Categoria(s) do post: Novidades

Se você já foi meu aluno ou aluna dos cursos presenciais e online do Vida Organizada:

Organize-se em 2015
Organize-se em 2016
Organize-se em 2017
Organize-se em 2018
Workshop de Planejamento de Vida
Organize seus estudos
Organize suas finanças
Organize seu menu semanal
Organize seu guarda-roupa
Casa Organizada & Feng Shui
Jornada POP
Organização para empreendedores
Organização para blogueiros

Ou é aluno do Método Vida Organizada das Turmas 1 (dezembro 2019) e 2 (fevereiro 2020).

Na próxima segunda-feira eu abrirei as inscrições para a Turma 6 do Método Vida Organizada.

HOJE, sexta, 29/1, estamos abrindo as inscrições antecipadamente para os alunos que queiram migrar. O que é essa migração?

O curso do Método Vida Organizada te dá TRÊS anos de acesso. Durante UM ANO inteirinho, você tem uma tutora acompanhando o seu aprendizado, te dando suporte, respondendo as dúvidas, e você recebe também todas as atualizações, aulas novas e workshops ao vivo que acontecem ao longo do ano.

Para não ter que comprar o curso de novo pagando o valor cheio, nós elaboramos uma estratégia de migração, de modo que você pague apenas uma taxa de atualização para esse ano de suporte, que dá menos de 40 reais por mês.

Achamos que seria legal, também para quem for de outros cursos do Vida Organizada, trazer um desconto também de 50% do valor do curso. É uma oportunidade de vir pra nossa turma porque nós estamos centralizando todas as iniciativas no curso do Método. Tem muita novidade legal vindo por aí em 2021 e além, e essa é uma forma de agradecer quem já fez esse trabalho comigo.

Se você for aluno ou ex-aluno de algum curso do Vida Organizada, entre em contato por e-mail em atendimentovidaorganizada@gmail.com que já estamos prontos para te receber. Recomendamos o contato o quanto antes, pois na segunda abriremos a turma para o público em geral e as vagas podem encerrar logo.

Qualquer dúvida, escreva no e-mail acima para receber as instruções. Obrigada. <3

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Diário da Thais, GTD™, Rotinas
Notion.so

Gosto de fazer essa revisão mensalmente. Tinha feito no início de dezembro, então fazer agora no início do ano foi muito legal, pois o grande lance de revisar as responsabilidades profissionais é garantir que você esteja cuidando das suas responsabilidades direitinho, mas também questionar se realmente deve fazer tudo o que está ali. Talvez alguns papéis não façam mais sentido, ou algumas atividades possam ser delegadas. Somente essa revisão permite perceber isso.

Dois exercícios eu fiz desta vez e me ajudaram a ter mais clareza com relação às atividades que são (ou deveriam ser) prioritárias para mim:

  1. O que eu posso delegar
    (e não que necessariamente eu tenho como delegar agora);
  2. O que tem a ver com os meus valores.

Não necessariamente a gente tem como delegar atividades, mas só o fato de saber que PODERIA, se tivesse a quem delegar, faz muita diferença em termos de clareza sobre o que é prioridade, pois existem atividades que apenas você pode fazer. Essas devem ser prioridade, ou seja, devem vir primeiro no seu grau de escala de gerenciamento de afazeres no dia a dia. Simples assim. Porque, ao final do dia, você provavelmente não vai ter conseguido fazer TUDO o que você queria, mas pelo menos vai garantir que o que é prioridade você fez.

Com relação aos valores, é muito importante para cada vez mais você construir uma rotina que seja mais feliz para você em diversos aspectos. Essa é uma leitura um pouco mais de médio prazo, mas deve iniciar em algum ponto. Vendo quais são as atividades relacionadas aos seus valores, e aquelas que não são, você aos poucos vai tirando de um lado e colocando do outro.

Um exemplo simples no meu caso: escrever posts para o blog. Criatividade é um valor muito importante para mim. Então, se escrever para o blog está alinhado com esse valor, é uma atividade que tenho mais chances de manter justamente por esse alinhamento. No entanto, não significa que eu não possa delegar algumas atividades relacionadas, como edição de imagens, revisão final do texto e outros elementos relacionados. Com certeza você também deve ter papéis e responsabilidades que, quando revisados, te trarão esse tipo de insight.

Categoria(s) do post: Finanças, Livros

Já comentei algumas vezes por aqui que a área de foco para o meu ano de 2021 é finanças. Mostrei em um vídeo no YouTube os livros de finanças que eu tenho, os que já li e os que pretendo ler. Você pode conferir o vídeo aqui.

Mas eu decidi ir um pouco mais além e escolhi 1 livro para ler por mês (12 no total) caso vocês queiram fazer esse desafio comigo. Esses foram os livros escolhidos:

  1. Janeiro: Finanças para autônomos, do Eduardo Amuri
  2. Fevereiro: O mensageiro milionário
  3. Março: Do mil ao milhão, do Thiago (Primo Rico)
  4. Abril: Investimentos inteligentes, do Gustavo Cerbasi
  5. Maio: O milionário consciente
  6. Junho: O homem mais rico da Babilônia
  7. Julho: Dinheiro, do Tony Robbins
  8. Agosto: Pai rico, pai pobre
  9. Setembro: Quem pensa, enriquece – o legado, Napoleon Hill
  10. Outubro: Os segredos da mente milionária
  11. Novembro: Os segredos dos homens mais ricos do mundo
  12. Dezembro: Criação de riqueza, do Paulo Vieira

Se você acessar e comprar algum livro pelos links acima, você também ajuda o Vida Organizada a ganhar uma pequena comissão em cima da venda, o que contribui com a nossa produção de conteúdo gratuito por aqui. Agradeço antecipadamente. <3

Na última semana de cada mês, vou publicar uma resenha do livro no meu canal, caso você queira se programar para ler comigo.

Meu perfil no Skoob se quiser acompanhar as minhas leituras como um todo.

Você já leu algum desses livros? O que achou?

Se não, pretende ler algum deles? Comenta aqui pra eu saber, se você quiser! Obrigada!

Categoria(s) do post: Ferramentas de organização, Vida Organizada, Diário

Sim, ainda é possível usar agenda de papel. Isso não é demérito algum e muitas pessoas preferem usar ferramentas analógicas justamente para terem um momento de desconexão no dia a dia, especialmente no que diz respeito ao manejo da rotina.

Por isso, trouxe neste post como eu organizaria a minha vida se eu usasse uma agenda de papel hoje em dia:

Se for feriado, como no caso acima, você pode fazer um círculo vermelho em volta do número do dia para sinalizar.

Naquela parte de cima, onde temos informações sobre o dia da semana, você pode inserir informações que considere úteis, como a fase da lua, mood (como se sentiu), previsão do tempo e o que mais achar interessante.

A página do dia em si pode ser dividida em duas colunas. Dividi a lápis. Do lado esquerdo, onde estão os horários, você pode inserir os compromissos que precisam ser realizados em horários específicos. Como esse modelo de agenda que usei para o post vai só até às 20h, caso você tenha compromissos depois desse horário, pode valer a pena escolher uma agenda que tenha mais horários ou então simplesmente personalizar com seus melhores horários ali do lado.

Se você gosta de usar a agenda do Google, por exemplo, a agenda de papel ainda assim pode ser útil para você para fazer um registro / log de tarefas concluídas, por exemplo, diário ou registros gerais (de finanças, por exemplo, ou hábitos).

Na coluna da direita, você basicamente vai inserir ações. Ações pontuais, que precisam ser feitas uma única vez naquele dia, e ações recorrentes, que precisem ser realizadas outras vezes, em diferentes frequências. Você também pode usar um post-it para ações recorrentes se preferir, pois assim basta mudar de página quando concluir no dia em questão.

Eu usei ícones diferentes apenas para dizer que as informações de categorias diferentes, mas você pode usar os mesmos, se quiser, ou até criar os seus.

Na parte de baixo, você pode escrever observações sobre o seu dia em questão, se as tiver e, no rodapé da página, pequenos lembretes.

Vale dizer que, se quiser planejar compromissos ou ações, minha recomendação é que você faça a lápis, até mesmo para diferenciar do que está efetivamente agendado e também tornar mais fácil apagar, se tiver que.

Espero que o post tenha sido útil. Comenta aqui embaixo se você usa agenda de papel e qual sua experiência com o modelo? Obrigada!

Categoria(s) do post: Novidades

No final de 2014, pela primeira vez eu realizei esse workshop presencialmente para 30 pessoas em uma sala em São Paulo. Em janeiro 2015, nós tivemos mais duas turmas cheias, com mais de 50 pessoas cada, para a continuação desse mesmo workshop e, certamente, se eu tivesse feito outras turmas, elas também teriam acontecido com mais pessoas porque havia demanda.

O fato é que o mundo ficou online e desde 2018 eu venho transformando esse curso em um método, que em 2020 se tornou um curso de organização muito completo, que é o curso do Método Vida Organizada. No entanto, revisando esse material do workshop presencial, me deu muita vontade de refazê-lo naquele formato, desta vez online. Para não “concorrer” com o meu curso principal, que é mais completo e pago, ele será ministrado de graça e totalmente online nos dias 26, 27, 28 e 29 de janeiro, com aulas às 20h, para quem puder participar (as aulas só ficam gravadas depois dessa data para os alunos do curso pago).

Saiba mais sobre o workshop e inscreva-se aqui. É necessário se inscrever porque as aulas não serão públicas – serão enviadas por e-mail. Tivemos alguns problemas fazendo as aulas publicamente (invasão, spam, entre outros) e por isso tomamos essa decisão. Dessa maneira, apenas quem realmente estiver interessado poderá participar. Nossa equipe também vai conseguir mensurar quantas pessoas serão estimadas para podermos nos preparar.

Estamos preparando esse material com muito carinho como parte do nosso Mês da Organização aqui em janeiro (todo ano fazemos um evento neste mês!) e espero que ele seja a alavanca que faltava para você se organizar em 2021 ou aprimorar o seu processo já iniciado de organização com foco em uma rotina tranquila. Até lá!!

Categoria(s) do post: Linkagem

Nossa tradicional linkagem de domingo ficará mais “turbinada” a partir de 2021. Além de trazer textos, vídeos ou links diversos que eu vi ao longo da semana, vou trazer também um resumo dos conteúdos publicados nos outros canais do Vida Organizada e divulgar a programação da semana seguinte. Como tenho feito muitas lives e eventos, penso que pode ser útil para quem estiver planejando sua semana no domingo. Espero que goste. 

Rolou no blog:

No YouTube:

  • Esta semana eu relembrei este vídeo clássico do Prof. Clóvis sobre reclamar de ler livro difícil.
  • Seiti Arata publicou um vídeo diferente, sobre como focar no desenvolvimento pessoal apenas pelo desenvolvimento em si pode ser algo esquisito.
  • Minha amiga psicóloga recomendou este artigo sobre como combater a procrastinação e eu trago aqui para vocês.
  • Ótima reportagem do Globo Repórter sobre dieta detox no Ayurveda (mas pelamor, não coloquem óleo de gergelim torrado na comida no prato, blergh!).
  • LIVE maravilhosa do Matheus sobre como perder peso com o Ayurveda. Ele traz vários pontos fundamentais que vão na raiz do problema.
  • A gente aqui em casa adquiriu um novo vício na quarentena, que é ficar vendo walking tours no YouTube. Para você entender do que se trata, veja este de Santorini. Tem vááários.

Nossa programação da semana será bastante agitada! Espero que em algum desses momentos você consiga acompanhar ao vivo. <3

Nossa tradicional agenda de lives às 18h no YouTube continuará a todo vapor! Esta semana teremos a Mentoria com uma aluna, a Bianca, na segunda às 18h, no YouTube. Na terça, um bate-papo com a Carol do canal Parece Óbvio, sobre minimalismo como meio. Na quarta, aula no YouTube de Introdução ao Notion (imperdível). Quinta, nosso tradicional Chá com a Thais respondendo perguntas dos alunos e da audiência sobre organização e produtividade. E, na sexta, nosso happy hour com um tema surpresa que vou revelar esta semana!

A partir de amanhã, e até o dia 22/1, teremos LIVEs diárias de manhã, às 8h, que acontecerão simultaneamente tanto aqui no Insta quanto no YouTube e no Facebook, sobre a jornada da rotina tranquila. ESSAS LIVES NÃO FICARÃO GRAVADAS porque a ideia é proporcionar uma imersão para quem puder estar ali ao vivo comigo. Elas serão disponibilizadas aos alunos do meu curso como bônus apenas. Você pode participar ao vivo se quiser, de segunda a sexta, nesta semana e na outra.

Outra iniciativa é um bate-papo diário com alunos ou inscritos aqui no Instagram para tirar alguma dúvida de organização ou produtividade que tenha, às 11h, de segunda a sexta pelas próximas duas semanas. Essas LIVEs também não ficarão gravadas.

As LIVEs das 18h ficam sempre todas gravadas, pelo menos por enquanto.

Nos próximos dias vou divulgar certinho diariamente o que está acontecendo e você pode acompanhar no seu tempo, dentro das suas possibilidades!

Lembre-se que tudo isso é um aquecimento para o nosso grande workshop Organize-se em 2021 que acontecerá nos 26, 27, 28 e 29 de janeiro, às 20h (mudamos o horário a pedido dos inscritos). Link para se inscrever gem http://bit.ly/organize2021

Não tem desculpa para não se organizar este ano! Vamos juntas/juntos?

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Diário da Thais

Uma leitora do blog me pediu para escrever sobre esse tema. Ela disse que gostaria de aproveitar suas férias para adiantar algumas coisas da faculdade, já que quando está em ano letivo é muito difícil conciliar o trabalho com os estudos. Eu passei por isso na época da faculdade, depois na pós, no mestrado, então sei o quanto é difícil. Vou comentar o que estou fazendo antes do início do doutorado (mesma situação) e dicas para melhorar esse processo.

Pode parecer clichê o que vou dizer, mas aproveite as férias para descansar. Por mais leituras que você precise fazer, por mais que você tenha que escrever um TCC, faça isso, mas descanse igualmente. Não perca essa oportunidade de descansar a mente para conseguir voltar às aulas com uma qualidade melhor de energia.

Eu, no momento, tenho priorizado meu descanso, e me perguntei: como posso curtir essa preparação sem afetar a minha rotina, de modo que eu consiga descansar também? Talvez seja uma pergunta que você queira se fazer. A resposta vem!

Eu quis adiantar algumas leituras de livros clássicos das ciências sociais porque eu mudei de área do mestrado para o doutorado, então quero melhorar minha base teórica. Minha professora orientadora também sugeriu alguns, então criei uma organização básica com as leituras que quero fazer antes do curso começar. Dividi o número de páginas pela quantidade de dias e tenho uma média diária a seguir (não obedecer).

Penso que, se é possível adiantar algo nas férias, são essencialmente as leituras. Nada tende a acumular mais do que leituras e não há limites para o aprofundamento do conhecimento. Você também organizar ou reorganizar seus arquivos de referência, tanto em papel quanto digitais, e também suas pastas de e-mails. Digitalizar a papelada. Organizar seu cantinho de estudo em casa, garantir que tem todos os suprimentos necessários. Penso que sejam boas ideias para suas férias da faculdade. 😉

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Roupas

Eu gosto de usar a técnica do armário-cápsula para organizar o meu guarda-roupa. A adaptação que faço é criar uma cápsula de peças para um período de tempo em que ela faça sentido para mim – não necessariamente por estação, mas uso as estações como direcionamento. Ultimamente, tem feito sentido organizar por mês e, para quebrar um pouco do tédio do looping da quarentena, eu achei divertido estabelecer um tema para cada armário! O último que fiz e postei no blog 1 mês em Paris. Entre novembro e dezembro fiz 1 mês na Toscana, rsrsrs, mas não deu muito certo porque choveu e fez frio, então tive que usar outras peças. Para janeiro, o tema é Santorini, na Grécia.

Só para reforçar, caso eu não tenha escrito com clareza: eu não vou viajar! Estamos em uma pandemia ainda! Mas justamente para trazer um pouco de criatividade, leveza e humor para o dia a dia, eu estou fazendo isso com o meu guarda-roupa.

Santorini é essa cidade na Grécia com céu e mar com um azul estonteante e as casas na costa todas branquinhas, com toques coloridos, especialmente o amarelo! Por conta disso, a paleta de cores do armário ficou fácil. Optei por azul marinho, azul royal, azul jeans, amarelo, bege (areia) e branco.

Depois disso, fiz uma análise geral de todas as minhas roupas separando as peças que eram dessas cores mas que também combinassem com o clima (calor e chuva, janeiro em São Paulo) e com o estilo da cidade (praiana, então listras e referências náuticas são bem-vindas).

Na sequência, usei como referência a orientação da querida Ana Soares sobre buscar ter uma parte de baixo que combine com pelo menos cinco partes de cima. Se essas cinco partes de cima combinarem com outras partes de baixo escolhidas, ainda melhor! Significa que o armário está combinando bem. Claro que não é uma obrigatoriedade, mas é uma orientação mesmo que me ajuda a pensar sobre quantidades e necessidades.

Eu separo as peças que compõem o armário e elas serão organizadas em uma parte mais acessível do guarda-roupa, para ficar fácil de manusear no dia a dia. As peças da estação, mas que não foram “selecionadas” para a cápsula, ficam guardadas em outra porta do guarda-roupa, ainda acessível, porém não tão visíveis (em caixas de tecido). E as peças de outra estação completamente oposta (peças pesadas de frio) ficam guardadas na parte de cima do guarda-roupa, o famoso “maleiro”.

Partes de baixo:

  • 3 calças jeans: uma pantacourt escura larguinha, uma calça reta mais clara e uma calça pantalona de cintura alta jeans escuro.
  • 1 calça de linho bege pantacourt.
  • 1 calça de algodão branco pantacourt.
  • 2 bermudas jeans (uma clara mais surrada e uma mais escura, com um laço na cintura).
  • 1 bermuda bege de alfaiataria.
  • 1 short de sarja branco.
  • 1 macacão bege.
  • 1 kaftan curto com as cores da cartela.
  • 1 vestido branco de sarja e botões.
  • 1 vestido de malha nas cores da cartela.

Parte de cima:

  • Camisetas brancas.
  • Camisas brancas.
  • Camisa jeans.
  • Cardigan bege.
  • Suéter marinho de lã fininha.
  • Suéter listrado de lã fininha.
  • Regatas variadas (brancas, estampadas).
  • Blusinhas estampadas nas cores da cartela.
  • Camisetas listradas.
  • Camiseta azul marinho.

Calçados:

  • Sandália tipo Birken amarela e outra bege.
  • Havaianas branca (off-white).
  • Sandália de dedo de palha com pedrarias azuis.
  • Mocassim caramelo.
  • Sandália em tons variados de bege (de tiras).
  • Tênis branco.

Já estou usando essas peças há alguns dias e a escolha foi muito acertada, pois até agora atendeu absolutamente todos os climas e temperaturas feitos em São Paulo, desde os dias desérticos até os dias de chuva com vento frio.

Você já usou essa proposta de armário-cápsula? Tem alguma dúvida? Deixe um comentário, se quiser. Obrigada!

Categoria(s) do post: Diário da Thais, Livros

Eu li 51 livros em 2020 – tirei duas semanas de recesso no final do ano quando eu poderia ter terminado as duas leituras para completar 53 (e ter um livro lido por semana), mas acabei não lendo e descansei. Não me importo tanto com essa meta a ponto de deixar de ser prazeroso ler os livros, mas ela é um indicativo legal do quanto estou finalizando as leituras, por isso gosto de sempre analisar.

E também registro no Skoob, e não no Good Reads, como já expliquei algumas vezes, pois quando iniciei essa catalogação, por volta de 2009 ou 2010, o Good Reads quase não tinha livros cadastrados em português, então o Skoob foi mais fácil, e mantive desde então.

Livros de produtividade que li:

Li muitos livros de saúde, ayurveda e budismo, até refletindo a minha área de foco para o ano (espiritualidade) e o quanto eu estava focada na minha saúde.

Algumas leituras foram muito importantes para mim durante a quarentena e acredito que ainda sejam boas recomendações para esse momento:

Esse último, inclusive, penso que tenha sido o livro mais importante do ano para mim. Ele me trouxe uma visão diferente do Budismo (é de outra tradição) e isso foi muito enriquecedor em diversos aspectos.

Você teve alguma leitura preferida em 2020? Como foi o seu ano, em termos de leituras? Comenta aqui, se quiser. 😉 Obrigada.

Categoria(s) do post: Mensal

Leia: Planejamento 2021 para uma visão mais abrangente do meu ano e Planejamento Trimestre 1, 2021, para uma visão geral do trimestre.

Neste post, vou compartilhar como fiz o planejamento de janeiro. Sim, ele é feito com base no planejamento do trimestre, acrescentando outros elementos que só fazem sentido na visualização mês a mês.

No planejamento 2021, tenho uma database com todos os meses do ano.

Clicando em janeiro, abre a página do mês.

Começo com uma frase que gosto de ler todo mês. Enquanto ela ainda fizer sentido, vou copiar e colar mês a mês. 🙂

Depois, vem a database de Projetos, filtrada pela propriedade Big Rocks – Janeiro 2021.

Se você reparar, é exatamente o mesmo esquema que eu fazia no Bullet Journal, anteriormente.

Ou seja, não importa a ferramenta, mas sim seu processo pessoal, o método, o raciocínio. Eu fazia antes no Bullet Journal, agora faço no Notion.

Mais para baixo (assim como eram as páginas seguintes no Bullet Journal), eu tenho outras informações que, para mim, são importantes de serem revisadas mensalmente.

Check-in, que é a análise da minha roda da vida feita no primeiro dia do ano, justamente para saber como estou entrando naquele mês mesmo. Eu costumava fazer desenhada mas, desta vez, fiz usando este site, que me dá uma versão online bonitinha.

Eu gosto de fazer essa análise mês a mês porque me permite refletir sobre por que não dei nota 10 em determinadas áreas. Elas podem até estar indo bem, mas de certa maneira têm me preocupado. Por quê? Refletir sobre essas perguntas é essencial para eu me entender, definir projetos, trazer soluções que vão deixar a minha rotina – e a minha mente – mais tranquilas.

Criei um Mood Tracker desta maneira para testar e ir marcando diariamente. A ideia é ir fazendo um registro de como me senti ao longo dos dias do mês. Em fevereiro eu vejo se vale mais a pena manter um mesmo database com filtros ou criar um novo.

