Amor

Dia dos Namorados na Quarentena

Fiquei pensando em como eu poderia trazer um post com ideias para comemorar o Dia dos Namorados mesmo estando em quarentena.

Acredito que seja uma data que algumas pessoas “sintam” mais do que outras, porque geralmente é uma noite que os casais saem para jantar, passear, ou simplesmente ficarem juntos – coisas inviabilizadas durante a quarentena. Quem é casado ou mora com suas respectivas companhias tem uma vantagem.

Não consigo pensar em nada diferente a não ser celebrar que estão juntos. Um dia com demonstrações de carinho, respeito, conversa, fazerem o que gostam juntos, e isso é muito particular de casal para casal.

Quem não mora junto pode mandar entregar um presente ou uma cesta de namorados, por exemplo – vi várias empresas fazendo promoções disso esta semana.

Quem mora junto pode pedir um delivery ou, minha sugestão, cozinhar juntos! Particularmente eu adoro essa interação que existe na cozinha quando as pessoas cozinham juntas, sejam casais ou não, porque é um momento de parceria, de criatividade, de intimidade.

Escolham alguma receita que nunca fizeram, para tentar algo diferente, ou escolham aquele prato que é o preferido. Se forem de vinho, abram um vinho. Conversem, fiquem juntos, relembrem coisas felizes da vida.

Para quem tem filhos menores, minha recomendação ainda assim é trazer essas demonstrações para o dia a dia, pois não conheço uma única criança que não fique feliz vendo que seus pais estão bem. Isso vale para todos os dias, não apenas o Dia dos Namorados.

Sinceramente, acho que tudo se resume ao estilo de vida maior que a gente está construindo através de uma vida organizada e que traz coerência e tranquilidade a todos os dias e datas comemorativas. <3

3 Comments

  1. muito fofo thais! eu e meu namorado iremos cozinhar uma peixada juntos, tomando um bom vinho branco e fumando um bom skunk! rsrsrs beijos

  2. Que post legal Thais! Já faz tempo que eu e meu marido preparamos algo bem nosso aqui em casa mesmo. Restaurantes cheios nunca nos agradou. Obrigada pela mensagem!

  3. Evelyn Dos Santos Mata says:

    Há dois anos tomamos a decisão de passarmos em casa… em 2018 nosso filho tinha próximo de 1 ano e não acreditava ser viável levar para passar a noite fora em restaurantes lotados. Ano passado eu escolhi fazer um jantar intimista a dois, porém as crianças não dormiram e queriam comer conosco, super válido! Foi delicioso… fiz uma tábua de frios, um macarrão ao molho de camarões e de sobremesa um fondue que foi a sensação da filha em mergulhar os churrinhos no doce…

    Esse ano não tinha me animado para nada. Ontem encomendei de sopetão uma lingerie bonita, tirei as louças e compus uma mesa mais romântica, pedi hamburguer mais cedo para as crianças (minha enteada tb estava aqui) e eles acabaram comendo e deixando que ficassemos a vontade… e então fiz um filé com arroz a piamontese, a sobremesa e a entrada já estavam prontas, pus uma música, o vestido que meu esposo mais gosta em mim, me maquiei (coisa que DESDE O INICIO da quarentena não fazia hehe) e ficamos horas conversando, rindo, namorando mesmo… coisa meio rara para pais com crianças em casa… <3

    Foi melhor do que sair pra enfrentar lugares cheios como em anos anteriores rsrs Celebrar o amor <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts mais acessados