Categoria(s) do post: Diário da Thais, GTD™, Carreira

Tenho fases e fases. Desde o início deste novo semestre, venho fazendo um teste de organização de referências da universidade no Notion e, como já faz dois meses, posso escrever um post dizendo que tem funcionado bem e mostrando como eu estou fazendo.

Tenho uma página chamada “University” (alterno os termos nos diferentes idiomas para ir treinando).

Eu fui muito inspirada pelo modelo usado pela Ruby Granger (eu adoro essa menina!) mas venho personalizando para a minha realidade.

Basicamente, o que tenho usado demais neste momento é a página “Second Semester Modules’, onde organizo os estudos deste semestre (as disciplinas). Essa página fica nos Favoritos para facilitar o acesso.

Aqui a página de uma das disciplinas para você ter uma ideia de como uso. Coloco as informações gerais sobre o curso, as leituras, os objetivos, e mais para baixo tenho uma lista com o registro das aulas por semana. Ainda não digitalizei todas as semanas (estão no Commonplace Book), mas pretendo fazer isso como forma de estudo.

Minha ideia com a página das aulas é fazer as anotações aqui mesmo e, se anotar no caderno, tirar foto e salvar aqui. Ainda estou testando formatos e maneiras de fazer…

Eu tenho inserido algumas referências interessantes ao longo das páginas. Lembre-se que é um arquivo de referência, e não projetos ou listas de coisas a fazer. Essa diferenciação mental é importantíssima para não bagunçar o seu sistema e te confundir sobre “o que vai aonde”.

Essa linha do tempo de Sociologia do Trabalho vai me ajudar horrores. Ainda estou montando.

Uma página que não posso deixar de compartilhar, porque para mim foi um golaço, é a página de Leituras.

Basicamente, é um banco de dados para registrar absolutamente todo tipo de leitura: livro, artigo, tese etc. Eu posso categorizar e também linkar na página das disciplinas os livros, como você pode ver em alguns exemplos de imagens acima.

Criar esse banco de dados de leituras também tem sido muito útil para estudar os livros. Em alguns casos, faço resumo deles, coloco links de críticas, resenhas em vídeo etc, e tudo isso complementa bastante a experiência de aprendizado com o livro em questão.

O que eu sei que vai fazer toda a diferença é trazer a escrita da tese para cá (para o Notion). Se interessar, posso ir compartilhando aqui à medida que eu for fazendo isso.