Categoria(s) do post: Estudos

A técnica Pomodoro foi inventada por Francisco Cirillo no final dos anos 80. A ideia é marcar 25 minutos em um timer de cozinha (ou no cronômetro do seu celular) e trabalhar focada(o) em alguma atividade (geralmente que você vinha procrastinando) para tentar terminá-la em até 25 minutos. Ao acabar o tempo, pare 5 minutos e depois faça outro pomodoro. Ao término de 4 pomodoros, faça uma pausa maior, de meia hora.

É uma técnica bacana para lidar com a procrastinação e que também pode funcionar para os estudos, se você testar e funcionar bem para você.

Não quero estimular ninguém a “estudar rápido” ou “de qualquer jeito”. Não é a ideia. A ideia é que você se proponha alguns desafios de estudo que a técnica em si pode ajudar, como por exemplo:

  • Resolver exercícios difíceis
  • Fazer questões, testes e simulados
  • Resumir conceitos difíceis em voz alta
  • Desenhar mapas mentais
  • Leituras com grifos
  • Revisões de materiais já estudados

Na verdade, uma coisa bem legal é você alternar os tipos de atividades relacionados ao seu estudo para conseguir ter um melhor aproveitamento, explorando todas as facetas aí do seu cérebro. Acredito que a técnica pomodoro possa ajudar bastante nisso.

Você utiliza a técnica pomodoro para estudar?
Deixe um comentário contando como você faz!