Categoria(s) do post: Tecnologia

Ontem eu estava revisando as minhas caixas de entrada de mensagens (sempre uma boa prática) para cada vez mais reduzir onde eu recebo mensagens e, com isso, otimizar meu tempo, atender melhor as pessoas e encaminhar as mensagens que não sejam direcionadas a mim.

Eu já fiquei um tempo sem What’sApp (e compartilhei no meu blog como foi essa experiência) e hoje eu tenho para conversar exclusivamente com quem não conversa em outros canais – de médicos à minha mãe. rs Mas não é a minha ferramenta preferida.

Telegram é a melhor ferramenta para se comunicar comigo, mas eu não converso com todo mundo lá – apenas “para os íntimos”. rs Mentorandos, amigos e pessoas mais próximas com as quais mantenho contato.

SMS é aquela coisa – tem que verificar porque tem mensagem que só chega por ali, geralmente de serviços, bancos etc.

Slack é a nossa ferramenta de troca de mensagens em equipe. Gente, que revolução na nossa vida! De um dia para o outro trocamos o e-mail e o Telegram por ela. Facilitou HORRORES a nossa vida.

Cada vez menos uso e-mail (ainda bem!), mas ele ainda é necessário para troca de mensagens com pessoas que não se comunicam comigo por outros meios, especialmente na vida acadêmica. O pessoal prefere e-mail.

O Messenger do Facebook apenas existe. Não gosto de receber mensagem por lá, sempre peço para me contatarem em outros canais, mas sei que muita gente só tem meu contato ali, então verifico ocasionalmente.

O Instagram Direct teve todo um percurso e cada vez mais se direciona para que eu faça o atendimento. Eu gosto! Mas, por hora, divido com a Andreia, que trabalha comigo, para garantir que nenhum contato urgente fique sem resposta (pois, como vocês sabem, eu não fico o dia inteiro no celular).

E o Zendesk é a ferramenta que utilizamos aqui no Vida Organizada para administrar os tickets de suporte aos alunos. Cada pessoa tem a sua conta e nós distribuímos os tickets de acordo com a área de atuação ou habilidade.

Ah, vale dizer que todas ficam com as notificações desligadas e eu olho ao longo do dia (checagem rápida para ver se tem algo urgente) e paro para responder e zerar de uma a duas vezes por dia.

Você já contabilizou suas caixas de entrada? Será que dá para reduzir? Como você lida com o fluxo de mensagens hoje em dia?

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

4 comentários

  1. Maíra comentou:

    Thais, você já experimentou a ferramenta “Franz”? Ela reúne todas as caixas de entrada em um lugar só. Seria muito legal ouvir sua opinião sobre ela. Estou testando abrir o Franz 1 vez ao dia, responder todo mundo, fechar o Franz e só olho novamente no dia seguinte.

    1. Não curto ferramentas assim.. já testei muitas ao longo dos anos e sempre deram problemas de sincronização, bloqueio por segurança, além de eu não achar legal ver todas caixas de uma vez (cada uma tem seu foco e ver tudo junto me faz ver todas como iguais).

  2. ANDREA PEREIRA LIMA comentou:

    Incentivada pelo seu post fiz minha listinha de entradas e até que são poucas. Ainda trabalho com dois e-mails profissionais e 1 pessoal. Gostaria de ter somente 1. Ainda não é possível. E adoraria me livrar do whatsapp profissional. O senso de urgência que ele me causa não é confortável. Por enquanto, entradas mapeadas, zeradas diariamente, notificações desligadas e estudando como enxugar ainda mais. Obrigada pela ajuda sempre.

  3. Suyang Melo comentou:

    Para o trabalho eu acho o Slack muito mais eficiente que as outras ferramentas porque dá para criar contextos (tipo projeto A, cliente B, etc.), enquanto no WhatsApp fica tudo misturado e depois é super difícil de achar.
    Eu verifico diariamente 12 caixas de entrada diferentes. Faço isso uma única vez por dia e processo tudo o que está ali.
    Para mim, funciona melhor fazer isso de manhã e depois ir trabalhando nas minhas listas.