“Aprofunde-se” será meu lema para 2018

19
6685

Eu venho, há alguns anos, definindo um lema para cada ano. A ideia é ter um princípio que me norteie ao longo dos meses e que parece fazer sentido de acordo com o momento de vida que eu estou vivendo, mas também diz aquilo que eu quero para mim no ano corrente.

Para 2018, eu decidi que meu lema será “aprofunde-se”. Vou explicar os motivos.

Desde 2014, quando pedi demissão do meu emprego para empreender, eu iniciei uma série de atividades muito legais. Diversas frentes de trabalho, cursos, workshops, palestras, livros, viagens. Ultimamente eu tenho sentido uma necessidade de pegar tudo isso e falar: ok, vamos ver qual é realmente o néctar da coisa toda e aprimorar o que tem de bom. Isso vale não apenas para o trabalho como para a vida pessoal.

Por isso, 2018 é um ano que quero me aprofundar nas coisas. Nos meus projetos de trabalho, nas minhas relações, nos meus temas de estudo. Colher aquilo que eu quero colher – uma curadoria das iniciativas.

Eu conquistei muitas coisas legais nos últimos anos e quero continuar conquistando. Mas uma maneira muito bonita (ao meu ver) de celebrar essas conquistas é reavivá-las continuamente, melhorando o que já conquistei. Isso também me ajudará a ter mais foco no que quero construir daqui em diante.

Algumas áreas bem pontuais em que quero me aprofundar este ano:

  • Meus relacionamentos
  • Meu tema de pesquisa no mestrado
  • Os conteúdos do Vida Organizada
  • O tema do meu novo livro (trabalho)
  • Meu caminho da maestria no GTD
  • A administração da minha empresa
  • Quem eu sou de verdade e como isso se expressa em todas as áreas da minha vida

Vamos lá, há muito trabalho a fazer!

E você, qual seu lema para 2018? Deixe um comentário contando qual é. 🙂

19 comentários

  1. Meu lema esse ano será autoconhecimento. O meu tom está em me conhecer melhor saber mais sobre mim e logo usarei o aprofundar-se em mim. Me mudei pra São Paulo no fim do ano passado pq acredito que aqui tem milhões de possibilidades e recursos que irão me ajudar nesse desafio. Eu de fato não me encontrava na minha cidade que era São Luis, mas sei que mudar de endereço não faz você mudar. E não é essa a intenção é sim potencializar aquele que eu sei que existe em mim, só está invisível aos meus olhos.
    Enfim… quero aprender a tocar um instrumento, pq adoro musica e me pego diversas vezes ao ver uma banda não apenas a curtir o som mas sim ficar observando horas a fio o gesto, o tempo e o jeito como o músico pega e toca seu instrumento.
    Quero me dedicar a meditação, quero praticar meu yoga com mais afinco.
    E quero saber enfim o que fazer com minha carreira profissional que deu uma boa estagnada pq de fato não sei que caminho seguir.
    Aceito sugestões de lugares, grupos e reuniões que possam me ajudar.

  2. que legal thaís! eu costumo dizer que é muito melhor a gente se entregar de cabeça em algo com o qual está envolvido, porque de forma rasa, pra mim, nem é envolvimento, é passagem! adorei o seu lema…
    eu sou adepta a palavra do ano, que não é um lema, mas segue uma linha parecida com isso… todo ano escolho uma palavra pra me reger, buscando me melhorar como pessoa para mim e para o mundo… para 2018 escolhi a palavra LEVEZA pra me reger e me guiar… geralmente eu sou muito rígida quando se trata de princípios e ideologias… esse ano quero tentar militar de forma mais leve e flexível, buscando angariar adeptos e não afastar pessoas, como eu fazia antes!
    feliz 2018 pra vc com muito envolvimento nas áreas da sua vida!

  3. Thais!!!! também só consegui descobrir minha palavra do ano agora! Acho que iniciei o ano me cobrando de achar a palavra mantra / lema para 2018 e nada aparecia, quando eu menos esperava apareceu : Transformação! Eu quero transformar muitas coisas na minha vida, e venho nesse processo muito intenso desde ano passado, então sinto que faz total sentido de acordo com meu momento atual!
    e olha que coincidência! também estou passando por um ano pessoal 8 ♥ Eu e a minha empresa haha, muito legal saber que vc também está! Adoro demais o Vida Organizada e vc contribui muito pro meu dia a dia ser cada vez melhor! Gratidão!

  4. Thais,

    Seu exemplo é altamente inspirador. Parabéns!
    Minha pergunta é como você consegue conciliar o dia-a-dia do GTD, mais focado no presente, com os horizontes de longo prazo como os que descreveu? Você os inclui nas etapas do GTD ou lhes dá um tratamento á parte?
    Esse tem sido o meu maior problema na implementação do GTD: conciliar as metas e objetivos mais importantes com os projetos diários que, embora mais rotineiros, exigem mais de um passo para sua conclusão.

  5. Oi
    Nossa, vc e a Rita do blog Busy woman and stripy cat estão na mesma onda. Inspirador. Meu lema é “renovo”.
    Abraços,
    Daniela

  6. O meu tema este ano é destralhe. Preciso fazer uma limpa em tudo, retirar o que não uso e me libertar das emoções negativas. 2017 foi um ano de intenso aprendizado e fechamento de ciclos. Vivenciei duas grandes dores, a dor do parto e me tornar mãe e a dor do desencarne da minha mãe. Duas experiências que , no mínimo, bagunçaram a minha vida. O primeiro passo que preciso dar, é arrumar as coisas, e como já aprendi aqui, não conseguimos arrumar bagunça, talvez arrumando a desordem visível, eu consiga arrumar a desordem que está dentro de mim. Muito grata pelo seu blog.

  7. Meu lema é “Eu, primeiro”. Esse ano dedicarei a mim, mesmo com filhos (tenho 3), casa e profissão, mas preciso estar bem e cuidar de mim pra administrar as várias áreas da vida, pois como muitas mães e esposas, esqueço de mim. Agradecida

  8. Meu lema é “Estar presente”. Sinto que perco muita energia em “consertar as ações do passado” e “imaginar como seria o futuro”, e acabo deixando de lado minha vida que está acontecendo agora.

  9. Me inspirando em você, defini um lema para o ano passado, que foi “viver com leveza”. Passei os 12 meses de 2017 com essa intenção e consegui a leveza natural em minha vida. Em 2018, meu lema é “Me posicionar no mundo”. Quero sair um pouco da introspecção e ter mais coragem de mostrar meus pontos de vista e minhas habilidades.

  10. Tenho vivido de forma parecida como Fabiana acima comentou, sendo assim meu lema será me focar no que tenho hoje, esquecer o passado e futuro, agir mais, parar de procrastinar e sentir medo.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui