Categoria(s) do post: Diário da Thais

Oi, pessoal. No post de hoje vou ser muito honesta com vocês. Eu estou em uma fase de reestruturação de toda a linha editorial nas redes sociais e canais do Vida Organizada, além do refinamento do Método no curso em si.

Além disso, a situação do mundo está difícil demais e isso está se refletindo em todos nós. Minha mãe ficou doente na semana passada (nada relacionado ao COVID), e ter que gerenciar isso estando longe foi bem frustrante. Marido e filho estão sentindo muito o “um ano de quarentena”. Não está fácil para ninguém.

Com tudo isso, minha cabeça está sentindo essa vontade de reestruturar as coisas, ficando um pouco mais na minha. Estou finalizando meu terceiro livro, sobre estudos, e em março inicio o Doutorado. Não dá para fazer tudo ao mesmo tempo. A gente precisa priorizar. E, para conseguir fazer tudo isso, eu preciso pegar leve em outras áreas.

Durante o último um ano e meio, quem me acompanha por aqui sabe como me desdobrei para trazer conteúdos que fossem úteis, leves e ressignificantes desse momento que a gente vive, tanto em caso no que diz respeito ao trabalho. Mas e agora? Como atender vocês? Como continuar o desenvolvimento desse trabalho?

Tem bastante coisa legal que quero escrever aqui no blog, gravar e publicar como vídeo no YouTube, trocar no Instagram etc, mas eu preciso desse tempo de reformulação para que eu sinta que ainda esteja fazendo sentido. Não quero postar por postar – não é e nunca foi o meu estilo.

Todo o conteúdo continuará acontecendo, pois ele é parte integral deste trabalho, mas durante algum tempo não vou me forçar a publicar diariamente, justamente até conseguir redefinir os caminhos editoriais que levaremos por aqui. Tá bem?

O mês de fevereiro está acabando com um esforço tremendo para nos mantermos bem e com uma mentalidade positiva. Não está fácil lidar com a situação da pandemia. Eu fico preocupada com todo mundo. Algumas coisas que estávamos levando bem de repente não estão mais tão ok assim. O Paul está desanimadíssimo com as aulas virtuais. Eu tenho medo de ir ao médico, fazer exames e todas as outras coisas que normalmente fazemos de tempos em tempos. Minha vista, por exemplo, certamente piorou nesse um ano e eu preciso com urgência renovar meus óculos, mas não tenho coragem de ir ao oftalmologista. Minha mãe em outra cidade, como falei. Ver tanta gente morrendo. Enfim, tudo isso me pegou bastante nesse último mês, mais do que o normal, e eu decidi mais uma vez parar de ler notícias para me concentrar em ficar bem no dia a dia, senão fica ainda mais difícil.

O mês de fevereiro começou com a Turma 6 do curso do Método Vida Organizada. Essa turma é super animada e estamos muito felizes com a sua realização. Ontem, realizamos um dia de implementação com foco em ferramentas, e foi muito bacana. Sempre tentamos coisas novas e diferentes formatos. É uma das coisas que mais gosto nesse trabalho.

Além disso, de um ano para cá a própria estrutura do negócio se modificou, com pessoas incríveis e queridas vindo trabalhar comigo. Em fevereiro, teve a entrada do Luca, que vai me apoiar no curso como professor em algumas aulas, como ontem. Poder discutir o MVO com pessoas que gostam dele tanto quanto eu me deixa feliz demais, e muito consciente desse privilégio que é ter pessoas vestindo a sua camisa. Mas não dá para ignorar como foi muita mudança acontecendo rápido demais, e as coisas levam tempo para se assentarem.

O mês de fevereiro também foi um mês de muitos estudos, especialmente para conseguir ler alguns livros que queria ler antes do início do Doutorado, em março. Da mesma forma, me dediquei à escrita do livro, que está em fase final.

Como vocês perceberam, finalmente temos um layout novo, que eu estou apaixonada! Mas ainda temos detalhes a serem acertados nele, o que faremos nas próximas semanas. Estou muito feliz com o feedback de vocês, pois todos que recebi até agora foi de que acharam o novo layout lindo. Eu também achei! Muito obrigada! Todos os créditos vão para a Adrielly (designer) e a Dani (programadora). <3

Estou respeitando o meu tempo. 🙏🏻

Espero que seu mês de fevereiro tenha sido legal. Se quiser, compartilha comigo nos comentários? Obrigada. <3

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Estudos, Universidade Pessoal

Eu tenho um método de estudos pessoal que chamo de universidade pessoal. Esse método está sendo descrito e detalhado passo a passo no livro que estou escrevendo (previsão de lançamento para o segundo semestre). De qualquer maneira, tem bastante material aqui no blog para quem quiser saber mais a respeito, bastando pesquisar sobre “universidade pessoal” na busca de posts. Assim você conseguirá entender melhor o que estou fazendo aqui.

Gosto de reorganizar esse ciclo de estudos por semestre pois funciona para a minha vida. De início, assim o fiz por imaginar um novo semestre de faculdade (se eu efetivamente estivesse cursando uma) mas, com o tempo, acabou se mostrando um período acertado. Claro que isso não exclui a possibilidade de fazer ajustes. Se eu sentir que preciso mudar, não fico com um ciclo ineficaz só para que ele dure o semestre inteiro. Não vejo sentido nisso.

À medida que vou refinando o meu método, durante a escrita do livro, ele vai amadurecendo com os meus próprios estudos também, o que é fantástico. Eu fiz um brainstorm pensando então, de acordo com tudo o que estou estudando, preciso me aperfeiçoar, e até com relação aos cursos que eu estou fazendo, o que preciso estudar mais.

Vale dizer que, neste semestre, começo o Doutorado. Isso significa que eu vou ter uma carga alta de estudos voltada para o curso e a pesquisa, então os estudos autodidatas não terão tantos temas, e sim o estritamente essencial. Aquilo que eu TENHO QUE estudar nesse momento, mesmo com o Doutorado em andamento.

Também vale reforçar que o ciclo não é algo engessado. Se eu sentir que preciso mudar ao longo dos meses, ajusto sem problemas.

Os assuntos que entram no meu ciclo para este primeiro semestre são:

  • Francês. Eu pretendo fazer a prova de proficiência do Doutorado em francês (poderia escolher entre francês e espanhol). Apesar de espanhol parecer mais fácil, estudar francês era uma coisa que me agradava mais, que sempre quis me dedicar a aprender, e que também será um estudo com retorno interessante para a minha área de pesquisa. Vou fazer um post sobre o estudo do idioma em breve. Propósito: aprender o básico para passar na prova de proficiência.
  • Lançamentos. Alcancei um nível de proficiência nessa categoria de marketing digital que me qualificou como “faixa preta”. Por isso, fui convidada pela equipe do Érico Rocha para realizar análises de lançamentos na mentoria dele. É muito gostoso de fazer porque é algo que me mantém aprendendo constantemente, mas também tem a responsabilidade de continuar estudando o método que ele ensina. Propósito: aprofundar, treinar.
  • Metodologia de pesquisa em Ciências Sociais. Como mudei de área (relativamente) para o Doutorado (de Comunicação para Ciências Sociais), e não vou cursar a disciplina de Metodologia neste semestre, eu sinto essa necessidade de estudar esse assunto de maneira autodidata. Tenho alguns livros, que me darão respaldo no momento. Propósito: aprender o básico da área.
  • Finanças. É a minha área de foco para 2021, então todo material relacionado a finanças me interessa e entra no ciclo de estudos. Propósito: aprofundar.

O ciclo não tem a ver com horários, mas com sequências. Ele está mais ou menos assim:

  • Francês: blocos de 1 hora.
  • Lançamentos: blocos de 1 hora e meia.
  • Metodologia: blocos de meia hora.
  • Finanças: blocos de meia hora.

Então eu estudo nessa sequência. Por exemplo, se eu estudei 1h de francês hoje, quando for estudar novamente (hoje ou amanhã), eu vou para o próximo assunto. Quanto mais eu estudar, mais rápido “giro o ciclo”.

Saiba mais sobre o estudo por ciclos aqui.

Em média, giro o ciclo pelo menos uma vez por dia, ou no máximo em um dia e meio, pois estudo de três a cinco horas por dia.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Novidades

Sair da “rodinha do hamster” é ir na contramão do mundo.

Em uma sociedade 24/7 que ninguém pediu para estar, precisamos decidir se vamos responder mensagens antes de dormir – ou logo ao acordar.
Um mundo onde dizer NÃO para dizer SIM à família, ao autocuidado, à saúde… é visto como egoísmo. Incompreendido.
Não estar disponível 100% do tempo para atender quem quer que seja se tornou um absurdo. Não é absurdo.

O mundo está caótico.
Somos muito mais exigidos do que nossos pais foram, e do ano passado para cá, mais ainda. Quem aí já pensou em como será o mundo que exigirá dos nossos filhos que são pequenos hoje?

Dizer NÃO para isso é dizer SIM para muitas outras coisas que são importantes também. Sono reparador, alimentação decente, atividade física sem piração, tempo de qualidade com a família, sentar para ler um livro, curtir a brisa que entra pela janela, ver o sol se pôr, dar risada, enfim, as coisas simples que passam correndo nessa realidade que nos colocaram.

Mas dá pra mudar. Não é fácil, mas basta começar. Um pouco hoje – 1% que seja. Um pouco amanhã. E assim vamos mudando o mundo. Para nós, para os nossos filhos, para as pessoas que trabalham com a gente, para as famílias das pessoas que trabalham com a gente – para o atendente no mercado, o motorista do ônibus, a enfermeira em plantão: TODOS.

Se você se identifica com esse movimento, vem com a gente. 😉 Deixa um comentário aqui me dizendo que #tamojunto?

Categoria(s) do post: Diário da Thais, GTD™, Tecnologia

Aparentemente me entendi com o Notion e, depois de alguns meses, consegui até sair do Todoist para organizar minhas listas nele. Sempre considerei o Todoist imbatível para essa função, e ainda é excelente, mas os testes que eu tenho feito no Notion me deram vontade de levar essas informações para lá também.

Atualmente, toda a minha divisão é feita assim:

Eu faço uma distinção fundamental entre o que são informações organizadas e aquelas que uso para fazer planejamentos. Essa distinção mudou completamente a maneira como eu me organizo e delineia grande parte do que eu ensino com o meu método de organização.

Vale dizer que o meu método NÃO É GTD, mas nada do que eu ensino com ele vai contra o GTD, de modo que tanto eu quanto qualquer pessoa que use o GTD consegue conciliar ambos, se quiser. Tomo um super cuidado com isso em primeiro lugar por respeito à criação do David, em segundo porque acredito que o MVO possa complementar o GTD em algumas frentes, especialmente no que diz respeito ao planejamento.

Como todo sistema, o meu está em constante construção mas, hoje, é assim que o Notion está configurado.

A ideia desses ícones veio da Marie Poulin, que tem um canal bem interessante (em inglês) no YouTube, com muitos conteúdos sobre Notion. Ela usa essa distinção de ícones para mostrar quando a página é um database (banco de dados), quando é uma página comum, ou quando é uma página com databases dentro. Isso fez muito sentido para mim e apliquei.

Sobre calendários, quero falar que, para mim, a agenda padrão é a do Google. Ainda não sinto a necessidade de migrar para cá (até fiz um post sobre isso), mas na página de calendário dentro do Notion eu mantenho os calendários editoriais, pois fazem sentido para mim. Já tentei usar no próprio Google, e fazia assim até o ano passado, mas sentia a falta de deixá-los em uma ferramenta com mais recursos para subir imagens, visualizar por categorias etc.

Penso que cada item mostrado aqui valeria um post ou vídeo por si só, e é o que eu pretendo fazer daqui em diante. Tem bastante conteúdo vindo por aí mostrando como eu faço. Agora me sinto amadurecida com o programa para ensinar coisas que vêm dessa vivência e não de testes rápidos que não mostram como ser consistente.

A página de próximas ações está bem legal e eu coloco alguns datasses dentro dela: próximas ações em si, rotina diária, lista de compras, conversas, ler / ouvir / assistir e follow-up. Como eu falei acima, pretendo fazer conteúdos em breve sobre cada um desses elementos, pois sei que geram curiosidade.

Este foi apenas um post inicial para mostrar como tenho usado, mas, como falei, ainda tem bastante coisa para mostrar. Se você tiver curiosidade sobre algum aspecto ou quiser sugerir algum conteúdo relacionado ao Notion, poderia sugerir nos comentários? Assim vou me organizando para postar o que for mais prioritário para todos. Obrigada!

Categoria(s) do post: Estudos

Tenho cada vez mais utilizado o Notion para armazenamento de informações de referência de modo geral. Neste post, quero mostrar como estou organizando as informações de referência do Doutorado dentro da ferramenta.

Basicamente, tenho uma espécie de dashboard do Doutorado em uma página dentro da macro página “Arquivo”, ficando assim: Arquivo > Doutorado. Assim como o diretório do Doutorado, tenho de outros assuntos diversos.

Ainda estou organizando mas, basicamente, incluo:

  • Informações gerais sobre a instituição, o programa, a professora
  • Minhas informações (RA, documentos etc.)
  • Rascunhos da tese (ainda provisório, pois estou usando um caderno)
  • Controle das leituras para as disciplinas (vou mudar isso)
  • Banco de dados > disciplinas
  • Banco de dados > grupos de pesquisa
  • Banco de dados: seminários
  • Banco de dados > artigos acadêmicos (que eu escrever)
  • Banco de dados > reuniões com a orientadora
  • Banco de dados > referencial teórico

Eu tinha criado um mapa mental no Mind Meister inicialmente, mas passei as informações de lá para o Notion, pois acho que ficam melhores para eu navegar e consultar.

Na página de leituras, eu tinha criado um banco de dados para todas as disciplinas e indicações da minha orientadora, mas achei que ficou confuso. Vou preferir organizar pelas disciplinas e referencial teórico de modo geral que eu for efetivamente reservando para a minha tese.

Eu acredito que essa página vai ser muito útil por centralizar as informações de referência de modo geral. Caso eu mude algo significativamente nele, atualizarei por aqui no futuro.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Novidades

Olá,

Última chamada para o curso MVO – Método Vida Organizada! 🙂

Nos últimos dias eu avisei você das condições incríveis desta turma nova do curso para quem se inscrever ainda esta semana.

Hoje é o último dia para você se inscrever. 

Não há muito mais a dizer depois dos últimos e-mails que enviei esta semana, mas você pode tirar todas as suas dúvidas e conferir as informações na página: AQUI

Algumas pessoas ontem comentaram que não estavam conseguindo acessar a página acima. Aparentemente, a gente teve uma sobrecarga no servidor e isso pode ter acontecido mesmo! Então, se isso acontecer e você quiser o link direto para pagamento, está AQUI.

As inscrições ficarão abertas apenas até às 23h59 de hoje, sexta. 

Obrigada!
Thais

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Diário da Thais, Rotinas, Estudos

Bem, segunda-feira (8) recomeçam as aulas do Paul e, dia 1 de março, começam as minhas aulas do Doutorado. Com isso, a nossa rotina vai ter essa reorganização, que já conversamos aqui em casa.

Com o Paul, o que temos feito, até por sugestão da minha amiga que é psicóloga infantil, é fazer acordos com ele. Então, o acordo para a nova rotina dele é:

  • Você pode acordar mais tarde, não precisa acordar super cedo. Mas, quando acordar, vai lavar o rosto, trocar de roupa, tomar café-de-manhã e fazer lição de casa. “Mas e quando não tiver lição?” Aí vai revisar o que estudou em aula. A ideia é se habituar a dedicar um tempo todos os dias para estudar sem ser assistindo aula. Quando fizer isso, pode ver TV até a hora do almoço.
  • As aulas dele serão à tarde, o que foi um alívio, pois foi muito sofrido o último ano ele acordando cedo e ficar assistindo aula em casa com sono. Então de tarde ele vai se dedicar às aulas, pode parar, descansar, comer o lanchinho, aquela coisa toda e, quando acabarem as aulas, ele pode descansar. Direto pro banho, e pode usar o próximo par de horas como quiser: computador, vídeo-game ou tv.
  • De noite, mesmo sem ter que acordar tão cedo, não vai mais dormir tão tarde quanto tem dormido agora nas férias. Provavelmente vai dormir no mesmo horário que eu, ou no máximo um pouco depois (tem dias que eu durmo mais cedo). E vai voltar a ler antes de dormir, em vez de ver tv.

