Categoria(s) do post: Equilíbrio emocional

Uma das habilidades mais importantes que eu aprendi a desenvolver na minha vida é a habilidade da Atitude Mental Positiva. Trata-se de uma habilidade que te permite focar no fato de que as coisas darão certo, pois isso te traz confiança e certeza para efetivamente fazer esse resultado acontecer.

Não se trata de um conceito de auto-ajuda no sentido de “pensar positivo”, simplesmente. É um pouco mais profundo do que isso. Portanto, desenvolver uma atitude mental positiva é algo que a gente só consegue fazer se estiver bem. Equivocadamente, muitas pessoas ficam “recomendando” atitude mental positiva para quem está com depressão ou outro transtorno psicológico relacionado, e isso não funciona. A depressão é uma doença que deve ser tratada, e recomendar “atitude mental positiva” para a pessoa é apenas um desserviço para ela mesma e uma demonstração de ignorância e antipatia da parte de quem recomenda.

Napoleon Hill tem um livro publicado com esse título, escrito por seu parceiro profisisonal Clement Stone que, para mim, é o livro que eu recomendo para quem estiver começando a conhecer o trabalho do Napoleon. É um livro que recomendo uma primeira leitura inicial e, depois, uma releitura pelo menos a cada seis meses (dos pontos principais).

Os livros do Napoleon Hill costumam dizer as mesmas coisas de formas diferentes e podem parecer repetitivos para quem está lendo. Essa repetição é intencional, para que a gente consiga absorver “na marra” o que ele ensina.

Alguns pontos importantes sobre a atitude mental positiva:

  • Você é a pessoa mais importante do mundo, no sentido de que só você pode mudar a sua vida, a maneira como você pensa e o que faz.
  • Problemas e derrotas acontecem, mas todos eles têm em si a semente de um benefício equivalente ou maior. Isso não significa ter uma “visão poliana” das coisas, mas sim tentar aprender com os próprios erros, com o que aquela situação nos ensina, e melhorar da próxima vez.
  • Você só pode controlar a sua mente. E a atitude mental positiva é como se fosse um talismã que você leva com você. Para tudo, na vida, você pode usar a atitude mental positiva ou a negativa. Lembre-se de sempre virar esse talismã quando se deparar com situações no dia a dia em que poderia usar uma ou outra.
  • Mantenha sua mente naquilo que você quer e longe daquilo que você não quer. É mais simples e, ao mesmo tempo, mais complexo do que parece.
  • Pare de culpar o mundo. “O mundo” acontece e continuará acontecendo. Controle a sua mente. Foque em você ficar bem, que tudo isso se transparecerá nas coisas que você faz e na relação com o seu mundo de maneira geral.
  • Quando você tem metas definidas e as visualiza com sucesso, isso direciona o modo como você faz tudo no seu dia a dia.
  • Fé não é sobre religião, mas sobre confiança. Desenvolver uma fé inabalável em que as coisas acontecerão da maneira como você quer que aconteçam te dá confiança para fazer as coisas “certas” que, veja só, farão com que o resultado positiva apareça. É um todo.
  • Cada vez que você passa por uma situação problemática, ou encontra solução para um problemão, isso te fortalece e te dá experiência para passar por situações semelhantes no futuro de maneira mais fácil e mais rápida, sem tanto impacto negativo.

Foi aprender sobre a atitude mental positiva que me fez mudar completamente a minha relação com o mundo e com o meu trabalho, mesmo em tempos de crise no país. Depois que “implementei essa habilidade” (claramente ainda em desenvolvimento, como todas as habilidades), tudo mudou de verdade na minha vida. Sou uma pessoa mais prática, mais feliz, mais focada, mais motivada. Por isso, recomendo a leitura do livro do Napoleon Hill (linkado acima) e a releitura de tempos em tempos.

Você tem experiência com esse assunto? Deixe um comentário!