Categoria(s) do post: Diário da Thais, Tecnologia, Blog

Este é um tema recorrente porque faz parte da minha rotina de trabalho e quase que diariamente alguém me pergunta como eu organizo o calendário editorial de todos os canais do Vida Organizada. Vou escrever neste post como tenho feito no momento, então, visto que eu sempre reajusto para atender as minhas novas necessidades de produção e publicação.

Eu estou em um momento de reestruturação da linha editorial. O motivo é que, no início da pandemia, um ano atrás, eu tive que fazer essa reestruturação porque percebi que precisava trazer alguns conteúdos específicos para o momento que estávamos vivendo como sociedade. Passei a fazer mais LIVEs, criei eventos e conteúdos diversos. Um ano depois, será que essa quantidade de LIVEs tem sido efetiva? Já não sei, e por isso estou em um momento de reformulação. Quando esta estiver finalizada, vou postar aqui para compartilhar com vocês. Por hora, me atenho neste post a mostrar a organização dos calendários em si.

Eu já tentei organizar de diversas maneiras. Em teoria, tudo que é calendário deve entrar na minha ferramenta principal de calendário, que é a agenda do Google. E, sinceramente, é como eu recomendo a todos que façam, especialmente quem estiver começando a incorporar a produção de conteúdo como parte do seu trabalho.

Você pode criar uma agenda à parte ali dentro que basta marcar ou desmarcar quando precisar. Confira aqui o tutorial para fazer.

No entanto, para mim, percebi que o que funciona mesmo é considerar o calendário não necessariamente como planejamento, mas como uma catalogação do que foi criado. Porque a criação de conteúdo, da minha parte, é muito espontânea. Gosto de criar todos os dias. O que faço, então, é criar e agendar. Esse agendamento fica feito na própria plataforma de publicação de cada canal, o que acaba virando uma catalogação. Já tentei fazer de outras maneiras e é claro que existem alguns conteúdos que são planejados. Mas, no momento, tenho tanta dedicação diária a essa parte do meu trabalho que me permito fazer assim.

No blog é o plugin para WordPress chamado CoSchedule.

No Instagram, é o Mlabs (acima).

Para o YouTube, uso o Notion, mas confesso que prefiro o Trello. Em algum momento este ano talvez eu me anime para transferir as informações de volta para lá.

Essencial mesmo é andar sempre com um bloco de notas e registrar as ideias que tenho ou que vocês me dão nos comentários e mensagens, além de insights que tenho conversando com a equipe ou lendo as dúvidas dos alunos. Por isso, tenha sempre um bloco de notas com você e, depois, um lugar para armazenar essas ideias. Eu também fazia no Trello, mas estou migrando para o Notion (dentro da categoria de “incubados”).

Enfim, o grande lance da produção de conteúdo é entender que é um trabalho para a vida. Quem começa no marketing digital demora a entender isso.

O que mudou minha maneira de produzir é documentar o que faço diariamente em vez de apenas sentar para produzir, como fazia antes. Essa abordagem é do Gary Vee e mudou realmente a maneira como eu lido com a produção de conteúdo, tornando-a mais fluida, real e coerente com o que ensino (rotina tranquila).

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. KAROLINE DA SILVA HEBERLE comentou:

    Olá Thaís, amei o texto.
    Sou fabricante de fantasias, e estou organizando exatamente isso e travei em como fazer. Muito obrigada pelo post, se puder, eu adoraria ler mais sobre essa organização, ainda mais que são várias frentes ( instagram , Telegram, Whatsassp), para postar e manter atualizado.
    Pensei em fazer isso agora, visando a retomada da economia ( sim, eu sigo tendo esperança), e esse seu post vai me ajudar muito, muito obrigada. abraço virtual.

  2. Evelyn Dos Santos Mata comentou:

    Thais, o MLabs vc usa o plano pago? Acha que compensa?

    Estou iniciando um perfil no Instagram e tem o perfil da minha loja online, então, é muita coisa para deixar fluir…

    Queria saber se o app compensa.