Livros que estou lendo no momento (Fevereiro 2018)

6
4162

Todo mês eu tenho gravado um vídeo contando um pouco quais são as minhas leituras em andamento. Em fevereiro, estou lendo alguns livros de trabalho e outros voltados para o mestrado. Creio que em março a configuração mude um pouco justamente pelo início do mestrado agora na segunda quinzena de fevereiro.

Você pode ver abaixo o meu vídeo de leituras em andamento ou clicar aqui se não estiver visualizando:

Se você ainda não se inscreveu no canal no YouTube, aproveite para se inscrever! Muito conteúdo do blog está sendo gravado em outro formato e com dicas adicionais para o canal, e são diversos vídeos novos ao longo da semana. Se você quiser, peça para seus amigos ou familiares se inscreverem também, pois assim você ajuda o Vida Organizada a crescer. 🙂

Livros citados no vídeo:

Lembrando que, no último dia do mês, eu posto também no canal (e aqui) um vídeo e um post fazendo um resumo do meu mês, onde eu conto também sobre os livros que eu li. Obrigada!

6 comentários

  1. Thais, querida, isto é bem pessoal e já estive para lhe mandar um email, mas achei muito intrusivo.
    Sigo o vida organizada e a ideia que tenho da Thais é que é uma pessoa muito “bacana” “legal” (estou a imitar a vossa gíria, já que sou portuguesa… 🙂 ). Mas como a Thais fala tanto sobre empreendedorismo, sobre pessoas como Steve Jobs (que me parece que tem admiração por ele), eu gostaria de perceber como se organiza interiormente para, sendo uma pessoa de esquerda, conseguir “aceitar” e “dar-se bem” numa sociedade tão capitalista. Acredito que não queira ou sinta que não deva responder e entrar nesses assuntos políticos. Pergunto isto, porque eu, pessoalmente, sinto uma enorme dificuldade, por exemplo, em relação ao mercado de trabalho, pela ideia de criar riqueza para empresas e pessoas com valores nos quais eu não acredito, muitas vezes até me repugnam. Tenho noção que o vida organizada tem valores que, pelo menos aparentemente, não colidem com pensamento de esquerda. Mas sei lá, Steve Jobs, Amazon, esse tipo de pessoa /empresa, eu teria dificuldade em promover. Não sei se me fiz entender e peço desculpa pela “intromissão”, mas é um questionamento que já tenho tido há algum tempo, e perante esta declaração, a minha curiosidade aguçou-se.

    • Oi Sandra, tudo bem?

      Obrigada por fazer esse comentário e me dar a oportunidade de falar a respeito. Não trago isso como temática no blog mas respondo de bom grado se alguém me perguntar, então agradeço muito.

      Esse é um aspecto que me cutuca todos os dias e confesso que ainda não aprendi como conciliar exatamente. Estou nesse processo de aprendizado. O que sei hoje é que, independente da minha visão política e de mundo, vivemos em uma sociedade capitalista. Ponto… Agora, o que será que eu posso fazer, como ser humano, com os valores que eu tenho, para viver de maneira significativa e de uma forma que não agrida tais valores meus nem os de outras pessoas que convivam ou trabalhem comigo?

      Não tenho a pretensão de modificar esse sistema completamente, mas eu tenho como propósito ajudar a diminuir o impacto do capitalismo especialmente no que diz respeito à opressão sobre as pessoas que trabalham. Acho que o que ensino sobre organização e produtividade tem muito disso também.

      Independente de qualquer coisa, minha formação é como publicitária, e eu me inspiro com marcas que tenham propósito – mesmo que estejamos falando de marcas dentro do capitalismo que, como falei, é o sistema que estamos inseridos.

      Eu mesma, como empresária, busco fazer aquilo que for menos agressivo e mais acertado para as pessoas que venham a trabalhar comigo.

      Mas, como falei, é um aprendizado, uma construção mesmo. Trocando ideias a gente pode ir encontrando cada vez mais essa coerência. Obrigada pela oportunidade de falar sobre isso. 🙂

  2. Thais, muito obrigada por ter respondido.
    É um esforço de adaptação mesmo.
    Gostei muito do seu post sobre o planeamento do mês de março, fiquei inspirada para organizar o meu 🙂
    Beijos
    Sandra

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui