Categoria(s) do post: Diário da Thais, Tecnologia, Dicas de produtividade

De tempos em tempos acho bom dar uma revisada um pouco mais aprofundada em todas as ferramentas que utilizo, de modo que eu não caia na inércia de manter as coisas iguais apenas por manter, sendo que eu poderia trazer melhorias e adaptar de maneira mais eficaz às minhas atuais necessidades.

Eu já uso a agenda do Google há pelo menos 15 anos e ela vem sendo a minha companheira fiel em termos de ferramenta de produtividade. Tentei outros calendários ao longo dos anos (Fantastical, iCalendar, Outlook, até mesmo planners e agendas de papel), mas não adianta: acho a agenda do Google prática, fácil, muito simples de manter e com recursos que me atendem. Por isso, não vejo motivo para trocá-la.

Logo, pensei: quais as minhas necessidades pessoais em termos de calendário?

Essas são as agendas que tenho dentro da minha agenda do Google:

As que estão habilitadas são as que eu vejo diariamente.

O fato de eu ter várias agendas dizem respeito às permissões de visualização. Por exemplo, meu marido vê “Agenda Thais” para ele saber meus compromissos, mas ele não precisa ficar vendo minhas ações, lembretes etc. Sobrecarregaria para ele.

Isso permite que ele também consiga fazer seus agendamentos sem ficar me perguntando toda hora (não que ele não prefira perguntar algumas vezes rsrsrs continuamos em treinamento).

Por isso, as outras agendas contêm ações e informações que dizem mais respeito a mim mesma e eu não preciso compartilhar com ele. Com o passar dos anos, achei que era uma maneira prática de fazer e funciona bem por aqui.

Agora a Aninha tem acesso à minha agenda também, pois ela é a guardiã do nosso trabalho. <3

Uma coisa que quero comentar, pois sempre me perguntam quando falo sobre a agenda do Google, é sobre eu usar ou não as ferramentas de Lembretes, Tarefas e o Keep. Não uso. Só isso mesmo. Prefiro organizar a agenda dessa maneira como estou relatando no post.

Bater um papo sobre os códigos de cores. De modo geral, a escolha é intuitiva, pessoal e, muitas vezes, aleatória. Já usei de outros modos antes, conforme a necessidade, mas hoje uso uma cor padrão para os eventos com horário (verde), azul para eventos relacionados ao Vida Organizada, amarelo para lembretes (para lembrar um post-it), cinza bem claro para atividades de planejamento e um cinza mais escuro para as ações de dia específico. As aulas ao vivo estão em abóbora, justamente para terem destaque.

Se algo ficou pendente de um dia para o outro, pinto de vermelho (é mais um “coral”, na verdade, que é aquele vermelho não tão forte da ferramenta).

Eu gostei de fazer assim, funciona para mim e gosto da harmonia das cores (sou uma pessoa muito visual e esse tipo de abordagem é eficaz no meu caso).

Ano passado, quando fiz essa reorganização, criei um evento com recorrência anual com esse lembrete. Ele apareceu para mim agora em junho e aproveitei a oportunidade para repensar a agenda e escrever esse post de atualização para vocês. 😉 Funciona!

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

6 comentários

  1. Luana Lemos Villar comentou:

    quando eu crescer quero ser igual você… <3

  2. Karina comentou:

    Olá, Thais! Eu adoro seus posts sobre agenda. Foi a primeira lição que aprendi contigo, e quando apliquei mudou minha vida. Eu coloco tudo que tem dia e hora nela – o horário das feiras-livres, o lançamento dos livros dos meus autores preferidos, aniversários, além de eventos recorrentes, “save the date”, gatilhos para ações futuras. Tô pensando faz um tempo já em fazer um log dos lugares que eu frequentei no dia, para rastrear caso eu pegue covid novamente. Ainda não implementei por que fico pensando se não é paranóia demais . Pra mim não rola fazer isso no papel, já tentei.
    Parabéns pelo post e obrigada pelos conteúdos maravilhosos.
    ps: Sou da turma 1 do MVO, migrada pra turma 6. A evolução é nítida! Parabéns para vc e pra sua equipe!

    1. Obrigada, Karina! <3 Acho válido sim fazer um log. recomendo fazer em uma cor diferente, para distinguir dos outros compromissos.

  3. Lucilene comentou:

    Essa agenda que vc usa como consegui-la?

  4. Nathalia Vernet de Borba Carvalho comentou:

    Thais, te acompanho muito em todos os canais e já virou mantra para mim “na agenda, vão compromissos com data e hora específica, prazos do dia, e lembretes, etc.”, o resto é lista de tarefas.. Amei esse teu post! Aliás amo quando tu faz esses posts nos quais mostra como é a tua lista de tarefas, a tua agenda, porque saímos um pouco do teórico e vimos as coisas que tu explica na prática, e fica mais fácil de visualizar.. Confesso que o post de hoje me surpreendeu um pouco, porque vi coisas que pensei que tu não colocava na agenda.. Por exemplo, o que colocas na agenda “Ações pontuais”? As ações que o prazo vence no dia? Porque tu tens até um post sobre essa discussão se estas ações vão para agenda ou para o todoist com agendamento do prazo, certo? E confesso que até hoje não entendi muito bem qual é a resposta deste questionamento.. E o que seria as ações recorrentes que vão para agenda? E, à título de planejamento, o que colocaria na agenda? Comento todas as vezes que interajo contigo que conhecer teu trabalho mudou minha vida 500%, então sempre gosto de saber o que tu achas ou como fazes pois é um momento onde aprendo e muito! obrigada pela atenção!

    1. Oi Nathalia, tudo bem?
      Obrigada pela sua pergunta. 🙂

      No livro Vida Organizada eu comento que entram na agenda: compromissos, atividades de rotina, lembretes e prazos, atividades pontuais.

      Ações pontuais não são ações com prazo. Ações pontuais são ações que você precisa fazer naquele dia especificamente. Não tem como fazer antes, adiantar. Tem que ser feita no dia. São raras. E são chamadas de pontuais porque não são recorrentes, de rotina. Existem ações que precisam ser feitas em um dia específico (toda sexta, todo dia 30, a cada 3 meses) mas com recorrência.

      Exemplos:

      Colocar o lixo reciclável na terça (dia que passa a coleta – não pode colocar antes, risco de multa)
      Planejar a semana (toda quinta-feira)
      Postar sequência de stories mostrando a minha rotina naquele dia em questão (pontual e só posso fazer no dia)
      Prazos aqui se referem à informação do prazo final, não às atividades requeridas para realizar esse prazo.

      Exemplos:

      Entrega do relatório semestral da empresa
      Prazo final da entrega do TCC
      Vencimento de contas
      Para entregar o relatório semestral, tem uma série de ações que você pode executar antes para realizá-lo, e essas sim podem entrar na sua lista de afazeres com prazo, se puderem ser antecipadas.

      O TCC por si só é um projeto grande, e você terá ações relacionadas a ele, com prazo, mas não pode perder de vista o prazo final, que está na agenda.

      Espero ter esclarecido e ajudado. 😉