Na sequência, um Habit Tracker. Aqui eu coloco o que faz sentido no momento, coisas que são importantes para mim, para que eu possa fazer esse acompanhamento. São basicamente hábitos de saúde que quero manter.

Na sequência vem o dabatase de limpeza detalhada da casa, que eu ainda não tenho muita certeza se vou deixar em aberto sempre, ou se a propriedade “feito?” pode ficar por mês (pode ser uma boa). Em fevereiro decido. 🙂 Por hora, vou usando para janeiro.

Na sequência, tenho um painel semelhante com reuniões e conversas que preciso agendar este mês. Não preciso colocar o print aqui porque todos são mais íntimos e não faria sentido mostrar tudo com tarja. rs Mas é semelhante ao database acima, só com o nome das pessoas ou da reunião e uma propriedade de “agendado?”.

Aí vem a parte de finanças. Em vez de usar uma planilha no Google Drive, pela primeira vez vou tentar fazer no Notion. Vamos ver.

Gosto de pagar as contas do mês tudo de uma vez no primeiro dia do mês mas, como em janeiro é feriado, ficou para o dia 4 (segunda). Coloquei qual a conta, a data de vencimento (para controle geral aqui, mas também está no calendário – agenda do Google), se foi paga, valor previsto e valor real (consigo ver quanto economizei ou quanto gastei a mais no final do mês). Também coloco se é receita ou despesa, o tipo (fixa ou variável) e a categoria (lazer, saúde, educação etc).

Tenho uma planilha para as finanças como pessoa física e outra para as finanças da empresa (como pessoa jurídica).

Compras do mês, de lugares onde compro apenas uma vez por mês, todo mês, se necessário:

Eu faço tudo isso no primeiro dia do mês, ok? E, se não conseguir, ou não puder, eu simplesmente defino a ação e coloco no meu Todoist ou agenda do Google, dependendo da natureza da ação.

Por fim, eu crio um link (bookmark) para os painéis de planejamento de conteúdo que tenho Trello em “calendário editorial”, e tá tudo certo.

Eu reviso sempre o planejamento do mês para planejar cada semana. 🙂

Faço o planejamento do mês seguinte por volta do dia 15 de cada mês e, no dia 1, reviso e faço reajustes.

Se tiver alguma dúvida sobre esse planejamento, pode deixar um comentário. Obrigada!

Categoria(s) do post: Trimestral

Leia: Planejamento 2021 para uma visão mais abrangente do meu ano.

Neste post, vou compartilhar como fiz o planejamento do primeiro trimestre do ano.

Com base no planejamento anual, eu reflito sobre o que faz sentido concluir ou avançar no primeiro trimestre. Posso concluir projetos inteiros, assim como posso concluir partes de projetos maiores.

Eu faço esse planejamento mais ou menos na metade de cada trimestre, o que significa que, no meio de fevereiro, farei o planejamento do segundo trimestre do ano, que será reajustado na virada de um tri para o outro (final de março).

O mais importante dos planejamentos é a revisão regular e em épocas apropriadas. Não é pra revisar tudo o tempo todo, só o que precisa, senão a gente perde mais tempo planejando e revisando do que efetivamente fazendo.

Página do ano no Notion:

Database dos trimestres:

(veja mais no post anterior que publiquei sobre o planejamento de 2021)

Abrindo a página do primeiro trimestre, eu tenho dois databases: projetos e objetivos de curto prazo.

Eu coloco um filtro no de projetos para que ele me mostre apenas os projetos planejados para o primeiro tri.

Ou seja, é o mesmo database geral de Projetos, mas me mostra apenas o que eu determinei planejando para o primeiro trimestre de 2021. Isso é uma propriedade dentro dos projetos.

Por enquanto eu não criei a propriedade de todos os trimestre. Para mim, basta colocar que o ano de conclusão estimada é 2021, e vou planejando trimestralmente.

