Rotina coreana diária de cuidados com a pele

23
4380

Eu adoro métodos, tutoriais, checklists e sequências de se fazer as coisas, então quando ouvi falar sobre essa rotina coreana eu logo fui atrás de mais informações para testar e hoje trago minha experiência sobre ela aqui no blog!

Trata-se de uma rotina de 10 passos para cuidar da pele do rosto. Eu testei durante cerca de dois meses para poder compartilhar com vocês. Spoiler: gostei muito e minha pele está ótima.

Existem algumas variações desses passos e eu fui adaptando até chegar a uma sequência que combinasse comigo. Essa sequência é feita à noite. Algumas pessoas fazem uma variação com menos passos pela manhã, mas por enquanto não é o meu caso (minha rotina matinal com o rosto é bem mais simples – passo uma água e o protetor solar em seguida, simplesmente).

Os 10 passos

  1. Tirar a maquiagem
  2. Lavar o rosto
  3. Esfoliar
  4. Passar tônico
  5. Passar uma água mais concentrada
  6. Máscara facial
  7. Sérum
  8. Hidratante
  9. Creme para a região dos olhos
  10. Hidratante labial (de noite) ou protetor solar (se fizer de dia)

Bem, vou falar sobre a minha percepção para cada um deles.

Tirar a maquiagem

Eles usam um termo chamado “cleansing oil”, sugerindo um óleo removedor de maquiagem.

Há algum tempo eu descobri os benefícios do óleo de coco, então tenho usado para remover a maquiagem da área dos olhos, que é mais sensível. O restante do rosto eu removo com demaquilante normal.

Acho interessante essa primeira etapa ser com óleo porque ele traz uma camada extra de proteção e hidratação antes mesmo do creme em si. Ah, e também acho que tudo é adaptável, em cada um dos passos. Se você não quiser usar óleo para tirar a maquiagem, basta usar seu demaquilante de preferência. Pelo que entendi, o importante é entender a natureza de cada passo, e a deste é simplesmente tirar a maquiagem.

Lavar o rosto

Aqui eles sugerem o uso de uma espuma de limpeza ou sabonete facial. Eu gosto de espuma de limpeza. Atualmente estou usando um produto da Vichy para isso. Quando acabar, ainda não sei qual vou usar, já que vou optar por produtos naturais e veganos e ainda não pesquisei, mas essa é a ideia.

Geralmente eu uso essa espuma no banho mesmo.

Esfoliação

Não precisa fazer este passo diariamente. Eu tenho um esfoliante leve que deixo para a hora do banho, que é um da Natura com microesfoliantes, que até dá para usar todos os dias, mas se a minha pele estiver um pouco ressecada eu prefiro usar dia sim dia não.

Eu gosto muito de esfoliar o rosto e capricho nas áreas que costumam ser mais chatinhas, como o nariz e o queixo. Fazer isso me ajuda a evitar limpeza de pele em salão, o que optei por não fazer mais.

Tônico

Bom, saindo do banho eu passo um tônico com algodão. Se eu não estiver fazendo a rotina toda no banho, basta continuar com este passo.

Atualmente uso um tônico da Clean and Clear, mas optarei por uma versão natural e vegana quando ele terminar.

Essence

Eu entendi que aqui a ideia do produto é ser uma água mais concentrada que traga componentes adicionais. Uso ou água micelar ou água termal, nesta etapa, pois não tenho nenhum produto considerado “essence” (que é um produto específico muito usado lá).

Tenho uma aguinha assim que a da linha Toleriane da La Roche Posay, que comprei no inverno porque minha pele fica muito ressecada e irritada no frio.

Máscara facial

Não tenho tempo de fazer todos os dias, mas tenho algumas máscaras em casa e acabo usando quando vou ter esse tempinho, de acordo com as propriedades que quero (relaxante, rejuvenescedora etc).

Não tenho uma marca específica ou preferida para indicar. Acabo comprando essas máscaras quando encontro alguma que me pareça interessante, especialmente se for natural.

Sérum

Significa “soro” e é um líquido não oleoso que traz alguns componentes que favorecem a hidratação da pele. Eu não tenho exatamente um sérum, mas nesta etapa gosto de usar um oleozinho que comprei da Clarins, de orquídea, que sou simplesmente apaixonada. Ele tem um cheirinho de planta e sinto que hidrata bem o meu rosto.

Hidratante facial

Aqui nesta fase eu acabo optando por algum hidratante para o rosto que tenha a ver com a temperatura no dia. Em dias mais quentes, uso um hidratante mais fresquinho, enquanto que nos dias mais frios eu procuro usar hidratantes mais concentrados. Atualmente estou com um Nivea, um Revlon Revitalift e um Clarins abertos, mas quando eles acabarem buscarei uma solução mais natural também.

Creme para os olhos

Como eu tenho olheiras, esta etapa sempre é importante para mim, então aproveito para usar um creme que trate esse aspecto.

Hidratante labial

Passo Bepantol nos lábios antes de dormir para que eles fiquem hidratados.

Pode parecer meio estranho colocar tanta coisa na cara, mas desde que incorporei essa rotina, minha pele melhorou muito. Sim, também coincidiu com a minha mudança de alimentação, que influencia pra caramba, mas eu atribuo à rotina também.

Não leva tanto tempo assim e eu fico feliz por me dar esse “me-time” de presente todos os dias. Acho que a gente precisa ter esses momentos, sabe?

Você já tinha ouvido falar desses passos? Já tentou? Por favor, deixe um comentário com o seu relato. Obrigada!

23 comentários

  1. Estou super querendo migrar somente para produtos naturais e veganos.
    Vai dividindo as experiências com a gente!

  2. Olá Thaís, também tenho feito a minha rotina… geralmente o que faço é desmaquilhante, cleansing oil, creme de lavagem, esfoliante, um activo ( vitamina c ou retinol), o creme de olhos e o hidratante. De manhã também é mais simples: lavar a cara, serum hidratante , creme de olhos e creme hidratante. Estes três últimos são da Caudalie, que gosto muito também. Toda a gente me cumprimenta 😊

  3. Uau!!! Vou tentar seguir essa rotina de cuidados a partir de hoje.
    Thais, eu tenho olheiras genéticas. Elas são bem roxas e só “somem” mesmo com corretivo de alta cobertura e é preciso retocar de vez em quando porque minha pele é oleosa e onde moro é muito quente (viva o nordeste! :), o corretivo sai mais rápido.
    Qual creme você usa nessa etapa?

  4. Olá! vim dar uma dica sobre as mudanças de produtos para veganos.
    Tem um site que eu gosto muito que é o https://www.meucabelonatural.com.br/
    Lá tem diversos produtos de beleza e todo o site é Cruelty Free, Loo Poo e No Poo, Sem Derivados de Petróleo, Sem Sulfatos e Naturais.
    Então não precisamos ficar tanto tempo lendo rótulos. Eles têm uma loja física em São Paulo também, mas como eu não moro aí, sempre comprei pela internet.
    Nunca tive problemas com produtos e entregas.

  5. Thais, a Cristal do blog Um Ano Sem Lixo tem um ebook baratinho sobre cuidados pra pele cheio de receitas! Talvez tenham algumas que você ache útil quando for atrás das versões mais naturais 🙂

  6. Sou apaixonada pelos produtos da Granado. Minha pele é super seca e tem uns três anos que só uso o hidratante corporal da linha calêndula, acho ótimo. O hidratante/protetor labial deles também foi o único que usei até hoje que resolveu meu problema de lábios ressecados, e o cheiro é uma delícia. Tem vários produtos sem ingredientes de origem animal (não todos, mas eles especificam no rótulo). Fora isso, tem horas que passo na loja só por que a loja e os produtos são lindos!

  7. Oi Thaís! Tudo bom? ^^
    Fiquei muito surpresa com esse tópico por aqui! hahahaha mas adorei, porque amo o assunto <3 As asiáticas, principalmente as japonesas,são bem direcionadas pra esses rituais de auto-cuidado e eu particularmente acho delicioso também.
    Alguns comentários sobre o assunto:
    1. Cleansing oil
    É uma categoria de produto. É um óleo que se emulsiona com água, ou seja, um óleo enxaguável. Ele é um demaquilante mesmo e também retira protetores resistente a água, que são bem comuns pela Ásia. Também existe a versão de balm/creme. Várias marcas ocidentais tem uma versão (The body shop, MAC, Clinique etc). Eu uso o da japonesa Bioré, sou apaixonada porque dura uma vida.
    É super possível, como você mesma disse, substituir por um óleo vegetal ou mineral esse passo, massageando, removendo com toalhinha de papel ou de pano, e depois seguindo a vida com sabonete normalmente. Eu já usei azeite, óleo de canola e óleo de coco, mas não gostava do trabalho e com o tempo enjoei dos cheiros. Se precisasse cortar meu orçamento com o Bioré (que sai bem baratinho por mês, menos de 5 reais) usaria óleo mineral (aquele da Johnson's baby), que é o que os oftamologistas indicam pra área dos olhos. Também acho mais sustentável, mesmo sendo derivado de petróleo, porque é feito de um resíduo que viraria lixo.
    Usar óleos para remover a maquiagem tem uma vantagem acima da dos demaquilantes comuns: eles dissolvem também o sebo da pele nos poros (semelhante dissolve semelhante, como nas aulas de química do ensino médio), e essa limpeza implica em poros aparentemente menores e uma aborção melhor dos produtos em seguida. Faz diferença especialmente pra quem tem pele oleosa, apesar de parecer contraditório colocar mais óleo na pele hehehehe

    2. Água micelar
    Esse produto entraria no passo 1, caso a pessoa não use protetor resistente e apenas maquiagens leves. Ele é um demaquilante, então é contraprodutivo usá-lo depois de aplicar produtos que você quer que permaneça na sua pele, já que ele "dissolveria" os produtos que você aplicou antes.

    3. Esfoliação
    Curiosidade asiática: como as japonesas tem pele muito sensível, é praticamente impossível encontrar esfoliantes com grânulos no Japão. Os esfoliantes a que elas dão preferência são os químicos e particularmente existe agora um tipo chamado "esfoliante enzimático" que consegue dissolver ainda mais o sebo e deixar os poros ainda mais limpos que somente com o cleansing oil + esfoliante químico. Aí os poros ficam ainda menores, os produtos penetram melhor na pele etc etc hahahaha

    4. Espuma de limpeza
    As espumas japonesas, que substituiriam os nossos sabonetes faciais, são chamadas desse modo porque produzem uma espuma densa, altamente elástica, tipo marshmallow. É muito delicioso de usar! Eu uso uma da Bioré, que é baratinha também.

    Não tenho produtos veganos pra indicar porque não faz parte do meu estilo de vida, então nem sei se o que uso é ou não. Tenho na verdade um pouco de dúvida/receio porque as marcas usam ingredientes naturais, usando áreas gigantescas para monocultura (o impacto ambiental não necessariamente é menor) e matam um monte de insetos no processo produtivo. Aí não acho legal usarem o termo cruelty free depois. Também acho um pouco sacanagem porque quase nenhuma empresa mais faz pesquisa em animais e tem uma indústria muito grande por trás ganhando dinheiro com o nosso emocional – o que pra mim seria 0 problema se eles não colocassem outras empresas como vilãs -. Enfim, é um assunto complexo, estou ainda pensando sobre o que de fato seria machucar menos os seres vivos e às vezes me dá uma desanimada porque ser humano é precioso por poder praticar as três virtudes com intencionalidade, mas também é uma oportunidade gigantesca de prejudicar outros seres… desculpe o desabafo D:

    Eu indicaria que você procure marcas veganas dentre as asiáticas (tenho um carinho especial pelos fabricantes japoneses pela responsabilidade e qualidade dos produtos), deve ter coisas bem legais. Sei que a Ale Garattoni (@blog5sentidos) parece gostar dessa pegada natural que você menciona no texto, talvez você goste do perfil dela e encontre indicações de perfis veganos. Minha indicação pessoal fica dois sites: roseroseshop.com (coreano) e dokodemo.world (japonês). Tem coisas de altíssima qualidade e muito baratinhas, mas você teria que pesquisar sobre as marca, porque não sei informar, infelizmente.

    Também amo rituais e espero que esse seu momento continue sendo de puro carinho e reenergização. Tenho um ig em que acompanho perfis de beleza e posto sobre minha rotina (@protetorcombelezinhas), te convido a trocarmos figurinhas por lá, caso seja do seu interesse hehehehe.

    Estou adorando os posts sobre estilo de vida e refletindo junto. Obrigada por compartilhar e nos dar essa oportunidade.

    Um grande beijjo!

  8. Oi Thais,

    Tenho hipersensibilidade na pele e uso muitos poucos produtos pois tenho medo desencadear um processo alérgico. Uso água micelar da Natura como demaquilante, sabonete da Arrow e hidratante da Vichy.
    Quero migrar para os veganos tbem! Aguardando por suas dicas 😘

  9. Olá Thais! Também estou migrando aos poucos para produtos mais naturais e ao menos cruelty free. Estou usando um tônico facial da Caudalie e ele tem um cheiro/sensação muito bons de frescor. Também estou usando um serum deles e um creme para os olhos. São bons produtos e até onde sei são mais naturais. Também gostei bastante do hidratante oxidante da Sallve que não me recordo se é vegano mas é cruelty free. O esfoliante deles também é ótimo!

  10. Não tenho nenhuma formação na área mas acredito que a água micelar não seja indicada na etapa da essence pois ela poderia retirar o tônico passado anteriormente. Não tenho certeza porém li sobre algumas vezes, talvez seja bom confirmar se passando a água micelar depois, Não vai remover o tônico.

  11. Também fazendo minha rotina certinha, e um momento bem gostoso neh.
    Pela manhã tenho feito tbm e já me maquiando “basicamente” mesmo ficando em casa, é aquela coisa do flylady de calce os sapatos que add a make.
    Comprei os produtos da Sallve, todos veganos e cruetly free, procure saber😉

  12. Já li em algum lugar que os esfoliantes tem essas microesferas que fazem mal a natureza. Eu sempre uso borra de café, ou semente de maracuja (quando vc faz suco e fica aquelas sementinhas trituradas), ainda é mais barato =)

  13. Como eu gosto desse blog, estou adorando a diversidade de assuntos Thais!
    Faz um tempinho que estou tentando inserir a rotina coreana nos meus hábitos, sou meio preguiçosa mas aos poucos tenho melhorado esses cuidados. Tem um canal que eu adoro, a menina é bom objetiva e criou um material em PDF que dá dicas de produtos bons que vendem aqui no Brasil para cada etapa da rotina, inclusive tem várias opções veganas:
    • Esse é o link do canal (Beauty in Box): https://www.youtube.com/channel/UCNxn25zi9Xllsq70b_ZoCqA
    • Esse é o link pra baixar os PDF`s com os produtos indicados: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfiaX2trGrtG3C6AuXYPFY4zd6RTR4JVCJW8Hhdbb-6fFbG6A/viewform

    Beijo!

  14. Thais, sobre alguns produtos veganos e produzidos localmente, tem a Alquimista Shop que é de uma moradora de São Paulo e os produtos dela eu achei maravilhosos. Até o momento experimentei sabonetes em barra cremosos pro corpo, alguns produtos pro rosto, incluindo um sabonete de arroz que tenho usado há mais de um ano e gostado muito. E o hidratante pro rosto achei o toque bem mais pra sequinho, sem ficar grudento, sabe? Tenho recomendado pra quem eu conheço porque acho que valeu a pena experimentar. Você pode ou comprar pelo correio (como no meu caso) ou se morar em SP retirar com ela.

    🙂

  15. Sensacional.
    A tempos estou querendo criar um ritual de cuidado com minha pele. Vou testar esse dentro da minha realidade. Acredito que dará certo.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui