Checklist: Coisas para fazer quando estiver se sentindo meio chateada(o)

17
6593

Eu já tinha feito um post aqui no blog com ideias para uma checklist nesse sentido, mas eu vim aprimorando essa lista nos últimos anos e, após ajudar algumas pessoas que estavam passando por momentos difíceis e até estados de depressão, eu achei que valeria a pena postar aqui de novo uma atualização.

Veja: a depressão é uma doença que envolve diversos fatores, inclusive o desequilíbrio químico no organismo (por isso o uso de remédios). Você não pode tratar uma depressão apenas com uma checklist, mas esta pode ser uma boa ferramenta de apoio durante esse processo. Na dúvida, consulte seu terapeuta.

Aqui vão então algumas ideias de coisas que você pode fazer quando estiver se sentindo meio mal, desanimada(o) ou “para baixo” (personalize com as suas!):

  • Dormir. (sério)
  • Navegar em canais no YouTube de pessoas que te inspirem.
  • Lembrar que seu filho, filha ou outras pessoas que dependem de você precisam de você bem.
  • Revisar informações importantes sobre você (o que eu chamo de Horizonte 5 no GTD), como valores, princípios, pontos fortes etc.
  • Ler mensagens ou e-mails que pessoas te mandaram com mensagens positivas sobre você.
  • Lembrar que a vida é rara.
  • Refletir sobre a sua principal qualidade.
  • Dar uma volta, de preferência na natureza. Ler no parque.
  • Tomar um banho super relaxante.
  • Fazer massagem.
  • Criar uma lista de coisas que ainda quer fazer um dia (como sonhos).
  • Ouvir rádio.
  • Escrever (diário). Botar pra fora.
  • Ler um livro feliz ou inspirador.
  • Acender um incenso.
  • Cozinhar.
  • Ficar off-line. Desligar os eletrônicos.
  • Ir ao mercado.
  • Arrumar coisas físicas, como uma gaveta.
  • Cantar. Karaokê.
  • Listar coisas pelas quais você é grata(o).
  • Listar coisas que você já fez ou conquistou.
  • Esvaziar a mente.
  • Ler afirmações positivas.
  • Fazer alongamento.
  • Desenhar. Pintar. Mexer com argila.
  • Assistir um filme ou série que te deixe bem.
  • Pular! Dar saltos!
  • Arrumar a cama.
  • Beber água gelada.
  • Tomar vitaminas.
  • Abrir a janela e deixar o vento bater no rosto.
  • Correr. Fazer exercícios.
  • Sorrir! Mesmo que forçado.
  • Organizar pastinhas no computador.
  • Pesquisar piadas.
  • Recortar papel, revistas, figuras.
  • Beber leite gelado com achocolatado.
  • Ler um blog que você goste.
  • Assistir vídeos engraçadinhos de animais fazendo coisas fofas.
  • Tomar sorvete.

Essas são algumas coisas que funcionam comigo. Quais funcionam para você?

17 comentários

  1. Olá Thaís, recentemente criei um projeto para eliminar uma depressão em fase inicial. Sua checklist contém algumas ações parecidas com as ações que defini para executar. Como você encara criar um projeto para esse fim?

    • Acho que é muito pessoal. De modo geral, eu considero que a depressão em si é uma área de foco – algo que não tem fim, que eu preciso cuidar sempre, para que ela não aumente novamente, uma vez que eu a considere sob controle. Em termos de projetos, eu colocaria coisas como “concluir o tratamento com o remédio X” ou “com a psiquiatra Y”. Na verdade sempre penso em projetos no período de até 1 ano, então se a gente parar para pensar na “evolução” do tratamento da depressão, eu tentaria imaginar o que gostaria que fosse verdade em um ano. Qual a realidade que eu gostaria de viver. E transformaria essa realidade em um resultado desejado que me deixasse otimista.

  2. É possível amar mais a Thaís? Sempre nos surpreendendo com sua sabedoria e sensibilidade!
    Amei as dicas!!! Vou acrescentar algumas à minha lista (achocolatado!)! Eu gosto de rever minhas listas e fazer novas. Obrigada! Bjs!

  3. Visitar o Vida Organizada e ler seus posts está na minha checklist de coisas que me fazem bem 🙂
    Obrigada, mais uma vez, Thais !!

  4. Interessante que este final de semana eu estava meio para baixo, me recuperando de uma doença que veio após a baixa de imunidade pós evento traumático (perdi uma pessoa da família), e me vi fazendo um bom número de itens dessa lista, ainda que não tenha racionalizado isso! Para contribuir: sobre arrumar coisas físicas ou pastinhas do computador, uma sugestão mais específica é organizar fotos antigas. Passei um tempo reorganizando as fotos dos primeiros anos da minha filha em um novo álbum (tarefa que vinha se arrastando na minha lista de próximas ações porque não tinha prioridade), e foi bem legal lembrar daqueles dias felizes. Entre as coisas lúdicas, jogos de vídeo game e RPG, ainda mais se jogados em grupo, me ajudam bastante.

  5. Que lista incrível. Eu já tinha alguns itens mas você centralizou e sugeriu outras coisas que me inspiraram. Aqui eu gosto mto de brincar com os cachorros. O amor deles é tão genuíno que eu até esqueço um pouco a trabalheira que é cuidar desses dois vira-latas rs E minha filha tb adora, então é aquela festa que realmente me faz ver que a vida é boa de se viver…

  6. O YouTube particularmente tem sido uma ferramenta ótima para relaxar. Tentei voltar a ler, porque era algo que eu sempre fiz muito, mas que a maternidade e a vida profissional me levou pra longe. No entanto, enquanto estou em período letivo na faculdade se torna cansativo. Recentemente minha nutricionista junto com minha psicóloga me pediram que ingerisse uma cápsula de omega3 manipulado para ajudar no combate a depressão. Mas tenho preferido buscar momentos em família e sozinha que me tragam sentimentos bons. Algumas dicas parecem bobas, mas fazem um bem danado. Tomar leite gelado com achocolatado, por exemplo. Gostinho de infância.

    E faltou uma, para maiores, rsrs… sexo. (pra quem tiver um parceiro)

    Thais, sua meta de vida vai se cumprindo, porque você ajuda com seu blog um taaanto <3

  7. Muito boa a sua dica Thais! Quando estou me sentindo para baixo, gosto muito de assistir a vídeos inspiradores no Youtube, geralmente procuro sobre temas que se relacionam ao meu desânimo e assim, consigo melhorar bastante! Além disso, gosto de tomar um banho quentinho e pingar umas gotinhas de óleo essencial de laranja no chão do box, dão um perfume incrível e me relaxa muito!
    Fazer coisas sozinha também tem me ajudado, como ir ao cinema, teatro, etc!
    Obrigada por seus posts, sempre me trazem um conforto também!

  8. Num curso de Inteligência Emocional no Trabalho (UCP – Petrópolis), a professora (Sandra Costa) apresentou as emoções básicas e o que cada uma significa. Uma delas é a tristeza. Então, nessa planilha, diz que quando a gente estiver triste, é pra conectar com pessoas que amamos. Isso fez muito sentido pra mim. Nessas últimas semanas, com o resultado da eleição, mais problemas no trabalho e uma onda forte de tpm e baixo autoestima, me fez ficar muito triste. Este fim de semana viajei para ver a minha família. Hoje, pela manhã, me sinto mais revigorada, animada e com mais foco. Sem aquele abatimento e desânimo pela manhã, no trabalho. (encontrei o site: https://www.6seconds.org/2017/04/27/plutchiks-model-of-emotions/).
    Outra coisa que me faz bem é visitar o Vida Organizada. Muito obrigada pela dedicação e inspiração.
    Grande beijo.

  9. Amei a listinha Thais e concordo com todos os comentários acima!! Venho sempre aqui para me animar com a sua energia positiva. Obrigada 🌻🌻🌻

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui