Categoria(s) do post: Livros

Tenho uma novidade legal para compartilhar! Em abril, conversei com o pessoal da Ed. Gente (que publica os meus livros) e fizemos um acordo que funcionará assim: todo mês, eles me enviarão os livros que forem lançamentos e que tenham a ver com o blog. Vou ler e fazer a resenha para vocês! Achei que seria uma condição muito boa para todo mundo: 1) eu ganho livros que me interessam e me ensinam mais sobre o conteúdo que publico aqui; 2) vocês lêem a resenha e ficam sabendo sobre ideias de livros novos e legais e 3) ajudamos a editora a divulgar seus livros.

O primeiro livro a ser resenhado então será este, “A arte do silêncio”, que foi o primeiro que eu li.

Amber, a autora, é escritora, professora e editora, e começou a praticar meditação em 2009 (mais ou menos na mesma época que eu). Hoje ela se considera especialista em atenção plena e faz diversos trabalhos relacionados, ao lado do marido, que é ilustrador. Ela é mãe e também escreveu outros materiais sobre como conciliar as atividades com um bebê e buscando essa conexão essencial através da mente plena e da meditação.

Eu sou uma pessoa que valoriza muito o silêncio no dia a dia. Não gosto de barulho. Andar no shopping ou em ruas lotadas, por exemplo, me deixa bastante exausta. Eu já tinha identificado isso lendo alguns materiais sobre ser introspectivo e ser extrovertido, e entendendo que eu tenho um perfil mais introspectivo. Ou seja, eu me reenergizo quando tenho meus momentos de paz, sozinha, enquanto outras pessoas se reenergizam quando ficam na companhia de outras.

Logo, o silêncio é algo que me faz bem. Sendo mãe, sendo casada, e trabalhando como professora e palestrante, dá para imaginar que os momentos de silêncio no meu dia a dia possam ser raros – e são. Mas justamente por assim o serem, eu busco valorizá-los e criá-los sempre que possível. Chegar até a leitura desse livro, então, foi legal, porque me identifiquei de imediato.

Na introdução, a autora começa descrevendo o que ela chama de silêncio (“uma fonte de poder profundo e um lugar especial de serenidade, calma e paz”). Ela também mostra porque a sobrecarga auricular é prejudicial, e que todos nós estamos vivendo em um mundo extremamente barulhento, com excesso de informações. Ao final deste e de cada um dos capítulos, ela traz exercícios de mente plena que achei bem interessantes de fazer.

O restante do livro traz abordagens e recomendações interessantes, a saber:

  • como identificar o que é realmente importante e descartar o que não é
  • como desenvolver expectativas realistas sobre o que deve e o que não deve estar em andamento na sua vida
  • a questão do uso excessivo do celular
  • como se manter ocupada/o com atividades mais saudáveis, como passear na natrureza, cultivar passatempos e praticar esportes
  • uma seção inteira apenas sobre relacionamentos <3
  • a comunicação sem ser por palavras (gestos, sinais)
  • lidando com o silêncio interno e externo

Enfim, uma leitura rápida, agradável e necessária nessa época em que vivemos. Considero este livro um achado.

Você pode saber mais sobre ele e encomendá-lo no site da Editora Gente. Usando o cupom 15ORGANIZADO você ainda ganha 15% de desconto. <3