É super difícil a situação durante a pandemia e o isolamento social mas eu acho que o ano de 2020 nos deixou escorados para enfrentarmos um ano novo escolar nessas condições. A mesa, o computador, a organização dos materiais. Tudo já está mais ajeitado.

Eu sinceramente espero que, até o segundo semestre, ele já tenha sido vacinado e possa ir para a escola presencialmente mas, se não for, é melhor que ele estude à tarde.

Vamos ver como a escola vai ficar, porque os professores terão que conciliar aulas presenciais e aulas virtuais (esquema híbrido), o que me deixa com aflição por eles desde já. Queria aqui deixar meu boa sorte e abraço virtual a todos os professores que passarão por isso. Que seja o mais tranquilo possível para vocês o quanto antes.

Agora, sobre a minha rotina.

As férias do Paul sempre impactam demais a minha rotina, ainda mais com todo mundo em casa. Ele demanda muito mais atenção, fica com muito tédio, eu sou muito mais interrompida, e a tendência de perdermos a paciência (meu marido e eu) com ele aumenta muito. Então tem todo um impacto que precisa ser levado em conta nessas épocas em que ele não tem aulas.

Da minha parte, foi me preparar para realizar atividades que demandavam mais concentração enquanto ele estivesse dormindo ou quando o pai dele pudesse ficar com ele, e muita meditação para aceitar que eu não teria a mesma qualidade de concentração sem interrupções que eu tinha antes.

Agora, com ele estudando à tarde, vou mudar um pouco a minha rotina e, muito provável, eu venha a gravar um novo vídeo para mostrar para vocês desde a hora que eu acordo, semelhante ao vídeo que fiz em junho do ano passado, no auge da “quarentena” (entre aspas porque foram mais de 40 dias).

A nova rotina se estrutura mais ou menos assim:

  • Acordo cedo, sem me forçar o Brahma Muhurta, mas garantindo que tenha descansado bem. Atualmente, tem sido entre 5 e 6h. Às vezes acordo antes, às vezes acordo 6h30. Mas oscila nessa média realmente. É quando tenho a minha rotina pessoal de autocuidado, que envolve higiene, atividade física, leituras e meditação.
  • Depois disso, é quando tomo café-da-manhã, limpo o cantinho dos cachorros, fico com eles um pouco, leio as notícias, dou um scan nas mensagens para ver se tem algo urgente, e abro o Instagram para fazer a minha live diária às 7h30 (hora do café).
  • Minha ideia é ir para o escritório pela manhã, quando eu quiser. Não vou todos os dias, pois não é necessário. Mas, sempre que for, vou pela manhã – ou antes ou depois da live do Insta, dependendo do horário em que acordei no dia. E aí eu foco no que for prioridade, trabalhando focada até a hora do almoço, quando volto para casa para almoçar com os meninos e ficar aqui de tarde, trabalhando no home-office.
  • Como o Paul estará em aula à tarde, vou conseguir me concentrar mais do que antes. Meu marido também está mais atento por aqui nesse horário. Como nessa época chove muito no meio ou final da tarde, é melhor eu já estar em casa a ter que ficar no escritório esperando a chuva passar ou melhorar para eu ir embora. Meu plano é fazer a live às 18h encerrando meu trabalho – fecho o computador, arrumo a minha mesa, aí pratico yoga ou uma série de alongamento, e vou “pra casa”, no sentido de não trabalhar mais, pelo menos com dispositivos digitais. Ficar mais offline, o que já faço hoje em dia.
  • Tem a outra variável aqui, que é o início do Doutorado. As duas disciplinas que vou fazer são à tarde (segunda e quinta), então estar em casa à tarde é bom porque meus livros estão aqui. E, da aula para a live, uma hora depois, eu consigo descansar, jantar, enfim, é um processo mais tranquilo que ter que me deslocar do escritório.
  • À noite, como comentei, faço atividades offline, que envolvem a manutenção da casa, preparar comida, ficar com a família e ler ou estudar. Durmo cedo.

Penso que essa reestruturação será ótima para a nossa rotina.

Você já repensou como será a rotina da casa após a volta às aulas? Se quiser, compartilha comigo aqui. Obrigada!

Categoria(s) do post: Checklists

Todo mês, eu trago alguns lembretes de coisas que você pode querer ter no seu radar para organizar. Você pode usar essa checklist para organizar em seu próprio sistema de organização como preferir. Alguns itens serão projetos, enquanto outros demandarão apenas simples ações, e outros podem virar compromissos em sua agenda. Você também pode imprimir essa lista e ir riscando à medida que for fazendo. Não existe certo ou errado na organização, contanto que a usemos para a realização.

Sugestão de atividades:

✅ Organizar volta às aulas ou aos estudos de outros cursos e assuntos
✅ Organizar sua roda de estudos da universidade pessoal
✅ Consolidar a rotina na volta às aulas
✅ Implementar um sistema de mesada para as crianças
✅ Planejar o segundo trimestre do ano
✅ Revisar seus objetivos para ver o que andou em janeiro
✅ Negociar possíveis dívidas
✅ Iniciar ou revisar sua cartela de investimentos
✅ Estudar o plano de ensino do ano para ajudar seus filhos
✅ Anotar na agenda todos os compromissos escolares dos filhos durante o ano
✅ Criar um quadro de referência com as refeições preferidas da casa para planejar o menu ao longo do ano
✅ Revisar para doar ou reciclar o material escolar do ano passado
✅ Organizar cantinho de estudos dos filhos (e o seu, se você estiver estudando)
✅ Providenciar uma jarra com uma bebida refrescante na geladeira
✅ Separar os recibos para a declaração do Imposto de Renda este ano
✅ Agendar consultas médicas para fazer um check-up anual
✅ Aproveitar as liquidações para comprar o que já estava precisando (sem desperdício!)
✅ Entrar na Turma 6 do curso do Método Vida Organizada (inscrições até 05/02 apenas!) <3

Curtir o verão, mesmo sem ir viajar! <3

E você, o que pretende fazer este mês?

Categoria(s) do post: Novidades

Estão abertas as inscrições para a Turma 6 do Método Vida Organizada, o programa 100% de organização que te ajuda a ter uma rotina tranquila.

Apesar de ser um curso online e parecer que não há limite de vagas, nós temos um limite nosso do que podemos atender, pois o curso oferece suporte e um montão de coisas personalizadas aos alunos, então precisamos ter esse limite sim de vagas e, portanto, as inscrições ficam poucos dias abertas.

As inscrições se abrem oficialmente hoje, dia 1 de fevereiro, às 8h, e se encerram na sexta, 5 de fevereiro, às 23h59, a não ser que as vagas se encerrem antes (avisarei com antecedência se isso estiver prestes a acontecer – fique de olho no blog e nas redes sociais do VO!).

O nosso curso é pautado em desenvolver uma rotina tranquila, associada a uma mente tranquila. Esse é o nosso foco.

Você terá 3 anos de acesso ao curso desde o momento da sua compra, podendo assistir e reassistir as aulas quantas vezes quiser.

Durante 1 ano, você terá atualizações no curso e acesso a diversos conteúdos adicionais, como por exemplo: atualizações nos módulos, aulas ao vivo, workshops de ferramentas, plantão de dúvidas, suporte às suas dúvidas, navegação, fórum e tutoria.

Ex-alunos de cursos do Vida Organizada ou alunos de cursos em andamento podem se matricular pagando apenas uma taxa de atualização. Contatem atendimentovidaorganizada@gmail.com para saber como fazer.

Conteúdo programático

Módulos BASE Fundamentos + Setup Básico + Planejamento de Vida

Módulos das Áreas da Vida Finanças, Saúde, Estudos, Emocional, Lazer, Espiritualidade etc. Vida, Casa e Trabalho

Módulos de Workshops Google Agenda, Todoist, Evernote, Trello, Notion, Evernote, Google Drive, Dropbox, One Note, entre outros

Plantão de Dúvidas

Bônus adicionais

Grupo da sua turma no Telegram

Nesta segunda-feira você tem a oportunidade de se matricular com um desconto de 300 reais.

Depois disso, inscrições normais até sexta, a não ser que se encerrem as vagas.

Confira aqui todo o programa do curso, em detalhes, informações sobre valores e o link para inscrição. Obrigada!

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.