Embaixo da database linkada dos projetos fica a database linkada dos objetivos, igualzinho, mas sem filtro, pois gosto de ver todos os objetivos de curto prazo quando entro no planejamento do trimestre.

Vale sempre uma reflexão sobre cada um dos objetivos para amadurecer se são realmente objetivos, se são projetos para o ano, se são hábitos ou resoluções. É o que faço aos poucos. Pretendo publicar um post com essas reflexões. 😉

Para finalizar o planejamento do trimestre em si, eu penso: o que, desses projetos, ou como parte deles (e dos objetivos), eu posso fazer em janeiro? Essas serão as “big rocks”. Falarei em um próximo post. 🙂 Leia mais sobre big rocks aqui, enquanto isso. 🙂

Se tiver alguma dúvida sobre o meu planejamento do trimestre, deixe um comentário. Obrigada por estar aqui!

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Resumo / Programação Semanal

Nossa tradicional linkagem de domingo ficará mais “turbinada” a partir de 2021. Além de trazer textos, vídeos ou links diversos que eu vi ao longo da semana, vou trazer também um resumo dos conteúdos publicados nos outros canais do Vida Organizada e divulgar a programação da semana seguinte. Como tenho feito muitas lives e eventos, penso que pode ser útil para quem estiver planejando sua semana no domingo. Espero que goste. 😉

Rolou no blog:

No YouTube:

  • Cena excluída da última temporada de The Office, com o Dwight, que fez o meu ano novo começar com um sorriso no rosto. <3
  • Muitos de vocês me pedem um vídeo de introdução ao Notion, e pretendo fazer no canal ainda este mês, mas quero compartilhar o vídeo feito pelo Thomas Frank sobre como montar uma lista de tarefas completaça na ferramenta. O vídeo está em inglês mas dá para acompanhar pelo que ele faz na tela. Muito completo e, para mim, definitivo sobre o tema. Mas, é sempre importante lembrar que ele mostra todos os recursos, e não que tudo é obrigatório. O Notion tem tanta coisa que pode tender ao microgerenciamento, então apenas fique ligado/a para que não aconteça com você. Dá pra montar uma página simples de tarefas também se você preferir.
  • Para quem vem me perguntando sobre o Click Up, aqui um bom vídeo (também em inglês, mas que também dá para ver pela demonstração na tela) um vídeo da Mariana demonstrando a ferramenta. Não me apeteceu fazer testes por enquanto. 😉
  • É muito interessante ver outras pessoas percorrendo a mesma curva de pensamento que você já percorreu e chegando às mesmas conclusões que você. Eu também pensava como o Ali e cheguei à mesma conclusão que ele há algum tempo. Bom vídeo. (novamente em inglês)
  • Só para compartilhar essa receita facílima de torta de maracujá vegana que eu fiz no ano novo e ficou ótima.
  • Ótimo vídeo da Carol sobre valorizar o próprio tempo.
  • A ideia de um painel de visualização com as coisas que você quer para o seu ano novo. Deu vontade de fazer um no Pinterest. 😉 O vídeo está em inglês mas dá para pegar a ideia vendo as imagens, se você puder.
  • Vídeo interessante da Nathalia Arcuri sobre a organização mental que você precisa ter se quiser investir em ações. O Thiago Nigro publicou um vídeo com as ponderações semelhantes. Vale a pena.

Segunda, 4/1
18h: Mentoria com aluna do Método Vida Organizada – Pamella Simioni
Link

Terça, 5/1
18h: Curadoria de amigos, com Luca Azevedo
Link

Quarta, 6/1
18h: Aula online – Minha versão final do Planejamento 2021
Link

Quinta, 7/1
18h: Chá com a Thais – perguntas e respostas
Link

Sexta, 8/1
18h: Happy-hour do Vida Organizada – Favoritos 2020 das Tutoras do MVO
Link

Plus: Domingo, 10/1
10: Clube do Livro do GTD, início do Capt. 6 Esclarecer
Link

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.