Como eu gosto de aproveitar a semana entre o Natal e o Ano Novo

7
10336

Esta semana, entre o Natal e o Ano Novo, é basicamente um momento de transição entre este ano e o ano que vem. Por isso, já há alguns anos eu realizo alguns “rituais de passagem” que me ajudam a começar o ano novo mais organizada. Hoje quis compartilhar quais são esses rituais com vocês.

  1. Em primeiro lugar, eu gosto de fazer uma revisão geral do ano que passou. Isso inclui verificar e trabalhar nas últimas pendências, como por exemplo: cancelar contas que são desnecessárias, cancelar assinaturas, finalizar planilhas de finanças. Gosto de revisar o ano que está acabando: que livros eu li, que objetivos eu alcancei, que cursos eu fiz, que projetos eu concluí e as evoluções em todas as áreas da minha vida de modo geral.
  2. Outra coisa que gosto de fazer nesta semana é um faxinão de final de ano em casa. Faço um destralhamento geral, limpo tudo detalhadamente, pois assim acredito que eu renovo as energias do meu espaço para o ano que está chegando. Se você se interesse por esse tema, nesta quinta (28/12) farei uma LIVE no canal do Casa Organizada no YouTube, falando sobre esse faxinão. Participe!
  3. Por fim, outra coisa que faço todo ano nesta semana entre o Natal e o Ano Novo é reinstalar meu sistema GTD. Faço isso para identificar falhas no meu sistema atual e buscar a simplificação de tudo de maneira geral. Desta vez, eu resolvi compartilhar com vocês como eu faço, e por isso comecei ontem uma série de vídeos no canal GTD Brasil, mostrando em um vídeo por dia (até o dia 15/01), como faço essa instalação. Se você sempre quis saber como usar GTD e por onde começar, é um prato cheio.

Enfim, fazer essas três coisas nesta semana é uma boa ideia, porque para a maioria das pessoas é uma semana mais tranquila em que é possível fazer. Especialmente este ano, sábado agora é um bom dia para fazer esse faxinão em casa, para recepcionar o ano novo com as energias em movimento.

E você, como costuma aproveitar esta semana entre o Natal e o Ano Novo?

7 comentários

  1. Oi Thais!
    Me lembro que os japoneses têm esse ritual de mega faxina no dia 31 de dezembro, justamente pra receber um ano novo com energias limpas e renovadas!
    Tudo a ver!
    Ótimo 2018 pra todos nós!

  2. O faxinão e o destralhamento já me planejo para fazer aos poucos desde novembro (pois não consigo fazer tudo de uma vez, infelizmente). Também aproveito para arquivar as contas e documentos do ano no arquivo morto.
    Todos os anos faço este “ritual” rsrsrs
    É libertador, tudo fica mais leve!

  3. Esse ano eu vou fazer diferente. Sempre me preocupei em resolver as pendências antes do ano novo, mas como nem todas dependem só de mim, acabava me frustando ou cobrando demais os outros envolvidos. Agora resolvi apenas passar… o que foi se resolvendo “naturalmente” ótimo, o que ficou por fazer, será resolvido em seu tempo em 2018. Tou focando apenas na alegria de finalizar o ano e a oportunidade de começar um novo, com leveza. Mas concordo demais com a sua filosofia!

  4. Rever o ano que passou e fixar metas é o meu trabalho de ano novo favorito, apesar de ser um pouco depressivo às vezes. Esse ano eu pretendo eu pretendo enviar mensagens para algumas pessoas (estranho, mas venho adiando isso faz tempo). Só resta arrumar coragem para fazer a faxina na casa 😉
    Feliz 2018!

  5. Oi Thais!
    Estou terminando seu livro Casa Organizada, dei também de presente para a minha mãe no Natal. Obrigada =)
    Em relação ao destralhamento de fim de ano, achei no Pinterest (não lembro a fonte, não salvei…) um desafio bem legal, estilo bola de neve: no dia 1º, você dá fim em 1 item; dia 2, em 2 itens; dia 3, em 3 itens, e assim por diante. Para ser honesta, eu não achava que iria engrenar, mas não pulei nenhum dia – já está quase acabando! Ao final, fazendo por 31 dias, são 496 tralhas a menos em casa! Vou fechar 500 porque gosto de números redondos.
    É um alívio ver as tralhas saindo de casa! Doei boa parte, deixei outra em consignação em um brechó, e os inservíveis foram para a lixeira (que dó de fazer tanto lixo, faz a gente repensar muitos hábitos). Gostei muito de começar 2018 em dezembro de 2017, e pretendo fazer o mesmo em dezembro do ano que vem.
    Vou aproveitar o recesso semana que vem para acompanhar a série do GTD! Comprei o livro, mas o marido já pegou para ler (achei ótimo!).
    Obrigada pela inspiração!

  6. Já é costume meu fazer uma faxina na casa. Sou professora e todo ano jogo fora quilos de papéis e livros q servem p sebos eu troco ou deixo p doação. Arrumo todas as gavetas de roupas, deparo as q não uso mais, na cozinha tbm reorganizo potes e panelas. Q venha ano novo com coisas novas.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui