4 dicas de estudos definitivas para 2016

6
3915

dicas-estudos-2016

Um dos assuntos mais procurados e que mais gosto de escrever aqui no blog é sobre a organização dos estudos. Por isso, quis montar este breve guia para mostrar como encontrar os textos relacionados no blog.

1 – Aqui no blog temos um longo histórico de dez anos com textos sobre estudos com foco em concursos, faculdade, idiomas, pós-graduação e vestibular. Como as categorias estão sendo reformuladas, a melhor maneira de encontrar esses posts é utilizando essas palavras-chave no mecanismo de busca. Há muitos textos ensinando a se organizar de acordo com os diferentes momentos de estudos.

2 – Outra recomendação que pode ajudar é conhecer o método GTD, que serve para gerenciar todas as áreas da vida, inclusive seus estudos.

3 – Fazer o curso online Organize seus estudos.

Essas são as dicas que você pode encontrar aqui no Vida Organizada! Bons estudos!

6 comentários

  1. Olá, acompanho o blog desde 2011 mas fazia tempo que nao entrava. Cliquei nos links indicados no item 2, nenhum está mais disponível. Percebi em outros artigos que agora são cobradas coisas que antes eram disponíveis, como planilhas. Não tenho encontrado artigos de cunho mais prático, do tipo ” como usar gtd no papel”. Alguns dos seus artigos novos vem com título prático, mas quando abrimos é apenas ” reflexivo” .Você ” capitalizou” o blog, digamos assim. Esperava por isso quando VC escreveu que viveria dele, acho justo, mas provavelmente você perderá seguidores. Um abraço, boa sorte.

    • Oi Alana, tudo bem?

      Obrigada pelo seu comentário. respeito muito sua opinião. Mas escrevo e produzo conteúdo diariamente há quase dez anos, de graça, para ajudar os leitores do blog a se organizarem.

      Mas este acabou virando também o meu trabalho. As planilhas estão com valor simbólico para download (5, 7 reais), apenas porque são um produto que me ajudam com os gastos de manutenção do blog. Essa prática é realizada por muitos blogueiros.

      Com tantas mudanças de servidor, é normal alguns links darem erro, e se você acompanha o blog com frequência tem acompanhado minha preocupação quanto a isso, sempre oferecendo nos posts sugestões aos leitores para encontrarem tais textos caso esse tipo de coisa aconteça. Muitas vezes, uma simples busca já traz o texto desejado (o que você citou, do GTD no papel, está aqui no blog, como todos os outros). No caso do post acima, ele está enviando para categorias que, como já abordei muitas vezes nos últimos meses, estão sendo profundamente reformuladas. Pedi paciência a todos os leitores, mas os textos continuam aqui.

      Outro ponto também importante é que percebi, amadurecendo meu aprendizado ensinando pessoas diariamente, que “dicas” não resolvem nada. O que realmente resolve é a mudança do mindset, de mostrar como a organização pode ser personalizada e adaptada à vida de cada um. Por isso os textos se tornaram mais “reflexivos”, como você falou. Apesar de que, mesmo com essa mudança de abordagem, todos eles sempre trazem recomendações práticas. Tenho uma imensa preocupação em trazer conteúdo que realmente seja efetivo na vida das pessoas, e não acho que “dicas” façam isso, apesar de serem mais fáceis de ler – mas não vejo ninguém absorver.

      Você disse que faz tempo que não entrava no blog, então peço que, se quiser, dê uma chance a ele. Acompanhe os posts diários. Mesmo quando você não estava acompanhando o blog, eu continuei aqui escrevendo, pesquisando, trabalhando em melhorias no blog, para que leitores como você e todos os outros possam ter uma experiência cada vez melhor e uma transformação efetiva através da organização, diariamente, sem ter que investir nada para isso além de tempo e boa vontade para implementar as sugestões.

      Se, com todo esse investimento de amor, carinho, estudo, esforço etc, eu ainda perder seguidores, faz parte. Não dá para agradar todo mundo. Mas eu certamente ganharei muitos outros, porque sempre haverá pessoas que se identificam com o que você faz, seja o que for.

      Mas obrigada por ter comentado. Você poderia simplesmente ter vindo aqui, ter pensado tudo isso e ter saído, mas quis comentar porque se importa. Então obrigada por me dar a chance de conversar com você. 🙂

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui