Categoria(s) do post: Bullet Journal, Mensal

Quis fazer este post para mostrar o que funcionou e o que não funcionou para mim em julho no Bullet Journal, conforme mostrei aqui a maneira como configurei.

Esse log do mês em formato diferente não rolou. Cheguei a criar o mood tracker na página ao lado, que gosto bastante, mas acabei não atualizando tanto (fail). Em agosto vou fazer o log do mês normal e terei uma página para o mood tracker também.

Essas páginas para finanças são úteis e me ajudaram bastante, mas não preciso de um nível tão cheio de detalhamentos. Agora implementamos um software chamado Conta Azul na empresa (novamente, pois já tinha usado antes mas tinha parado) e fazemos o controle por lá. Talvez em agosto eu use mais para o controle pessoal das finanças, como pessoa física.

A página de gratidão é incrível. Foi muito legal alimentá-la ao longo do mês e ver seu resultado ao final. Manterei! A roda da vida já é padrão. Gosto de registrar mensalmente. Também fica para agosto.

Essa parte com os marcos dos trimestres e as prioridades do mês acabei sequer usando. A ideia foi boa, no entanto. Acho que vale a pena ter um lugar para registros de projetos concluídos. Vou pensar em como fazer para agosto.

A página de medidas e métricas foi interessante e pretendo manter. A parte de hábitos mais me frustrou que me ajudou, tanto que parei de preencher depois de um tempo. Não pretendo manter em agosto. Desnecessário. Ou eu faço ou não faço. E, se não fizer, tenho motivos pra isso. Não ajuda em nada ficar olhando todos os dias e pensando “por que não fiz” determinadas coisas. Me parece sofrer em dobro.

O log diário com cores, desenhos, letras, colagens etc. me fez muito bem. De modo geral gosto do layout mais minimalista, mas este mês ter “cuidado” dessas páginas diariamente me fez ter um tempo offline só pra mim, pra pensar na vida, pra descansar, desenhar, fazer as coisas com calma. Curti. <3

O Bullet Journal se tornou uma ferramenta de registro para mim. A ideia é guardar para, no futuro, ter uma referência de como era a minha rotina. Não uso para tarefas ou planejamentos de modo geral – apenas para registrar o que for importante. Esse registro já me ajudou diversas vezes no passado e continua ajudando, então acho válido e continuo fazendo.

Espero que o post tenha ajudado de alguma maneira.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

9 comentários

  1. Michele Benages comentou:

    Oi, Thais! Adoro seus posts sobre Bullet Journal, sempre me dão algum insight interessante. Um ponto que preciso melhorar no meu é essa revisão do mês que passou e o registro de gratidão – achei muito fofo seus doodles nessa página!

  2. Fabine comentou:

    Oi Thaís!

    Tô pensando em fazer as revisões anotando no BuJo também. Vou testar pra conseguir comparar .

    Sobre o habit Tracker: pra mim não funcionou. Ficava muito desmotivada quando via vários dias sem marcar, mesmo quando atingia a “meta” ver os vazios me deixava extremamente insatisfeita.

    No caso, meu hábito era o de atividade física, que inicialmente queria aumentar de 3 pra 5 vezes por semana. Substituí por uma meta numérica de fazer exercício 100 vezes e dividi em duas páginas com cinquenta quadradinhos, com um prêmio em cada (no meu caso, objetos materiais que tava namorando há anos e agora estou tendo condições financeiras de comprar, desde que planejado, mas não me dava o direito porque não tô acostumada a comprar coisas pra mim 🤭) . Tem sido bem mais tranquilo acompanhar o número de vezes assim e fico muito muito animada de marcar os x e ver o quanto já fiz. A cada cinco días (uma linha) marco um bonequinho \o/ que me deixa bem feliz kakakka. Também me tirou a ansiedade de enxergar as “falhas” – que acho super pertinente ver, mas não estou em condições normais de estado mental pra priorizar no momento-.
    Uma pequena mudança que farei essa semana é usar duas cores de lápis de cor pra marcar os x, uma pra treinos na academia e outra pra treinos na rua (corrida/bicicleta-lazer-).

    Estou pensando em como gerenciar minha alimentação, já que tenho ficado bem ansiosa com a dieta, apesar de ser super fácil comer as sugestões, não estou acostumada a cozinhar tanto… Ainda estou pensando como fazer isso sem me deixar mais ansiosa.

    1. Cada pessoa é de um jeito, mas uma coisa que me ajuda quando me sinto assim é preparar tudo no domingo e durante a semana ir comendo o que preparei antes.

  3. Juliana comentou:

    Oi Thais,
    tudo bem? Li seu livro e achei super bacana! Não sei se você conhece, mas tem um aplicativo chamado “Fly Now” que tenho utilizado como método de organização de tarefas. A versão grátis, mostra a triade do tempo o que acho super bacana analisar semanalamente. A versão premium nos gera uma roda da vida bem interessante.
    Um abraço

  4. Laís comentou:

    Eu gosto bastante do bullet journal justamente por esse registro, e também por ser uma forma prática de anotar alguma ideia repentina.
    Mas às vezes também acontece de eu fazer algum layout e esquecer de usar, tanto que hoje em dia faço apenas o log mensal, naquele formato de lista mesmo (e mesmo esse esqueço de preencher). Mas gostaria de usar mais a função diário, para anotar acontecimentos, pensamentos e insights do dia a dia, para reflexão mesmo.

  5. Julia Lucena comentou:

    Oi Thaís, obg por compartilhar! <3

  6. Maria PAULA Braga comentou:

    Ficou muito lindo seu planner