Categoria(s) do post: Diário da Thais, Saúde, Ayurveda

Eu sou uma pessoa de biotipo vata-pitta (bem mais vata) para o Ayurveda e por isso consigo perceber meu corpo e adaptar bem toda a minha rotina a partir da mudança de clima e das estações.

Não apenas nas estações, mas a mudança que o ciclo menstrual traz para mim, especialmente desde que parei de tomar pílula anticoncepcional (há um ano) e agora fica mais natural entender meu ciclo e o impacto dele no meu corpo.

Eu moro em São Paulo então tudo o que vou escrever aqui diz respeito à minha realidade, ok? O Ayurveda é justamente isso: se conhecer e adaptar à SUA realidade. 😉

Sono

Além da rotina regular de acordar e dormir no mesmo horário em média, e procurar dormir mais cedo (antes das 23h), estou dormindo MAIS. Mais horas mesmo. Eu fico bem com sete horas e meio de sono mas, no frio, às vezes preciso de nove horas para acordar bem. Sinto também maior necessidade de descanso, não sono, necessariamente, então veio alternando várias atividades ao longo do dia com esses períodos de descanso. Preciso apenas me monitorar para não dormir fora de hora, porque isso prejudica bastante mais sono à noite e me faz ganhar peso também.

Alimentação

Eu pedi muito delivery no mês de março porque eu estava em uma situação de DESÂNIMO enorme. Isso fez diferença na minha saúde. Como eu tenho algumas alergias e intolerâncias, qualquer contaminação cruzada me faz muito mal, e a melhor maneira de editar isso é eu preparando a minha própria comida. O que dificulta muito é a coisa de eu não ir à feira, ao mercado, ao empório de produtos a granel. Mas eu pretendo melhorar essa parte – já comecei em abril, na realidade. Estou cozinhando mais.

Eu também priorizo alimentos cremosos, suculentos, molhados, como sopas, caldos, pratos com molhos, purês, massas, risoto, alimentos molinhos (tipo abobrinha refogada) etc. Alimentos sempre quentes, nunca frios (mesmo verduras eu preparo na panela). Refeições sempre em horários regulares, claro, sendo o almoço a principal refeição do dia.

Não posso deixar de falar sobre a água – sempre quente ou em temperatura ambiente. Nada de líquidos gelados. Tenho até uma programação de chás.

Atividade física

Como estou em meio a um projeto de seis meses com um personal trainer, esse é meu foco e não vou mudar, mas geralmente no outono eu costumo pegar mais leve e fazer caminhadas e yoga apenas. Desta vez, estou alternando três dias da semana com hit aeróbico e, nos outros dias, faço yoga. Agora pretendo retomar caminhadas ao ar livre também porque sinto muita falta, e gosto de fazer atividade física sempre pela manhã, para “acordar”. A manhã é um momento meu, introspectivo, em que gosto de alternar atividades de autocuidado com estudos e trabalho concentrado.

Roupas

Eu evito ficar em correntes de ar e vivo me aquecendo porque faz muita diferença em como me sinto. Sou friorenta! Enquanto escrevo este post, está 16 graus em SP e eu estou com meia-calça, calça de lã, camiseta de manga comprida, suéter de lã turtle neck e colete kkk só falta realmente um touca, que não estou usando porque acabei de tomar banho e meus cabelos estão molhados. Mas o fato é que eu preciso sempre estar com meinha, pashmina no pescoço, touca, robe por cima do pijama, uma mantinha sempre me acompanhando nas leituras, dormindo com o cobertor quentinho e a cama forrada com uma colcha de veludo. Isso me mantém bem e aquecida.

No próximo final de semana vou reorganizar o meu guarda-roupa para deixar apenas as roupas de frio e confortáveis disponíveis, guardando o resto em lugares menos acessíveis. Vai ser o armário-cápsula do frio.

Autocuidado

Minha pele tem a tendência a ficar muito ressecada a todo momento, ainda mais no tempo seco e frio de São Paulo, então é manteiga de cacau nos lábios ao longo do dia, muita água ingerida para hidratar por dentro, cremes mais pesados (tipo manteigas corporais), oleação com óleo de gergelim antes de entrar no banho, massagem nos pés antes de dormir etc. Eu também limpo as narinas usando o lota (foto abaixo) quando me sinto congestionada, porque tenho sinusite, além de massagens no rosto para aliviar a formação de muco.

Outro toque que vale a pena comentar aqui é sobre a meditação. Eu costumo meditar regularmente, mas no frio algo acontece que me deixa ainda mais introspectiva para fazê-lo. Eu quero retomar minha programação com o centro budista, que acabou ficando um pouco de lado nos últimos meses, especialmente depois do começo do doutorado, e acredito que isso vá me ajudar a ficar bem.

Não pretendo fazer nenhum exame ou consulta médica presencialmente nesse momento por conta da pandemia, mas eu precisava muuuuuito ir ao dentista. Paciência. Os atendimentos médicos que podem ser feitos online eu continuo fazendo, incluindo a terapia.

Quero compartilhar com vocês como reorganizo a minha rotina em todas as áreas da vida de acordo com as circunstâncias, e este post foi o primeiro. Se vocês gostarem, posso fazer sobre as outras áreas também.

Deixe seu comentário

25 comentários

  1. Camila comentou:

    Gostamos sempre 🙂

  2. Juliana Paiotti Schychof comentou:

    gostei bastante de saber dessas mudanças de acordo com as estações! eu comecei a perceber o ano transitando por elas a pouco tempo, e agora preciso perceber Eu transitando por elas. Pra mim é novidade, então é bem interessante!

  3. Jocilene Pareja comentou:

    Olá Thaís, meu desânimo com o cardápio alimentar ocorreu no começo de Abril… Estou aos poucos retornando a alimentação com mais legumes, verduras e frutas… Confesso que a pandemia pesou muuuiito para mim neste começo de mês… Acredito que foi uma soma de circunstâncias… Fiz um destralhe emocional grande!! Agradeço por compartilhar sua rotina! 😊🌻

  4. Rodrigo Fernandes Cunha comentou:

    Sim, quero textos sobre outras áreas, também!

  5. Karla comentou:

    Seus textos me trazem tanta inspiração! E renovam minha disposição também! Obrigada <3

    1. Paula Vielmo comentou:

      Sinto o mesmo, Karla!

  6. Diana comentou:

    Amei! Eu também tenho prevalência Vata e ter essa consciência me ajudou muito a respeitar certas características (o frio que parece que só eu sinto, por exemplo), a dificuldade em voltar a rotina quando não respeito meus ritmos, o uso de óleo de gergelim para energizar, etc. Uma dica maravilhosa que eu sigo sempre do meu terapeuta é a água morna de manhã, ajuda muito a começar o dia e liberar secreções.
    Ah, o que você usa na lavagem com o lota?

  7. ANA PAULA DE MORAES MARINHO comentou:

    Muito interessante Thaís. Queremos sim ver as demais reorganizações você é uma grande inspiração!

  8. Evelyn Dos Santos Mata comentou:

    Lendo o que você colocou, eu confesso que me identifiquei bastante. Antes me culpava por ser mais introspectiva, friorenta, preferir me exercitar de manhã… Mas hoje entendo que essa sou eu.

    Aprendo muito com seus posts.

  9. Leila Moraes comentou:

    Sempre aprendemos muito com seus relatos!
    Compartilhe sim!!

    Pra mim, cada vez que eu me conheço mais melhor fica o meu autocuidado. A natureza é cíclica e nós tbm. Apesar de eu amar estar sempre de moletom quentinho de janeiro a janeiro, os demais quesitos oscilam bastante.

  10. Luiza comentou:

    Adorei esse post, pois tbm sou vatta e sempre me esqueço do que posso fazer pelo meu corpo, na minha cidade tbm ficou frio e eu estou me sentindo bem desconfortável (como em todos os meses que fazem menos de 24 graus kk) Já vou me organizar e colocar algumas coisas na rotina

  11. Lívia comentou:

    Adoro seus posts, me passa tanto equilíbrio! Ajuda tanto!
    Adoro os posts sobre sua organização nas áreas da vida.
    Obrigada!

  12. NATASHA REUWSAAT CAMPACI comentou:

    Ameeeei as dicas para o Outono! Não faço ideia qual meu biotipo (ainda), mas sou MUITO friorenta! 16 graus em SP já estou inteira de lã. Vou anotar as dicas que você deu, que foram muitas!
    Uma curiosidade, você bebe quantos chás por dia?
    Uma dica que comprei no inverno passado, joelheiras e cotoveleiras tipo segunda pele, comprei na daiso e fazem muita diferença, tenho muito frio nas juntas heheh Parecem polainas, e como fica só nas partes do corpo que não suam tanto, dá para usar mais vezes antes de lavar do que uma meia calça térmica por ex.

    1. Não tenho um número exato.. vou bebericando e alternando com água ao longo do dia. 😉

      PS: uso polainas também!

  13. Audineia comentou:

    Estou precisando montar um armário cápsula, mais por conta do novo espaço que tenho, bem pequeno. Ando procurando algo sobre a quantidade ideal de peças, só que sou da turma dos calorentos! Aqui na minha cidade peças de frio são quase desnecessárias. E está dificil achar algo pra me inspirar 🙁

  14. Ana comentou:

    Adoro seus posts – quero mais !

  15. Paula Vielmo comentou:

    Amei a postagem, o conteúdo exposto é muito relevante e a forma que você o faz, partindo de sua realidade possibilita que quem lê tenha insights. É bem interessante que você se conhece bem, algo que em geral não ocorre com a maior parte das pessoas e acaba sendo, sem dúvidas, um grande obstáculo para as melhorias. Obrigada por seu trabalho, Thaís!

  16. Michely Leão comentou:

    Oi Thaís, como sempre adoro seus posts 🙂
    Uma curiosidade rs como vc sempre come coisas quentinhas ou em temperatura ambientes, no caso de saladinhas tipo alface, tomate e outras que são mais geladinhas, vc tbm come? 😁
    Beijocas e obrigada por ser uma inspiração p/ mim 😘❤️

    1. Como coisas geladas quando está muito calor e sinto necessidade de resfriar meu corpo. Do contrário não me faz muito bem e sempre prefiro as coisas em temperatura ambiente ou morninhas.

  17. MARIA BETÂNIA ALVES DE ALMEIDA comentou:

    Bom dia, Thaís e todos !
    Estou seguindo uma rotina bem regular de horários e organização, graças a você. Tenho lhe seguido muito de perto. Estou me reprogramando e isso tem me feito muito bem. Estou terminando de ler o livro: “Mude seus horários mude sua vida” e estou encantada com todo o aprendizado e como estou me conhecendo melhor. Se puder, continue postando sobre a sua rotina e em outras área da vida, pois nos ajuda a refletir sobre as nossas áreas também.

  18. Pedro Barros comentou:

    Gostei da ideia, Thaís! Aguardando textos de outras áreas também! Parabéns e obrigado!

  19. Lívia comentou:

    Sensacional, me identifiquei muito com os doshas e sobre tudo que envolve a rotina, o frio que sentimos… Sempre com meias e lã, mantas de veludo, chás, sopas . Tudo quente, por favor! Sim gostaria de saber mais … Estamos passando por momentos tão difíceis, tão bom sabermos que não é só com a gente. Estamos no mesmo barco! Gratidão🙏
    Obs: sou do RS, Santa Maria, está muito frio por aqui.

  20. Amanda Dessaune Ruas Darós comentou:

    Amei o conteúdo! Tudo que vc escreve eu levo em consideração demais. O MVO está mudando a minha vida 🙏