Como limpar a casa quando se tem muitos animais de estimação

13
6785

Ter animais de estimação em casa é uma delícia, mas quem tem sabe que eles acrescentam aí uma boa dose de atividades para a rotina de limpeza da casa. Nós temos mais de um cachorro e, apesar de eles terem uma área externa legal para ficarem, dentro de casa e fora dela existe uma rotina de atividades que precisa ser feita para garantir a casa em um padrão de limpeza legal. Vou comentar neste post um pouco sobre como nós fazemos.

Dividir as tarefas

Acho que dividir as tarefas sempre é algo primordial em qualquer residência, não só quando se trata de animais. Nesse caso, a dica aqui é cada um fazer aquilo que gosta mais e, aquilo que for chato para ambos, dividir em partes iguais.

Aqui em casa, eu adoro passear com os cachorros, brincar com eles, fazer atividades com o Paul junto, enquanto meu marido adora dar banho e cuidar da higiene. Por isso, dividimos dessa maneira. Como dar banho é algo que fazemos em menor frequência do que passear, ele também fica responsável pela compra da ração, biscoitinhos e agrados diversos.

Passeando na casa da vovó: Belinha (cachorra da minha sobrinha), Martha, Petisco e Farofa.
Passeando na casa da vovó: Belinha (cachorra da minha sobrinha), Martha, Petisco e Farofa

A parte mais crítica, como todos sabem, é a limpeza diária do cocô e do xixi. Eles já são acostumados a fazer na área externa, então fazemos da seguinte forma: pela manhã, quando venho ao meu home-office, dou uma geral caso tenha algo para recolher. Também limpo as bacias de água e comida. Antes ou depois do almoço, meu marido faz a limpeza mais geral – que eu repito de noite. E, antes de dormir, se houver algo para recolher, ele recolhe. Está bem dividido assim. Quando ele precisa estar fora o dia todo e eu estou em casa, eu cuido de tudo. O contrário acontece quando eu estou fora.

Em termos de limpeza dentro de casa, não mudou tanto assim a nossa rotina, porque não deixamos que eles subam nos sofás ou fiquem muito andando onde temos tapetes etc. Eu gosto de ter cachorro dentro de casa, mas meu marido não, então vamos nos respeitando dentro dos limites de cada um. Por isso, no geral meu marido fica com as atividades de limpeza do cotidiano aqui em casa, mas qualquer sujeira adicional que tenha vindo dos cachorros é responsabilidade minha. Acho justo!

Então é assim que cuidamos da limpeza da nossa casa com mais de um cachorro. Como todas as outras áreas, se houver divisão, não fica pesado para ninguém.

E você, como administra a limpeza da casa com animais de estimação? Compartilhe nos comentários!

13 comentários

  1. Tenho um gato e um quintal grande. Ele é bem independente, mas acabo sendo a responsável por trocar a água é verificar se ele tem ração. Mas caso a gente esqueça ele mia. Quando dorme para fora também pede para entrar assim que ouve os primeiros barulhos em casa. O maior trabalho é com banhos, pois ele não gosta e lembrar de desverminar , pois fica dentro de casa. Os pelos grandes e brancos que caem pela casa precisam sempre ser aspirados ou varridos. Mas acho que o benefício de tê lo compensa qualquer trabalho. Ele já está conosco há 9 anos.

    • Gato é um bichinho impressionante! Eles são muito mais independentes que cachorros. Obrigada por compartilhar!

  2. Thaís, seus cachorros são lindos!
    Eu tenho um há quase 6 meses. Nós o adotamos, mas na verdade foi ele quem nos adotou (rs). A rotina muda completamente. A limpeza deve ser dividida. Eu por exemplo lavo a varanda e dou banho, o meu esposo passeia muito mais com ele e fica na limpeza diária de coco e xixi. O banho é meu, pela disponibilidade de estar final de semana em casa. O meu cachorro fica na varanda e também entra em casa. Então, tenho que manter a varanda limpa, por que podemos levar sujeira para dentro de casa e por que ele também entra.
    Hoje uso produtos de limpeza bactericida e que eliminam o cheiro. Uso produto de limpeza pesada nas áreas de maior circulação do cachorro área de acesso e circulação da casa, e aspiro o sofá com maior frequência, mesmo ele não subindo no sofá.

    • Sim, exato! O lugar onde eles ficam deve estar sempre limpo para eles circularem pela casa. Isso é muito importante e é uma percepção que a gente só tem quando adota mesmo. Obrigada por compartilhar!

  3. Ah, que delicia de matéria Thaís!
    Seus bebes são lindos!!!
    Temos oito cães em nossa casa. Sendo que dois são especiais, eles tem problemas neurológico e isso dificulta bastante a locomoção deles. Por conta disso o trabalho é dobrado. Meu marido, eu e a nossa filha os amamos muito, então as divisões de tarefas já fazem parte da nossa rotina. Decidimos ter cãezinhos de estimação faz 15 anos, depois que as crianças já estavam crescidas e entendiam que papai e mamãe dividiam tempo e tarefas para tudo. (Hj nosso filho é casado, estamos só com a filhota em casa.)
    Eu levanto rotineiramente às 6hs, limpo os presentinhos da noite espalhados pelo quintal, enquanto isso meu marido já tomou banho, preparou o café e tem sempre um sinal de alerta: TUDO PRONTO! Se não eu fico lá fora. Entro tomo banho, tomamos café juntos… Em seguida, cada um vai cuidar dos seus afazeres.
    Eu sou costureira freelancer, vendedora e mais umas coisinhas, tenho um dia bem corrido. Por escolha e por prazer gosto de ser autônoma, tenho mais tempo para os meus amores. Dou banho, cuido da saúde deles com veterinário, a ração o marido traz e dividimos todas as contas referente a eles, nossa filha tbm participa dessa parte por opção {ela é uma doçura!}
    Moramos em uma cidade deliciosa! Temos uma casa com quintal amplo com bastante espaço para eles. Fora isso reservamos todos os dias um tempo sempre á noite para o passeio na rua, pois aqui é muito quente. Todos saem para o passeio, os especiais vão começar ir tbm, estou adaptando uma bolsa própria para isso.
    Obs. Eles não ficam dentro de casa apenas no quintal. Fico com as portas abertas e eles deitam do lado de fora apenas, foram acostumados a não entrar, só quando damos a vós de comando. Pode entrar e mesmo assim chamando pelo nome. Nossos amigos acham incrível como conseguimos… Na verdade nem nós sabemos! kkkkkk

  4. Oi, Thais. Tenho uma cachorrinha de 5 anos e ela fica dentro do apto. O jornal onde ela faz as necessidades fica na sacada. Então, meu marido fica responsável por tirar o jornal e lavar a sacada todo dia. Eu troco água e coloco ração. Mas quanto ao passeio fica meio dividido, quem chegar primeiro em casa desce com ela. Aí não pesa pra ninguém. Banho a gente dá toda semana e dividimos tbem, fica muito pelo tempo de cada um. A gente passa aspirador duas vezes na semana, mas ea não vai muito pros quartos e só sobe no sofá quando estamos juntos. Ela adora a caminha dela. Agora lembrar de vacina, vermífugo, comprar ração, sou td eu, pq ele é mais desligado rsrs. Mas adoro cuidar daquela bichinha que pula tanto quando chego em casa, a maior felicidade. 🙂

  5. Oi Thaís!
    Tenho um cachorro e quatro gatos, e moro em apartamento. Não é fácil cuidar da limpeza toda, pois moro sozinha, mas como você sempre diz, organização é tudo! Meu cachorro faz as necessidades dele na sacada e os gatos nas caixinhas de areia. Então revezo a limpeza geral da sacada com as caixinhas de areia – faxinão na sacada com água sanitária em uma semana, troca de areia e limpeza das caixas de areia com água sanitária na outra. Aspirador é item básico, tá sempre a mão e limpo tudo toda semana. Meu sofá é de courino, então não junta pêlo, bem fácil de limpar. Uso mantas, que troco toda semana tbm. Recolho os dejetos da areia e troco o jornal todos os dias pela manhã e a noite, e esse é o horário que todo mundo ganha comida e água limpa. Meu cachorro frequenta uma creche canina 4x na semana, então gasta muita energia e não preciso sair pra caminhar com ele, só faço isso nos fins de semana. Dou banho nele em casa, a cada 15 dias, e gatos são animais super higiênicos, então, nem precisam de banho. Uso o calendário do google para marcar as datas de vermifugar e vacinar, bem como o controle de pulgas e parasitas (nos animais e ambiente).
    Ah, meu cachorro também é alérgico a ração, então cozinho toda a comida dele e congelo. Uso aplicativos para lista de compras específicas para ele, cozinho tudo e congelo para 60 dias, mais ou menos.
    Uso a tecnologia a meu favor, e seu blog é fonte de inspiração sempre! Com organização, dá pra fazer tudo isso, e ainda ter muito tempo livre para curtir todo o amor incondicional que meus bichinhos me dão! Dá trabalho, mas a recompensa vem em dobro!

  6. Eu moro sozinha em uma casa bem grande (me separei a pouco tempo) e tenho 2 gatos e um cachorro. Trabalho em casa em tempo integral e estudo a noite. Por sorte meu cachorro só faz as necessidades na lavandeira, na parte externa da casa, e os gatos na caixinha. Meu maior problema com eles na questão de organização é que eles bagunçam a casa toda!!! Os gatos derrubam as coisas no chão e o cachorro faz o resto do serviço! É uma loucura! Como não tenho como chamar uma faxineira agora, acabo fazendo só o que dá no final de semana e as coisas mais urgentes (aka coco e xixi) nos dias que passa o lixeiro, 3 vezes por semana. Não é o ideal, mas é o que eu consigo fazer sem ter ninguém pra ajudar… Não é fácil 🙁

  7. Adorei sua postagem, Thais, também tenho cães e gatos, e a rotina de limpeza e cuidados com eles, que divido somente com minha mãe, é bastante puxada, tentamos dividir como você disse, de forma que não sobrecarregue tanto nenhuma de nós. Dá trabalho, mas adoro meus bichinhos!! E seus cães são muito fofos!!

  8. Eu adotei um recentemente, que vive comigo em uma kitnet. Faz as necessidades no tapete higiênico, que fica no banheiro (não tenho sacada). Troco o tapete a cada dois dias ou menos se precisar e passo um pano com Lysoform no chão, entre as trocas. Faz menos sujeira do que jornal, e preferi (como meu espaço é muito pequeno, tento minimizar sujeiras e cheiros ao máximo). O cocô ele geralmente faz nos passeios, aí recolho, levo para casa e despejo no vaso sanitário. Se ele fizer em casa eu recolho assim que vejo, porque focam bem fedidos.

    Passeio diariamente pela manhã (ele sempre acorda muito agitado, mas é medroso e se assusta com facilidade, então, tento ir sepre bem cedo, quando tem pouco movimento na rua). Quando voltamos para casa, limpo a vasilha de água dele e coloco água fresca. Troco a água quando está de noite também. Preciso sempre passar aspirador de pó, especialmente na cama dele, porque fica cheio de pelos. Faço isso uma vez por semana ou antes, se sentir necessidade.

    Eu mesma dou banho e seco uma vez por semana e devo levar uma vez por mês ao petshop para fazer a tosa higiênica. Ainda não sei com que frequência levarei para o corte dos pelos.

    Para controlar as datas de vacinas, vermífugos, remédios para pulgas, tosas e outras coisas, eu criei uma agenda do Google para ele. Coloquei os itens nas datas certas e pus recorrência quando fosse o caso (Bravecto a cada 3 meses, por exemplo) e pedi um alerta via email uma semana antes e um dia antes. Eu comecei a usar o todoist agora e inclui essas tarefas dele numa pasta específica lá também. Verei com qual sistema eu me adapto melhor, mas acho que tanto faz.

    Ele não é muito bagunceiro, mas sobe nos móveis, revira potes com farelos e até abre os pacotes de petiscos. Então tenho que tomar cuidado para deixar tudo fora do alcance ou em potes que ele não consiga abrir. Isso fez eu limpar a mesa após os lanches e não deixar os potes lá (é organização básica, mas só comecei a fazer depois que cheguei em casa e encontrei toda a louça no chão e “limpinha” rs)

  9. Oi Thais!
    Eu tenho duas cachorras de pequeno porte e moro em apartamento, e aqui funciona exatamente como funciona pra você que tem quintal! Dividindo as tarefas de acordo com o que cada um prefere fazer e assumindo as responsabilidades quando o outro não pode dá pra administrar bem e nunca deixar aquele cheirinho caracterísco tomar conta hahaha!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui