosto de ter ao ver os investimentos assim é o senso de economia. De que não vale a pena ficar gastando e consumindo no dia a dia porque existem objetivos importantíssimos ali que eu quero alcançar. Ah, e vale dizer que esses objetivos, quando identificados, serão organizados também nos mapas certos (curto, médio e longo prazo).

Criatividade tem um coração porque se refere a um valor pessoal muito importante. A minha vida floresce quando exerço a criatividade na minha rotina. Logo, é uma “plantinha para cuidar”, para ficar sempre de olho.

Outra mudança que fiz foi no nome das áreas, novamente. Gosto sempre de renomear de acordo com o meu estado de espírito ao revisar esse mapa.

A foto principal também foi alterada. Tirei a foto no dia da revisão, para representar a vibe do momento mesmo.

Eu amo esse mapa e adoro como ele está sempre inacabado, sempre demandando revisão, ao mesmo tempo que me dá uma sensação de que estou cuidando com amor de tudo o que é importante para mim.

Espero que a revisão das minhas áreas da vida inspire você a refletir sobre as suas também. <3

Deixe seu comentário

11 comentários

  1. Flávia comentou:

    Sobre os investimentos, vc investe cada coisa em lugares diferentes ou coloca o dinheiro em um lugar só e só divide no que ele será gasto?

      1. Flávia comentou:

        Obrigada por responder! Faz um post ou vídeo sobre finanças sim. Temos interesse! bjks

  2. vanessa comentou:

    boa tarde, para cada investimento você faz uma aplicação diferente?

  3. Daniele comentou:

    Oie Thais, tudo bem?
    Adorei essa revisão.
    Te acompanho a alguns anos.
    Mas a disciplina de dar continuidade em alguns temas da minha vida acabo deixando de lado.
    Hoje tenho filho e tenho refletido sobre muita coisa na vida e no futuro.
    Vi que você colocou intercambio do Paul e faculdade e são áreas que hoje comço a pensar diferente sobre o futuro, se puder compartilhe conosco mais sobre esse futuro em relação a filho.
    Amo suas publicações, não era muito de interagir rs mas sempre leio tudo. abraços

  4. Andrea comentou:

    Olá Thaís, sou sempre agradecida pelo conteúdo gratuito de primeira que nos oferece. Tenho uma pergunta: o que significa GEZELLIG em seu mapa? Caso tenha sido uma pergunta invasiva, peço desculpas e claro, não precisa responder!

  5. Marcia comentou:

    Obrigada por compartilhar, sou aluna doMOV e ajuda bastante rever através de seus exemplos. Será bem interessante vc detalhar como está acompanhando seus investimentos, essa também é a minha área de foco esse ano, e senti uma grande dificuldade ao planejar o monitoramento deles , uma vez que eles são muito dinâmicos . Muito bom saber que está num momento feliz após um período mais introspectivo, o retiro te ajudou ?