Curtindo a casa

60 ideias de atividades para fazer em casa (só se você quiser)

Em tempos de quarentena e isolamento social, muitas vezes queremos apenas dar um tempo e ficar sem fazer nada em casa. No entanto, quando o tédio aparecer, ou der vontade de fazer algo, acredito que valha a pena ter um banco de ideias – muitas delas que eu mesma estou fazendo. Este é o propósito deste post.

  1. Telefonar para amigos e parentes. Um por dia.
  2. Jantar, almoçar, fazer um happy-hour à distância com alguém através de uma ligação de vídeo.
  3. Fazer um tour virtual por lugares que disponibilizam essa opção. Você pode usar desde o Google Streets (no Google Maps) até sites de museus. O Rijksmuseum, de Amsterdam, por exemplo, tem tour virtual. Aqui no Brasil, o MASP tem. Outros também. 😉
  4. Assistir vídeos fofinhos de animais no YouTube.
  5. Maratonar alguma série na Netflix ou assistir filmes diversos. Tem Amazon Prime, HBO Go, NOW, YouTube Premium, entre outros.
  6. Fazer algum tour virtual em parques nacional. O Google Arts & Culture mostra quais estão disponíveis.
  7. Apoiar comércios locais e pequenos produtores conversando com eles e fazendo pedidos ocasionalmente, sempre que necessário.
  8. Preparar uma receita nova em casa usando algum vídeo tutorial no YouTube. Tem tantos legais! Basta buscar a receita na busca do site.
  9. Aprender a tocar um novo instrumento ou, se não quiser desenvolver essa habilidade, ouvir música. ler sobre um artista, ouvir os álbuns inteiros, na sequência, para entender a narrativa.
  10. Assistir palestras do TED no YouTube.
  11. Ler. Livros, revistas, coisas que você tiver na sua casa. Quando e se acabar, você pode comprar livros novos, impressos ou em formato e-book.
  12. Zerar seus e-mails. Escrever e-mails maiores para pessoas que você gosta, como se fosse uma carta. Organizar suas pastas no programa de e-mail. Deletar e-mails antigos.
  13. Organizar os arquivos no computador, nos pendrives e HDs externos.
  14. Organizar seus arquivos na nuvem: Evernote, Google Drive, Dropbox etc.
  15. Explorar podcasts disponíveis e “maratonar” algum de seu interesse.
  16. Jogos de tabuleiro em casa, se morar com outras pessoas.
  17. Assistir vídeos antigos.
  18. Organizar fotos e vídeos no seu celular.
  19. Aprender um novo idioma ou melhorar um que você já sabe – até mesmo português. Você já está bem familiarizado/a com a nova gramática?
  20. Se tiver quintal, fazer um piquenique ou acampar.
  21. Explorar os arquivos do seu blog favorito (pode ser este aqui!).
  22. Tirar do papel algum projeto que você nunca teve tempo de planejar.
  23. Dançar! Você pode colocar sua música preferida para ouvir ou buscar tutoriais de dança no YouTube (sim, tem de tudo no YT).
  24. Regular o seu sono. Dormir o suficiente, tirar o atraso. Descobrir quantas horas de sono seu corpo precisa e tentar regularizar o horário. Isso vai ajudar seu metabolismo e aumentar sua imunidade.
  25. Fazer as unhas dos pés e das mãos.
  26. Testar todas as maquiagens que um dia você já comprou e nunca teve a oportunidade de testar makes diferentes. O mesmo vale para cosméticos que você comprou e acabou não tendo tempo de usar.
  27. Fazer máscara facial.
  28. Aprender a fazer uma auto-massagem.
  29. Fazer faxina. Né.
  30. Aprender a meditar. Existem meditações guiadas no YouTube que podem ajudar, além de aplicativos como Headspace, Lojong, Calm e Insight Timer.
  31. Escrever um diário.
  32. Desenhar ou pintar.
  33. Fazer alongamentos ou práticas leves de yoga.
  34. Aprender algum tipo de artesanato utilizando tutoriais no YouTube.
  35. Ler poesia. <3
  36. Fazer limpeza de pele.
  37. Depilação. Pernas, buço etc.
  38. Aprender novas maneiras de arrumar o cabelo.
  39. Aprender novas maneiras de amarrar lenços, usar acessórios, testar combinações de looks que você não teria coragem de usar fora de casa.
  40. Fazer uma lista de tudo pelo que você agradece diariamente. Escrever nela todos os dias.
  41. Compôr uma lista de afirmações pessoais positivas para ler diariamente.
  42. Revisar e atualizar o seu currículo.
  43. Declarar o Imposto de Renda (sim, ainda precisa).
  44. Revisar todos os gastos e despesas atuais para ver o que precisa manter e o que pode ser cortado para diminuir a ansiedade financeira.
  45. Cancelar assinaturas de serviços e aplicativos que você não esteja mais usando ou que não fazem mais sentido nesse momento que estamos vivendo.
  46. Estudar sobre investimentos para ver se faz sentido algum tipo de investimento a médio e longo prazo, como a faculdade dos seus filhos ou a sua aposentadoria.
  47. Renegociar dívidas.
  48. Revisar todas as suas roupas para separar algumas para doação ou venda.
  49. Tirar tudo de dentro do armário da cozinha, limpar e aproveitar para destralhar potes e outros elementos que talvez você não precise mais manter.
  50. Organizar gavetas bagunçadas.
  51. Brincar com seus animais de estimação.
  52. Ler histórias pela Internet, fazendo LIVEs e divulgando para os amigos.
  53. Revisar medicamentos e cosméticos para verificar a validade. Separar para usar mais aqueles próximos do vencimento.
  54. Reorganizar a despensa.
  55. Mudar algum móvel de lugar.
  56. Reorganizar suas estantes e prateleiras.
  57. Lavar tapetes.
  58. Varrer a casa. Terapêutico.
  59. Limpar os vidros de portas e janelas.
  60. Aprender a plantar e desenvolver uma mini-horta (ou horta maior, se você tiver quintal).

Vamos superar. <3

Você também pode gostar...

Posts mais acessados

12 Comments

  1. Sinceramente, minha lista está bem parecida e penso que vamos precisar ampliá-la hein, Thaís :> O fato é que quando já estamos engajados em nossos projetos de felicidade, estamos sempre com uma lista bem generosa e empolgante. Como diz um slogan comercial (espiritual): a vida é agora!

  2. Amanda Lim says:

    “21. Explorar os arquivos do seu blog favorito (pode ser este aqui!).”
    Estou fazendo justamente isso!! Hehe. Escavando todos os posts, tenho aprendido muito aqui, há bastante conteúdo interessante.
    Algumas coisas dessa lista já estou fazendo mesmo, mas muitas eu nem me ligava que podia fazer, por exemplo, as tours virtuais. Irei colocar em prática! Grata pelas ideias.

  3. Dalis Pereira Ferreira says:

    Oi Thais, obrigada por compartilhar tanto conteúdo bom e de graça com a gente, faz tempo que acompanho o seu blog, mas tinha deixado de lado por um tempo, mas agora vou explorá-lo novamente, bjs.

  4. Opções não faltam. Só fica entediado quem quiser!!! Rsrsrsrs
    Tem vários cursos disponíveis gratuitamente agora na quarentena. A Faber Castell disponibilizou vários. São legais pra fazer com a crianças (no caso, a criança grande aqui gostou bastante!!!) Rsrsrs
    Baixei o app do Kindle (não sei como vivi sem isso até outro dia!!!). Estou amando!!!
    E penso que nos dias de hoje, enfrentar esse isolamento é muito mais “fácil” devido a tecnologia. Ótimas dicas. Logo isso passa 💕

  5. Parabéns Taís!!!! Excelente!!!!

  6. AMEI a ideia do happy hour online! Na hora que li já peguei o celular para agendar com duas amigas que conheci no intercâmbio em 2013 e desde então só vi uma delas pessoalmente! Nos falamos quase todos os dias, compartilhamos fotos, vídeos e áudios (cada sotaque gostoso de ouvir!) mas até hoje nunca fizemos facetime!

  7. Uma sugestão extra e um complemento para outra:

    1. Jogar online com os amigos. Baixamos o Mario Kart Tour e o Stopots (jogo de stop) – ambos para celular – e são ótimos para passar o tempo!
    2. Aprender a plantar e desenvolver uma mini-horta (ou horta maior, se você tiver quintal). > Para quem nunca plantou, ou para quem tem pouca paciência para esperar crescer, tem no mercado sementes de micro-greens (microverdes). São as mesmas verduras do dia-a-dia (alface, rúcula…) mas se come bem no início e brotam bem mais rápido. De 7 a 14 dias já estão prontas para comer 🙂

  8. Sim faltou uma das mais importantes “tarefas”. Adotar e incorporar o hábito de escovar os dentes, passar o fio dental e bochecho com antiséptico bucal, diariamente, como seu dentista te ensinou e orientou. Porque todos desconsideram este ponto ? A saúde bucal tem um papel importante na saúde sistêmica de cada indivíduo e também na auto-estima. Devemos incluir está etapa como uma das mais importantes que devemos incorporar no nosso dia a dia . Fico a disposição. Bjs

    1. É que eu acredito que todo mundo já fazia isso independente da pandemia, não???

  9. Thais adorei as dicas!! Algumas já estava fazendo mas seu artigo colocou novas possibilidades de passar o tempo com criatividade. Também adorei a dica dos cursos da Faber Castell enviada pela Úrsula. Tenho trabalhado de casa, mas sempre sobra um tempo para nos aprimorarmos em alguma coisa 🙂

  10. Boa, dei varios “feitos”aqui! E tem algumas dicas bem legais outras não se encaixam pra minha realidade! Obrigado por conpartilhar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *