Categoria(s) do post: Estudos

Gostaria de compartilhar outra dica de organização que tem me ajudado com os estudos do mestrado: código de cores para os marcadores de texto. Pode parecer complicado, mas na verdade é muito útil, porque sou bastante visual e isso também me ajuda a ler o texto diversas vezes.

Como tenho feito:

  • Leio o texto inteiro pela primeira vez, para pegar o “jeitão geral” dele.
  • Depois, leio novamente fazendo grifos e anotações à lápis (dependendo da complexidade do texto, já faço isso na primeira leitura).
  • Na terceira leitura, grifo os títulos e sub-títulos. Isso não é à toa. Ao fazer isso, já tendo lido o texto pelo menos uma vez, consigo ter uma visão do contexto e dos tópicos-chave.
  • Na quarta leitura, grifo os pormenores: nomes e datas.
  • Já tendo feito várias leituras, tenho uma real noção dos termos usados no texto, então grifo tais termos. Aqui é legal porque, se precisar buscar o significado de tais termos em outras fontes, faço nesse momento e insira uma nota no texto (na lateral da página ou em um post-it).
  • Depois, geralmente antes da aula ou do encontro, para revisão mesmo, grifo os trechos mais importantes. A essa altura, já tenho uma visão completa do texto e consigo fazer relações e ser mais minimalista nos grifos, marcando apenas o que eu realmente quero destacar.
  • Também insiro anotações, pensamentos e pesquisas de apoio em post-its sempre que necessário.

Vale dizer que não faço todas essas leituras de uma só vez. Alterno fazendo uma hoje, talvez outra hoje mais tarde, outra amanhã, outra antes da aula para relembrar etc. Ou seja, me ajuda a fazer revisões.

Para facilitar, levo sempre comigo um kit de canetas Stabilo pastel que ganhei de presente. Elas vêm em um estojinho que não ocupa muito espaço e é bem prático de levar.

Tenho usado esse sistema para artigos (impressos) e estou começando com os livros também. Tem me ajudado muuuuito.

PS: Não tenho conseguido estudar os textos apenas em ambiente eletrônico. Salvo no Evernote para consulta, mas para estudar preciso fazer no papel. Quando são textos ou e-books, acho bem mais difícil e levo mais tempo.