Categoria(s) do post: Diário da Thais

4 décadas de vida. Check! ✅

Todo ano, eu faço um post no dia do meu aniversário com algumas reflexões a respeito desse último ano que passou, entre um aniversário e outro. Compartilho com vocês no intuito de encorajar esse tipo de reflexão na época do seu.

Assim, a vida está boa aos 40.

Temos a nossa casa, nossa família. Construí um trabalho que amo, que alcançou um nível de maturidade que me permita efetivamente viver dele. Trabalho com pessoas que gosto muito e admiro. Estou fazendo Doutorado, alcançando um nível de estudo e aperfeiçoamento que eu nunca tive antes. Definitivamente, tá tudo bem.

O mais gostoso é que eu adoro ficar mais velha. Isso porque, há alguns anos, eu mudei a minha perspectiva de como enxergar a vida. Vejo cada dia como um dia extra neste mundo. Quero ser feliz todos os dias – e não como uma cobrança, mas como uma escolha. Simplesmente escolhi não perder tempo com reclamações, falar mal dos outros, alimentar o pessimismo, me preocupar com coisas que não posso resolver, perder tempo com o que acham de mim etc. Claro que o budismo me ajudou com tudo isso. Não foi do dia para a noite. Vem de constantes estudos e práticas.

Envelhecer, para mim, é um privilégio. Especialmente nesse último ano, com tantas mortes inesperadas em nosso planeta. Comemorar um aniversário é celebrar a vida. Mais um ano que passou. Mais uma década, neste caso.

Ontem eu fiquei refletindo sobre como eu estava quando celebrei cada década da minha vida.

Olha, na livraria sem máscara, há um século!

Aos 10 anos, lembro que minha mãe fez uma festinha para mim na garagem de casa. Já tinha as amigas que eu tenho até hoje, que estavam lá (tirando uma delas, que chegou na adolescência). O ano era 1991. Era Collor. Eu estava na quarta série. Não lembro exatamente quando foi, mas meus pais de separaram mais ou menos nessa época. Eu também tinha perdido a minha cachorra, a Lua, uma pastor alemã. Foi a primeira vez que eu tive que lidar com a morte e lembro do sentimento estranho que tive na época.

Aos 20, eu estava na faculdade de Jornalismo. Tinha acabado de entrar. Já namorava o meu marido há dois anos. Tínhamos uma banda cover do Wings. Eu criei meu primeiro blog na Internet. O ano era 2001, e as torres gêmeas tinham acabado de ser atacadas. Eu estava na biblioteca da faculdade, fazendo alguma coisa na Internet, quando isso aconteceu. Lembro de ficar assistindo pela tv com os bibliotecários e um colega meu de classe que estava junto.

Aos 30 anos, o ano era 2011. Já estava casada e o Paul tinha nascido. Ele tinha pouco mais de um ano. Eu tinha voltado a trabalhar fora depois de quase dois anos trabalhando em casa, fazendo freelas de publicidade e Internet. Comecei a minha pós-graduação no SENAC – em mídias digitais. Consegui um trabalho no interior, em Campinas, e ia e voltava todos os dias de ônibus fretado, até decidirmos mudar para lá no final do ano. Foi um passo muito importante para a nossa família e, para mim, profissionalmente.

E agora eu completo 40 anos.

Só consigo pensar em quanta coisa acontece entre o início e o fim de uma década de vida.

Dos 30 aos 40, eu passei a década todinha já sendo mãe. Foi quando fiz minha transição de carreira para trabalhar com o Vida Organizada exclusivamente. Vivi muita coisa boa profissionalmente, inclusive trabalhando com o GTD, conhecendo o David Allen e palestrando no evento dele em Amsterdam. Abri minha empresa. Minha avó morreu. Reformamos a nossa casa. Amadureci MUITO emocionalmente. Sou outra pessoa.

Entre os 40 e os 50, eu me vejo na consolidação de tudo o que construí até aqui. Ainda são anos de trabalho, mas mais atenta à minha saúde, a um ritmo mais leve, sem estresse.

Na minha linha do tempo de 100 anos (um exercício que gosto de fazer, como planejamento de vida), dos 40 aos 50 eu anotei algumas ideias como:

  • Estruturar novo estilo de vida
  • Proporcionar a melhor educação possível ao Paul
  • Cuidar da minha mãe
  • Refletir sobre um segundo imóvel
  • Ter X dinheiros investidos
  • Fazer o Doutorado
  • Dar aulas em universidade
  • Me formar como professora e pesquisadora
  • Amadurecer e consolidar a empresa

Em 2031, quando eu completar 50 anos, meu marido vai ter 52 e, nosso filho, 21. 🙃 Muitas águas ainda vão rolar embaixo dessa ponte. Será que o Paul estará fazendo faculdade? Será que ele vai querer morar fora? Será que vamos juntos? Minha mãe terá 72 anos. Onde ela estará morando? Já vai ter fechado a loja dela? E nós, será que vamos morar em outro lugar? Será que eu já estarei efetivada como professora em alguma instituição? Será que eu vou querer isso antes da experiência de fazer um pós-Doutorado fora, por exemplo, ou acompanhar o Paul, se ele quiser estudar fora do país? Como estará o Vida Organizada?

Falando sobre numerologia, estou entrando em um ano 3 do ciclo que 9. No ano 9, estarei em 2027, com 46 anos. O que estarei finalizando aos 46 anos para iniciar um novo ciclo aos 47? Não tem como saber, mas é divertido “compartimentar” a vida assim, ainda que sejam apenas distrações abstratas de pensamento. Eu pretendo fazer um post específico sobre a revisão do ano pessoal 2 e o início do ano 3. Estudei algumas coisas legais.

Apesar de mirar nisso, eu não me vejo chegando aos 100 anos. Minha saúde é um tanto quanto fragilizada, e fiz a cirurgia bariátrica em 2017, o que pode diminuir a expectativa de vida (há estudos). Então, como falei, para mim é importante viver cada dia como se fosse o último mesmo, curtindo cada momento. Não se trata de pensar no futuro esperando viver apenas quando chegar nele, mas de entender cada um dos ciclos da vida, onde me encontro, e viver com calma, clareza e tranquilidade, porque as coisas são como são. Não adianta se estressar, ficar ansiosa, pensando se isso ou aquilo vai acontecer. A vida é agora. E, focando em viver cada dia como se fosse o último, não tem como não ser grata por tudo que existe, por acordar mais um dia, e por ser feliz.

Hoje concluo esse ciclo e inicio uma nova década de vida. Que ela seja alegre. <3

Obrigada por fazer parte disso.

Deixe seu comentário

35 comentários

  1. Sandra Lima comentou:

    Adorei! Este ano fiz 50 e foi aquela expressão “Nossa meio século “. Como historiadora sei que isso é uma poeira no tempo. O bom é saber que estou viva. Minhas filhas trabalhando e fazendo doutorado com 29 e 25 anos. Uma vou casa com muitos cantinhos, um ateliê de mosaico, um jardim e uma horta . Meus 3 cachorros me divertem nessa vida sozinha curtindo de longe minhas filhotas. Sou preguiçosa para escrever, mas seu relato me inspira a fazer essa linha. Bom fim de semana e parabéns. Um jardim florido em sua existência!🌹🌹🌹

  2. ANA PAULA RABELO comentou:

    Felicidades Thaís. Uma vida longa e próspera junto aos seus amores.

  3. Claudia Lima comentou:

    Que seu dia, ano, década de resto de vida sejam tão lindos quanto o seu trabalho! Obrigada por tudo!!!

  4. Tania Valeria comentou:

    Parabéns! Deus abençoe você e sua linda família. Que a sua trajetória seja de luz! 💕🌺

  5. Andrea comentou:

    Feliz aniversário, Thais! Que bela reflexão e que bela maneira de ver a vida. Que os seus dias sejam cada vez melhores e obrigada por compartilhar VOCÊ com a gente. 🙂

    1. Luana Lemos comentou:

      Que reflexão linda!
      Eu completei semana passada 33 o que representa a idade cristica. É um despertar para uma nova fase de mais sensibilidade.
      Vou fazer essa análise em retrospectiva também!
      Parabéns pelos 40 Thaís! Muita luz na sua vida, pois vc merece 💜

  6. Lucas Maniero comentou:

    Parabéns, Thais! Desejo muitos anos de vida pra você.

    O VO foi a porta de entrada para uma transformação na minha vida. Lendo sua retrospectiva tomei novo ânimo para os próximos 10 anos (vou fazer 30 em janeiro). Nunca é tarde para começar ou mudar o curso da vida.

    Obrigado por existir.

  7. Francisca comentou:

    Parabéns por este novo ciclo! Parabéns por tanta clareza nas ideias! Ao ler este seu relato tão inspirador , eu imagino toda a sua sutileza e calma, escrevendo-o!

  8. Camilla Dias comentou:

    Parabéns vc é uma mulher inspiradora.
    Desejo muito que você chegue aos 100 anos e com boa saúde.
    Fico feliz de lê sua perspectiva de vida, fico feliz mesmo. Estou passando por um processo de depressão e sei o qto é difícil viver sem essa perspectiva e sem vontade de viver.
    Feliz aniversário continue inspirado. Você é fonte e luz.
    Curta seu dia com alegria
    Um beijão

  9. Zulmira Gil Branco comentou:

    Parabéns Thais, muitas felicidades, sucesso e realizações em sua vida. Que vc realize todos os seus sonhos e possa continuar nos presenteando com seu trabalho com o MVO que ajuda tantas pessoas!! Felicidades 🥳🥳🥳🥳🥳🥳

  10. Camila comentou:

    Parabéns, Thais!!! Obrigada por nos inspirar tanto! Que seus dias sejam sempre repletos de bençãos.

  11. IRACI PEREIRA DE ALMEIDA GARCIA comentou:

    Feliz aniversário, Thais!
    Que post lindo!
    Quero ainda vê-la por aqui e parabenizá-la por muitos anos!
    Um abraço

  12. Heloisa comentou:

    Parabéns,Thaís!Que esse novo ciclo seja de muitas alegrias e realizações!Deus te abençoe sempre!Obrigada por compartilhar sua existência conosco!Um grande beijo!

  13. Marina comentou:

    Muitos parabéns querida Thais. Muitos anos de vida próspera e com saúde. Em janeiro faço os 30 pelo que será uma marcante para mim. Sigo o teu blog à cerca de 8 anos e neste momento é o único que continuo a ler. Quanta evolução! Fico muito feliz por ti pois vejo-te como uma amiga. Obrigada por tudo o que partilhas connosco. Beijinhos de Portugal

  14. João Victor Sammy comentou:

    Feliz aniversário Thais, muita tranquilidade em abundância. Você é um farol de compassividade, aprendo muito a me desenvolver sendo instigado pela sua energia. Muito obrigado!! Sammy 👨🏽‍🌾

  15. Patrícia Couto comentou:

    Thais, você me inspira há 7 anos, e como! Foi um prazer imenso fazer o curso GTD nível 2 com você aqui em BH e te conhecer pessoalmente. Conteúdo que nutre e me ajuda a direcionar. Grata demais por você estar aqui! Um abraço desejando vida longa e próspera, saúde e alegrias!

  16. Adriana Mora Silva comentou:

    Parabéns Thais! Que esta nova década se releve ainda mais próspera em todas as áreas da sua vida e que sua luz continue a nos orientar!
    Sinta-se carinhosamente abraçada! Bjs

  17. Gabriela comentou:

    Thais: primeiramente, parabéns <3 Desejo saúde, alegria e serenidade pro seu novo ano e pra vida, de forma geral. Ansiosa pelo post sobre ano pessoal! É um assunto pelo qual tenho me interessado.

  18. Isabel comentou:

    Chocada que você já tem 40 anos, pois nem parece! Parabéns!

  19. Ana comentou:

    Parabéns Thais!! Que Deus continue te abençoando cada vez mais para que você possa nos presentear com suas histórias e ensinamentos!!
    Tudo de bom!

  20. VANESSA DA SILVA SOUSA DIAS comentou:

    Feliz novo ano! 🙂

  21. Marina Maria Teixeira da Silva comentou:

    Parabéns, Thais! Somos contemporâneas, e é muito legal viver isso com você. Queria comentar sobre bariátricas. Não li os estudos, mas o que percebo é que muita gente não se adapta ao estilo de vida pós bariátrica, com cuidados e vigilância sobre seu próprio corpo. Não parece ser seu caso, que tem uma alimentação bastante consciente e que escuta o próprio corpo. Claro que exige cuidados, mas eu estou bem otimista em contar com você até os 100 anos, rs.

  22. Ana comentou:

    Gostei do texto. Bastante inpirador e muito leve e alegre. Penso que o corte de cabelo trouxe muita alegria e boa-disposição 🙂 Obrigada pela inpiração!

  23. Carol comentou:

    Parabéns, Thais! Que delícia te acompanhar e você dividir esses momentos especiais com a gente.

  24. Silvia Oliveira de Siqueira comentou:

    Parabéns, Thais!
    Realmente acredito que todos os dias temos muito a comemorar, agradecer pelo ar que respiramos e por vivermos nesse Planeta lindo!
    Esse ano tive uma experiência triste em minha vida, descobri um câncer de mama, em meio a essa pandemia e a tantos problemas em nossa sociedade.
    Enfrentei o problema, foram dois meses intensos em minha vida, com tantos exames para fazer e uma angústia interna. Tive que tomar remédio para dormir , pois a tristeza não ia embora.
    Enfim, com a ajuda de familiares e amigos, mesmo a distância, muita oração, meu marido e minhas filhas me apoiando sempre, passei por essa fase…
    Minha cirurgia foi bem satisfatória, estava bem no início, e deu tudo certo. Fiz radioterapia, e agora sigo com o tratamento por medicamento para evitar a recidiva.
    Enfim, sou grata por estar aqui e poder compartilhar minha história, e quando acabar essa pandemia pretendo ajudar mulheres com o mesmo problema. Pois basta estarmos ao lado e dizer: ” Vai ficar tudo bem” .Em alguns momentos de nossa vida é só isso que desejamos ouvir.
    Que tudo voltará a normalidade, e sairemos mais fortes dessa.
    Então, Thais, viva a Vida desse jeito que você tanto gosta, cuide da saúde, da família, não importa por quanto tempo, pois já somos privilegiados por estar aqui e Viver!
    A Vida é um grande presente!
    Um grande abraço!

  25. Mariana comentou:

    Oi Thais, muito legal essa sua reflexão, nascemos no mesmo ano e adorei esse revival das décadas, sou de Dezembro e e quando chegar meu dia vou fazer a mesma reflexão… e engraçado que já estou forçando na memória os 10 e os 20 e não lembro de muita coisa… vou tentar resgatar por fotos…rs

  26. Adele comentou:

    Seu texto me lembrou a frase de uma jornalista de beleza que eu adoro: “Aging is the goal”.
    Desejo que tenha muito mais décadas adiante, sendo essa pessoa maravilhosa que você é, Thais!

  27. Renata Zawadzki Dutra comentou:

    Parabéns Taís, saúde e alegrias infinitas. Um abraço e muito grata pela sua gentileza de dividir seus conhecimentos.

  28. Lucà comentou:

    Que legal!!!!!!! Adorei, parabéns!!! <3 <3 <3

  29. Evelyn comentou:

    Parabéns, querida! Muitos dias extras a mais pra você ser feliz!
    Aprendo muito há alguns anos com você e desejo muita saúde!

  30. JULIANA G. BRANDAO comentou:

    Que maravilha, Thais! Parabéns! Que o seu novo ciclo de vida seja ainda mais envolvente, repletos de alegrias e novos desafios! Você é uma mulher inspiradora!

  31. Priscilla Harada comentou:

    Que texto maravilhoso, Thais! Obrigada por compartilhar suas reflexões com a gente.
    Estou um pouco atrasada, mas desejo muita saúde, amor e felicidade pra você, sempre! Te acompanho há 10 anos já, quando mudei de cidade para fazer faculdade e procurei “como me organizar” ou “como organizar a casa” no Google! E seus textos mudaram minha vida! <3