Categoria(s) do post: Ferramentas de organização, Vida Organizada, Diário

Sim, ainda é possível usar agenda de papel. Isso não é demérito algum e muitas pessoas preferem usar ferramentas analógicas justamente para terem um momento de desconexão no dia a dia, especialmente no que diz respeito ao manejo da rotina.

Por isso, trouxe neste post como eu organizaria a minha vida se eu usasse uma agenda de papel hoje em dia:

Se for feriado, como no caso acima, você pode fazer um círculo vermelho em volta do número do dia para sinalizar.

Naquela parte de cima, onde temos informações sobre o dia da semana, você pode inserir informações que considere úteis, como a fase da lua, mood (como se sentiu), previsão do tempo e o que mais achar interessante.

A página do dia em si pode ser dividida em duas colunas. Dividi a lápis. Do lado esquerdo, onde estão os horários, você pode inserir os compromissos que precisam ser realizados em horários específicos. Como esse modelo de agenda que usei para o post vai só até às 20h, caso você tenha compromissos depois desse horário, pode valer a pena escolher uma agenda que tenha mais horários ou então simplesmente personalizar com seus melhores horários ali do lado.

Se você gosta de usar a agenda do Google, por exemplo, a agenda de papel ainda assim pode ser útil para você para fazer um registro / log de tarefas concluídas, por exemplo, diário ou registros gerais (de finanças, por exemplo, ou hábitos).

Na coluna da direita, você basicamente vai inserir ações. Ações pontuais, que precisam ser feitas uma única vez naquele dia, e ações recorrentes, que precisem ser realizadas outras vezes, em diferentes frequências. Você também pode usar um post-it para ações recorrentes se preferir, pois assim basta mudar de página quando concluir no dia em questão.

Eu usei ícones diferentes apenas para dizer que as informações de categorias diferentes, mas você pode usar os mesmos, se quiser, ou até criar os seus.

Na parte de baixo, você pode escrever observações sobre o seu dia em questão, se as tiver e, no rodapé da página, pequenos lembretes.

Vale dizer que, se quiser planejar compromissos ou ações, minha recomendação é que você faça a lápis, até mesmo para diferenciar do que está efetivamente agendado e também tornar mais fácil apagar, se tiver que.

Espero que o post tenha sido útil. Comenta aqui embaixo se você usa agenda de papel e qual sua experiência com o modelo? Obrigada!

Deixe seu comentário

20 comentários

  1. Fabiana comentou:

    Que post legal, Thais! Estou me encontrando ainda em quais ferramentas funcionam melhor pra mim. Usando o Notion p visões do ano e da vida, planejamento trimestral tb. As tarefas tb estão lá, mas é a parte q tenho maior dificuldade, essa parte de “ação”… Agenda Google p compromissos e tudo que é recorrente. Estou com uma agenda de papel com visão mensal, pensando em usar para mood track (acompanhamento ansiedade) e habit track (dificuldade p implementar hábitos). Seu post ajudou a refletir sobre esses usos e se tiver alguma recomendação, agradeço! <3

    1. Leônia Simões comentou:

      Bom dia!
      Eu uso agenda e não sei viver sem elas. Faço exatamente assim. Gostei muito! Obrigada.

  2. ANA PAULA comentou:

    Amei a sugestão!!! Vou adotar!
    Gosto muito da agenda de papel, posso consultar a qualquer hora, sem depender de eletrônicos e internet.

    Abraço!

  3. Larissa comentou:

    Amei o post, faço parte do grupo da agenda de papel ainda. Estou tetando migrar para a ferramenta de agenda do Google mas está bem difícil de desapegar do papel. Gosto muito de escrever a mão, talvez seja por isso. Na verdade eu utilizo um planer como agenda, pois já identifiquei que prefiro uma visão semanal das coisas, e como não tenho muitos compromissos está me servindo bastante.

  4. Camila comentou:

    Uso agenda de papel mas prefiro planner (modelo simples, com a visão semanal). Apesar de ter menos espaço para a escrita, geralmente eles são mais leves e completos. Prefiro também aqueles sem horários (para que eu possa lançar os meus).

  5. Maria comentou:

    Adorei! Como não tenho muitos eventos e ações para anotar, sempre dispensei os aplicativos, mas a agenda de papel…., é irresistível. Obrigada pelo passo a passo de como usá-la de modo eficiente. Creio que não fica devendo aos eletrônicos e ainda descansa a cabeça.

  6. Renata Bueno comentou:

    Adorei o post! Uso agenda de papel, e é ótimo receber dicas para aprimorar o uso de uma ferramenta já implementada no meu dia a dia. Não havia pensado em dividir em colunas, achei genial!

  7. Ingrid comentou:

    Post magnífico. Apesar de usar algumas ferramentas on line, não consigo me desfazer do papel, justamente para ter esse descanso das telas.

  8. Roseane Silveira comentou:

    Muito bom. Sem agenda,não dou conta.
    Vou adotar esse modelo.

  9. Lia sivas comentou:

    Gratidão.
    Estou iniciando neste processo. Ainda uso agenda de papel.

  10. Julia Correa Bueno Sampaio comentou:

    Gostei muito do post! Uso agenda de papel há alguns anos, gosto delas porque levo comigo para onde for e posso também colocar dentro dela papéis, cartões de visita ( tudo com clips haha). Me agrada, mesmo possuindo as limitações.
    Este ano comprei uma agenda simples mas que, na parte inferior do papel possui uma linha intitulada “notas” , onde uso para fazendo anotações gerais e lembretes para este dia!
    Infelizmente na agenda que possuo não consigo fazer essa linha ao meio dividindo a página.
    Abraços Thais!

  11. Elinete comentou:

    Amp agenda de papel. Mas prefiro a visão mensal. Me ajuda muito.

  12. Cacilda Oliveira comentou:

    Adorei o post, pois não consigo abrir mão da agenda de papel.

  13. Viviane Ogliari comentou:

    Vamos aprender mais conhecimento…

  14. Evelyn Dos Santos Mata comentou:

    Eu diria que seria pegar uma agenda comum e transformar em metade planner, metade BuJo rsrs Achei bacana! Mas eu confesso que tenho dificuldade em fazer esse tipo de coisa mesmo tendo um planner… sinto que não o aproveito totalmente.

  15. Laura comentou:

    Uso há aaaannnnooooos agenda de papel e não sei viver sem. Tinha as grandes semanais, migrei para as pequenas, sempre semanais, quando termina o ano são como diários do que foi feito nos anos precedentes

  16. Laísa comentou:

    Adorei o posto!
    Thaís, o que você faz com eventos da agenda (do Google) que já passaram? Apaga? Mantém? Nunca sei muito o que fazer e apago pq acho que fica poluído visualmente.

    1. Apago o que não precisa de registro e mantenho o que gosto de consultar.

  17. Leticia comentou:

    Eu gostei 🙂