Categoria(s) do post: Diário da Thais, Rotinas, Saúde

Sei que é um privilégio.

Foi algo que levei décadas para conseguir.

Não dava para fazer quando nosso filho era bebê.

Não dava para fazer quando eu tinha dois trabalhos, ou fazia faculdade à noite e acordava para sair muito cedo para trabalhar, sem ter descansado o suficiente.

Então é importante ter perspectiva ao ler este post, tá bem?

Hoje, a maior prova de que o meu tempo é livre é o fato de poder dormir e não colocar o despertador para tocar.

De modo geral, acabo acordando no mesmo horário todos os dias (sempre antes das 6h), mesmo aos finais de semana e naqueles dias que penso: “amanhã vou dormir até mais tarde para descansar mais!” Acabo acordando no mesmo horário mesmo assim. rsrs

Foi do dia para a noite? Não. Eu diria que levou todos os anos de vida até aqui.

Eu comecei esse projeto de sono para me acostumar a acordar cedo há pouco mais de um ano – quando iniciou a pandemia. E hoje finalmente acostumei meu corpo a ponto de ele acordar sozinho mesmo que eu tenha ido dormir mais tarde, excepcionalmente.

Durmo por volta das 22h – alguns dias mais cedo, mas geralmente nesse horário ou, excepcionalmente, durmo mais tarde. O que importa é que acordo quando me sinto descansada e rejuvenescida.

Já aconteceu algumas vezes de eu despertar – ou seja – sem conseguir voltar a dormir, mesmo sentindo que meu corpo poderia descansar mais, ou sabendo que fui dormir mais tarde e não dormi “horas suficientes”, mas a verdade é que o nosso corpo não conhece o tempo do relógio.

Algumas vezes, consigo descansar um pouco depois do almoço, mas evito dormir, pois atrapalha meu sono à noite. Prefiro encerrar o dia de trabalho mais cedo e descansar de noite, dormindo tranquila. Aos domingos, me permito tirar uma soneca depois do almoço, pois é um dia de descanso para mim. Mas nem todo domingo eu tenho vontade. Apenas me permito escolher.

Não me importo de trabalhar de tarde e no início da noite, se for necessário. Mesmo aos finais de semana. Mas só de ter a manhã livre isso me deixa muito bem.

Essa orientação também ajuda a equipe do Vida Organizada a trabalhar melhor, pois sabe que, pela manhã, não vou agendar nada, a não ser em situações especiais, como inscrições abertas do nosso curso, e tudo coordenado com antecedência. Então todos conseguem trabalhar concentrados de manhã ou agendar reuniões entre si sem que eu proponha conversar naquele horário.

Eu também aproveito para trabalhar no meu tempo por aqui, mais concentrada, mas sempre respeitando o meu ritmo.

É o que eu quero para todo mundo que me acompanha aqui. Tempo livre. Livre para escolher como você quer vivê-lo.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

4 comentários

  1. Marta Turma 8 comentou:

    Thais, você me inspira. As vezes mee enxergo em você rsrs.

  2. Jordana comentou:

    Oi, Thais!

    Não tem relação direta com o assunto, mas vou perguntar assim mesmo 🙂

    Quando acorda e faz a oleação, quais óleos utiliza? Digo locais de compra e produtos, por favor.

    Os óleos que estive pesquisando tem na composição BHT ou outro composto que não traz benefícios a saúde. Por enquanto não encontrei alguns que sejam puros.

    Obrigada!

    1. Óleo de gergelim prensado a frio da By Samia.
      Esse óleo é uma receita medicada personalizada para o meu biotipo. Você precisaria buscar o mesmo tipo de indicação.

  3. Damiana Sousa comentou:

    Uau, Thais, que bonita inspiração!! 🙂
    Obrigada!