Plenitude & Felicidade, Equilíbrio emocional, Vida

Mapa “Quem sou eu”

Eu tenho um mapa mental no Mind Meister onde armazeno todas as informações que vou descobrindo com o passar dos anos a meu respeito.

Para quem me conhece de outros carnavais, esse mapa diz respeito a referências que a gente encontra em: horizonte 5 do GTD, mapa do tesouro, mapa de referência, mapa pessoal etc. Todos são formatos que se enquadram na mesma natureza deste mapa que, no momento, estou chamando de “quem sou eu”.

Ao contrário do mapa das áreas da vida, este é um mapa mais profundo, mais ligado ao meu eu interior, que fala de aspectos mais elevados da minha humanidade.

De vez em quando eu sinto uma necessidade de revisitá-lo. Ou para me inspirar, ou para me reencontrar. Ele também me ajuda em épocas mais difíceis ou quando tenho que tomar alguma decisão complexa. Se for para definir um propósito para ele, diria que é um mapa de reconexão. É isso aí.

Obviamente ele não fica completo nunca. E a ideia é que você faça uma primeira versão e, com o passar do tempo, dos anos, vá aperfeiçoando. Sem pressa. Não existe pressa no autoconhecimento.

Não dá para abrir e mostrar todas as informações porque elas são bem pessoais, mas algumas coisas me sinto à vontade para compartilhar:

Sinceramente: se você não tem algo similar, recomendo fortemente que o faça. É um mapa incrível de autoconhecimento que me ajuda a me entender, a levar questões para a terapia (e anotar muita coisa aprendida nas sessões!), a tomar decisões na vida pessoal e profissional, enfim, realmente acho importante ter. Comece devagar, mas vá mantendo, revisando de tempos em tempos, seja o formato que for. Foi bastante significativo, para mim, revisar nesse momento em que estamos vivendo.

Por exemplo, revisar minha lista de filmes preferidos me deu vontade de reassistir alguns deles. Livros, mesma coisa. Revisitar os meus valores me fez refletir sobre como tenho lidado com algumas lições difíceis no momento. Enfim, apesar de ele ser uma ferramenta de reflexão, tem aplicação muito prática também.

27 Comments

  1. que ideia maravilhosa, Thais. nunca tinha parado pra pensar em algo assim… simples e prático!

    vou pegar a sua dica de ‘começar devagar’ e ir construindo aos poucos. <3

  2. Muito legal, Thais. Vou fazer o meu.

  3. Quanta gentileza compartilhar isso conosco, nesse momento de inflexão e catarse que a vida nos colocou. Gratidão.

  4. Oi, Thais! Você viu que o seu livro “Vida Organizada” saiu referenciado na nova edição da ABNT 6023 de 2018? rs

  5. Verônica says:

    Que legal, Thaís! Só uma dúvida, todos esses horizontes do GTD, que eventualmente você comenta por aqui e no youtube, são explicados no livro A Arte de Fazer Acontecer? Muito obrigada <3

    1. Sim. O livro é livro-base do método. 😉

  6. Thais, você coloca nesse mapa, também, coisas não tão legais sobre você? Por exemplo: tenho depressão, há anos, e, embora não ache que essa condição vá mudar (pode ir e vir, melhorar e piorar, etc.) e ela diga bastante sobre quem eu sou… fico pensando se “marcar” isso no mapa ficaria como um estigma a carregar.
    Acho que depende de como encaramos, né? Pode ser um “ponto a melhorar” no mapa, quem sabe…

    1. Sim, está em “pontos a melhorar”. Se eu não estiver legal nem vejo essa parte, mas me ajuda bastante a levar os temas para a terapia.

      1. Thais, você recomenda algum outro app de mapa mental gratuito, só para ir pegando o jeito da coisa? Busquei o MindMeister, achei-o muito bom mas é pago… Obrigada

        1. Você pode criar até 3 mapas nele gratuitamente. Existem outras ferramentas, como o Free Mind, que geralmente o pessoal usa. 😉

  7. MILENA MARINHO says:

    Boa noite, Thaís! Qual ferramenta você utiliza para criar este mapa? Gratidão.

    1. Oi Milena, é o Mind Meister. Está escrito no primeiro parágrafo do texto. 🙂

  8. muito legal! vou fazer um mapa mental assim tambem. Eu tenho um quadro que chamo de mapa biografico onde coloco os itens mais significativos da minha historia em quadrados de 5 em 5 anos. Mas funciona mais como uma linha do tempo.

  9. MichelleZ says:

    Que legal, Thaís! Exatamente o que eu estava precisando! Obrigada por compartilhar

  10. Que post perfeito! Adorei a ideia. Ja uso o Mind Meister por recomendacao sua, e tem me ajudado muito a me organizar. E esse uso novo e’ demais! Obrigado por compartilhar =)

  11. Dora Leandro says:

    Adorei a ideia, quero muito trabalhar o meu auto-conhecimento. Obrigada por toda a inspiração que trazes para a nossas vidas. beijinhos

  12. Mariana Soares says:

    Oi Thais, muito obrigada por compartilhar este conteúdo! Isso me inspirou a fazer em formato de mapa mental pq tenho muitas destas informações em listas espallhadas por aí.. assim é tão mais fácil de visualizar! Muito obrigada!

  13. Super obrigada por esse post! Me inspirou a tomar coragem e fazer o meu 🙂

  14. Camila H. says:

    Oi Thais, adorei a ideia. Já fiz o meu. Obrigada por compartilhar! 😉

  15. Ideia ótima! Vou começar o meu… aos pouquinhos, sem pressão, e ir construindo. Obrigada por compartilhar! 🙂

  16. Obrigada mais uma vez, Thais! É sempre muito bom ver teus exemplos, sempre fica mais fácil de pensar sobre mim mesma a partir dos teus conteúdos. Me baseei em ti tb para fazer as áreas da vida no MindMeister e foi ótimo ver cada um dos itens no vídeo que fizeste. Aqui não foi diferente! Abri teu post hoje e já comecei a montar meu próprio mapa mental, sobre mim. Sei bem, como disseste, que muita coisa é bem pessoal. Se houver mais algum item que te sintas à vontade pra compartilhar seria muito bom ver mais exemplos de como preencher alguns dos itens. Se não tiver, tudo bem! <3 Já deu pra ter uma ideia e agora é ir construindo com calma e paciência. Um beijo e sucesso!

  17. Thais, você usa a versão paga do Mind Master? Vi que a versão gratuita só permite criar 3

  18. Thiago Soares says:

    Muito interessante.
    Gostei muito.
    Obrigado

  19. Jacqueline says:

    Que ideia maravilhosa!
    Obrigada por compartilhar.

  20. Agatha Alves says:

    Thaís, achei esse mapa incrível e quero fazer. Esse site é confiável para colocar tantas informações profundas e pessoais assim? Confiável no sentido de segurança mesmo no armazenamento e utilização. Beijo

    1. Sempre usei, nunca tive problemas.
      Mas sempre está na Internet. Se você tem medo, faça no papel e não coloque na web. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados