Saúde

Coisas que eu estou fazendo para cuidar da minha coluna

No ano passado, eu comecei a sentir dores nas costas. Avaliando a minha situação, concluí que não estava cuidando da minha coluna com carinho. Uma amiga massoterapeuta me disse: “a coluna é um dos maiores bens dos seres humanos. Na velhice, ter uma coluna bem cuidada vai fazer toda a diferença. E não só na velhice, hoje também!” Essas palavras me tocaram profundamente e, naquele momento, eu decidi que cuidaria da minha postura com mais carinho.

A primeira coisa foi procurar um ortopedista para verificar que estava tudo ok. Estando, partimos para as próximas ações, que compartilho neste post e que fizeram toda a diferença na minha vida:

Travesseiro

A minha dor era no pescoço. Tem gente que tem dor na lombar, e então a abordagem é totalmente outra. Fique ligada/o! Eu comprei um travesseiro cervical na Amazon e demorei para me acostumar com ele, mas uma vez acostumada, ficou tudo bem!

Basicamente, ele ajusta a minha postura para eu não dormir toda torta. Depois de algumas semanas usando, melhorou demais a minha dor no pescoço, para não dizer que ela desapareceu quase por completo. Fez muita diferença, mas eu diria que é legal você testar! Tem gente que detesta esse formato de travesseiro.

Hoje em dia todo mundo pode ter dores no pescoço especialmente pela postura de ficar mexendo no celular.

Colchão

Já no ano passado eu troquei o nosso colchão porque estávamos com o antigo há quase 10 anos e eu queria trocar por um mais confortável, com pillow-top. Pesquisei, pesquisei, pesquisei e acabei comprando na Tok&Stok (Premium Pocket o modelo). Ele é muito confortável mas eu sinto demais meu marido mexendo a noite inteira. Se você tem sensibilidade com isso, talvez valha a pena procurar um colchão mais estável. Mas, para as costas, ele ajudou muito, pois é firme ao mesmo tempo que é confortável.

Cadeira para trabalhar

Primeiro eu investi no colchão e no travesseiro porque faço questão de ter um sono bom e reparador. Depois, fui para o móvel que eu mais usava no dia a dia: a cadeira de trabalho. Eu já tinha testado várias e a dor continuava. Depois de muito pesquisar e conversar com outras pessoas, comprei uma cadeira gamer na Mobly e estou gostando demais dela!

Ela fica no meu home-office. No escritório, tenho uma anatômica que compramos há cerca de dois anos que também funciona, mas nem se compara!

Colete para correção postural

Quando trabalho em casa, uso esse colete. Não lembro a marca dele. Comprei em uma loja de artigos médicos e ortopédicos. Já vi em lojas assim de shopping e pela Internet – é bem fácil de achar. Acho que ela é um pouco desconfortável mas faço questão de usar porque me corrige quando estou fazendo outras coisas em casa que não sentada na cadeira para trabalhar. É incrível como posso me descuidar da postura sem perceber.

Prestar atenção e sentar direito

Muito das dores que eu sinto no pescoço vem de olhar para trás no carro, virar a coluna de qualquer jeito, sentar torta no sofá etc. Então não tem muita escolha, sabe? É ter consciência corporal, prestar mais atenção mesmo.

Yoga

Praticar yoga duas vezes por dia e fazer alongamentos antes de dormir (na região das costas e do pescoço) me ajuda demais. Não faço nada complicado, apenas alongamentos simples. Para o yoga, recomendo a leitura de um texto meu mais detalhado sobre isso. A prática de yoga melhorou demais a minha postura em todos os sentidos.

Shiatsu

Quando comecei esse meu tratamento pessoal para cuidar da coluna, investi em shiatsu uma vez por semana. Em uma semana mais complicada, cheguei a fazer duas vezes. O bom de fazer assim é que você pode fechar um pacote e pagar um preço mais em conta, mas eu sei que não é para todo mundo. Me ajudou muito no entanto. Recomendo fazer vez ou outra quando estiver sentindo bastante dor.

Existem duas alternativas que podem ajudar e ainda hoje me ajudam já que não consigo fazer massagem com uma massoterapeuta sempre:

Colete massageador de pescoço

Esse eu me dei de presente há cerca de dois anos e é especialmente útil quando sento ao computador para responder e-mails. Só tem que tomar cuidado para não abusar muito e usar demais, pois pode inflamar seus músculos!

Auto-massagem

Já tem até post sobre isso aqui no blog. Todos os dias, antes do banho e antes de dormir, eu faço uma auto-massagem na região do pescoço, especialmente se tiver algum ponto mais tenso aqui ou ali. Depois que comecei a fazer diariamente, a dor praticamente sumiu.

Veja então que é um conjunto de práticas associadas a um estilo de vida e comprometimento para mudança que fizeram a diferença para mim. Compartilho porque acho esse assunto essencial e eu queria que todos se preocupassem mais com a própria postura.

Você já pensou sobre as suas costas, a sua postura e o modo como você se relaciona com o seu corpo? Quando você está estressada/o, sente o pescoço e os ombros ficarem mais rígidos? E o que você faz para relaxar esses músculos e nervos? Vale a pena trocarmos figurinhas. 😉

14 Comments

  1. Aline Fernandes says:

    Implementando dicas já! Tenho muitas dores na região dos ombros/pescoço

  2. MARIA REGINA BERNARDO says:

    Bom dia
    Minha dor na lombar é de passar o dia em pé na escola.
    Chego em casa fico descalça. Uso um travesseiro próprio pra dormir. E faço ballet há um ano. Sinto que isso me ajudou a cuidar mais da minha postura.

    1. ballet é incrível para a saúde, mesmo!

  3. Maria Elena says:

    Oi Thais!
    Comprei um travesseiro neste estilo por recomendação médica e foi a melhor escolha.
    Uma dica quando o pescoço dói ao deitar é fazer um rolinho com uma toalha de banho e colocar ela no pescoço e apoiar a cabeça no travesseiro. Ajuda bastante.
    Obrigada pelas suas dicas!

  4. FABIANA FERREIRA says:

    A prática do Liangong é essencial pro bem estar da minha coluna e repercute em todo o resto, a maioria das minhas atividades é sentada: costurar, escrever, estudar…Tinha meio que desencanado durante as férias dos filhotes, mas percebi com a semana do planejamento que essa não é uma atividade que eu possa deixar de lado ou delegar. Eu cuido de mim, e outras pessoas podem me dar algum suporte, mas a principal responsável por essa área sou eu mesma… Depois de um tempo também REcomecei a yoga, faço uma série de alongamentos e alinhamentos antes mesmo de sair da cama. Já melhorou demais!
    Agora é pensar e planejar o que mais posso fazer pra continuar melhorando

  5. Oi, Thais! 🙂
    Eu tive uma leve escoliose por má postura na adolescência e senti dor durante muito tempo depois de adulta. Há alguns anos, depois de muitas consultas com ortopedista e várias sessões de fisioterapia, eu comecei a fazer Pilates e melhorou demaaaais! Eu quase não tenho mais dor na coluna – e quando tenho sei que foi por descuido. Pescoço e ombro eu ainda sinto muito porque trabalho sentada em um lugar onde a mesa não é adequada e usando uma cadeira que já passou da data de validade, mas são coisas que não posso mudar. Então tento alongar de vez em quando e faço frequentemente minhas aulas de Pilates. Uma pena ser fora do orçamento pra muitas pessoas, mas eu acho um investimento essencial no meu caso.

  6. Oi, Thaís!
    (Eu tentei comentar ontem, mas acho que não rolou).
    Também estou nesta busca, meu lema do ano é “relaxar”. Tenho bruxismo e disfunção da atm, além de muitas dores nos ombros e pescoço com tensão acumulada, e entendi que somente um olhar holístico pra situação me ajudaria. Tenho visitado um osteopata com frequência, que literalmente me coloca no lugar e me ajuda a entender onde estão os pontos de desequilíbrio do meu sistema musculo-esqueletico.
    Acabei de investir naquelas palmilhas feitas sob medida, quero ver como elas impactam no todo. Travesseiro tem sido uma luta, já testei vários e não me adapto, vou olhar com carinho a sua dica. Acupuntura, massoterapia, alongamentos e atividade física estão juntos nesse combo holístico.
    Obrigada por compartilhar.

  7. Oi Thaís!
    Eu e meu namorado nos machucamos ano passado na academia, fazendo um exercício de forma errada. Ficamos com dor na lombar e ele, que estava pior, foi no médico e descobriu uma protusão (tipo uma pré-hérnia) nas vértebras da lombar.
    Foi nessa que conhecemos a quiropraxia. A técnica é conhecida pelos “estalos” nos vídeos do youtube, mas é uma prática séria que consiste em “ajustar” as vértebras, melhorando a mobilidade e amenizando essas dores. Eu era bastante cética, mas hoje após um ano minha dor praticamente sumiu. Foi preciso um tratamento mais intensivo no início, agora seguimos apenas com manutenção.
    Caso você tenha interesse, acho que pode complementar ainda mais esse cuidado com a coluna!

  8. Eu sempre me perguntei se existiria um colete desse que ajuda a manter a postura! Bom saber agora que tem. Você lembra o nome da loja onde comprou?

  9. Muito bom o post! Eu preciso cuidar da minha também! Tenho uma péssima postura e tenho medo de ficar corcunda! Tem horas que me pego muito envergada e isso me incomoda e assusta demais! Preciso colocar na minha lista de cuidados para ir a um orto e ver o que é melhor para o meu caso! Queria muito saber se esse colete pode ser usado por qualquer pessoa ou precisa ser indicado por um profissional da área!

    1. Acho que pode ser usado por qualquer pessoa… é só um colete corretor de postura.

  10. Oi Thais!! Além dessas coisas que você faz, eu faço e adoro fazer uma compressa quente nas costas/pescoço, é uma delícia durante e depois!

  11. Thais, dê uma olhada no canal Quero Quiro, depois da quarentena vc pode fazer uma visita a eles.

    1. Obrigada pela recomendação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados