Categoria(s) do post: Mensal

No começo deste mês eu tirei alguns dias de descanso e aproveitei para pensar na vida e fazer algumas coisas que gosto de fazer mensalmente relacionadas a isso, como revisar um mapa mental que tenho no Mind Meister (app) com os meus papéis e responsabilidades profissionais.

Os dias de folga foram essenciais para revisar e “ver de fora” o que é efetivamente o meu trabalho.

No momento, fez sentido para mim dividir os meus papéis em duas macro áreas relacionadas à minha vida profissional no momento: meu trabalho com o Vida Organizada e a vida acadêmica. É possível que eles se fundam em algum momento? Sinceramente, já são fundidos em uma única pessoa, que sou eu! Vejo muita relação entre as duas áreas e os trabalhos se complementam. Mas eu quis separar porque são “comos” diferentes. Um é um modelo de trabalho e o outro é uma coisa diferente, com outro foco e nível de maturidade também. Enfim.

No final das contas, mesmo a vida acadêmica conversa com o Vida Organizada, mas a divisão existe apenas para tornar a revisão mais assertiva. Ambos se referem a mim como profissional e representam o meu trabalho HOJE.

O grande aprendizado da revisão atual foi dividir um pouco o “peso” do trabalho hoje em dois. Esse ponto é mais filosófico do que parece (rs). O Vida Organizada é o projeto de uma vida e, como tal, tem a tendência de ocupar toda a minha vida. Lembrar que eu tenho um outro lado, o acadêmico, e colocá-lo em equilíbrio com o VO, equiparando os dois no mapa, mentalmente aqui faz com que eu veja meu trabalho em ambos de maneira mais leve, que é o que buscarei ainda mais daqui em diante.

Dentro de cada área, eu criei as sub-áreas e listei as responsabilidades que tenho ali dentro. Como estava de folga, não demorei muito tempo nessa reestruturação – quis deixar para amadurecer as ideias ao longo do mês e trabalhar um pouco mais nelas na próxima revisão, em outubro. Então eu basicamente revisei o que eu tinha no mapa antes e redistribuí nas duas macro áreas. Eliminei algumas coisas, acrescentei outras, mas ainda preciso refletir sobre outras.

Quero te encorajar a entender como esse reflexão deve ser LEVE. Não é para deixar de fazer porque está de férias ou “está corrido”. É uma reflexão sobre a SUA VIDA. Mesmo que seja uma “batida de olho”, vale a pena revisar mensalmente porque isso te ajuda a ter mais clareza no que é prioridade no momento em sua vida profissional e escopo de trabalho.

E olha: isso é um diferencial, viu? Não é todo mundo que faz isso não. <3 Então seja bem-vinda/o ao clubinho.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

1 comentário

  1. Ana Maria Almeida comentou:

    Taís, quero te parabenizar pelo belissimo trabalho que vem fazendo no Vida Organizada. Realmente, precisamos parar de vez em quando para refletir e reorganizar a nossa vida. E se fizermos disso um hábito mensal, bimestral ou conforme a disponibilidade de cada um, vamos percebendo a leveza do viver, do ser mulher, mãe, profissional e ter tempo para apreciar cada uma dessas maravilhas que a vida nos permite! Grata pelos ensinamentos!