Categoria(s) do post: Armazenamento, Comida, Veganismo

Eu tenho uma estante aberta na minha cozinha onde organizo parte da despensa.

Sempre que posto alguma foto dela no Instagram, recebo algumas perguntas sobre ela acumular pó etc. Hoje eu reorganizei meus frascos e queria compartilhar então como funciona na prática.

Sobre acumular poeira ou ficarem engordurados. Não fazemos frituras em casa, então não ficam engordurados. De qualquer maneira, também não ficam empoeirados porque o que eu deixo nessa estante, mesmo nos potes, são alimentos que uso praticamente todos os dias. Quando pego algum deles, sempre verifico 1) o prazo de validade e 2) dou uma limpadinha com um pano úmido. Assim, eles sempre ficam limpos. Uma vez por semana, aquela coisa: tira todos da estante e limpa a base de cada prateleira.

Os frascos servem para armazenar itens que foram abertos, especialmente cereais, leguminosas e especiarias.

Tenho uma prateleira onde coloco as compras que ainda vou abrir e depois armazenar corretamente. De modo geral, estou tentando cada vez mais não consumir coisas em pacotes e saquinhos plásticos, mas ainda não alcancei isso em 100% dos casos.

Eu também dedico um nicho no armário fechado para armazenar os frascos vazios e lavados, para que estejam sempre à mão quando eu precisar. De modo geral, se abro um pacote, quero armazenar em um vidro fechado, para evitar bichinhos, umidade etc.

Frasco é uma coisa cara, então compro aos poucos. Também reaproveito sempre que possível – vidros de palmito, por exemplo.

Eu já liguei mais para a padronização das etiquetas. Hoje até prefiro que cada vidrinho tenha uma cara, pois traz um ar rústico, aconchegante, de trabalho prático mesmo e não de perfeição. Logo, tem vidrinhos com etiquetas bonitinhas, outros em que escrevo com caneta, e muitos em que eu simplesmente corto da embalagem e colo com fita adesiva.

Para isso, deixo sempre uma tesoura multifuncional na cozinha e uma fita adesiva transparente. No dia a dia, quando abro alguma embalagem, eu passo para o frasco e recorto tanto o nome quanto a data de validade e colo no vidrinho.

Eles são usados todos os dias. Então não são apenas decoração, acumulando poeira. Por isso faz sentido ficarem em estante aberta.

Desde que me tornei vegana, há quase um ano, tenho cozinhado muito mais. Com a implementação do Ayurveda, cozinho todos os dias – às vezes, três vezes por dia. Então precisa ser prático para mim, e esse é um formato que funciona bem para todos nós aqui em casa (meu marido também cozinha). Funciona para nós. Não ligo tanto para a padronização, mas para a praticidade e a sustentabilidade.