Categoria(s) do post: Áreas da Vida

Este post foi baseado em uma dúvida enviada por leitora por e-mail. Quando eu percebo que a resposta possa ajudar outros leitores também, eu posto a resposta no blog, além de enviar por e-mail. Muitos leitores também gostam de ajudar a pessoa que enviou a dúvida. Todos ganham. 🙂

Estou recorrendo ao seu site diariamente.
Sendo bem simplista minha vida em todos os campos esta de cabeça para baixo.
Trabalho 12 horas por dia, e sei que não estou gerenciando bem meu tempo.
Moro com meu marido há quase dois anos, mas acabamos que fazer 4 meses de casado.
E fui surpreendia por ele que é absolutamente organizado que está pensando seriamente em divorcio devido a minha dificuldade de organização e que não sabe como seria se ainda houvesse um filho. Durante o tempo da organização do casamento estava tão voltada para isso q meio que acordamos que ele ficaria um tempo responsável pela casa… casamos e eu continuei deixando com ele ( sem me dar conta)
Minha casa é bem “maquiada” (não há nada fora do lugar), mas semana passada fui seguir sua orientação de limpar cada cômodo…. estou há 4 dias na cozinha tamanha bagunça e sujeira (escondida).
Isso atrasou meu cronograma, até agora só fiz limpeza completa no banheiro e estou nessa odisseia na cozinha. E ainda me resta, sala, 2 quartos e uma pequena varanda.
Sem falar que enquanto isso não posso parar com os demais cômodos que é a rotina semanal.
O local de maior caos real, não maquiado é meu armário e onde coloco meus sapatos. Quando abro tudo vem em cima de mim.
Não tenho empregada e não temos agora condições de fazer isso.
Ele é muito parceiro, lava roupa e eu passo… temos divisões, mas tem dia que estou tão cansada que não dou conta de tudo… e ele sempre dá.
Sem falar que tive empregada a vida toda, e nunca tive a rotina de ter que cuidar de tudo… moro sozinha desde 19 anos, mas sempre tive diarista semanal…. e nunca percebi até então o caos que gero na minha vida e como isso se transmite ao meu dia a dia.
Estou buscando o livro que indicou “A arte de fazer acontecer” David Allen. Pois, me dei conta de que preciso e quero me modificar, ainda que me divorcie (que esta longe de ser minha vontade), contudo, minha vontade de mudar é para mim, não por ele.
Não sei por onde começo… já comecei…. banheiro e cozinha…. mas o fato que não sei como transformar a minha vida… criar uma rotina… to bem perdida… tenho lido muito, mas a pratica é algo que está sendo complicado para mim.
É isso… direção por favor!

Oi Amanda, tudo bem?

Em primeiro lugar, obrigada por me escrever e pela confiança em compartilhar um pouco sobre a sua vida pessoal.

Sei que não é fácil tudo isso que você falou.

Se você me permite um conselho, e acho que sim, por isso me escreveu. Você disse que está procurando o livro do David Allen. Apesar de eu sempre recomendar esse livro, penso que você deva começar com outras coisas mais práticas e efetivas.

Eu sugiro que você comece destralhando a casa, doando, vendendo, se desfazendo daquilo que não precisa ter. Isso deve se tornar um hábito. Todos os dias temos alguma embalagem que ficou vazia, um alimento que estragou na despensa e por aí vai. Quando o “destralhar” virar um hábito, você poderá começar a pensar em todas as outras coisas. Não dá para organizar tralha.

Não sei como é a sua rotina, mas o destralhe vale para ela também. Por que você trabalha 12h? E por aí vai.

Organizar é encontrar soluções. Isso significa entender como funciona a rotina da sua casa. Não tem problema nenhum seu marido cuidar da limpeza, se ele gosta de fazer isso e há um acordo entre vocês dois. A situação ruim é quando um é obrigado a fazer enquanto o outro não faz. Não sei se é o caso de vocês!

Se seu marido pode cuidar da limpeza da casa, você pode se dedicar a outras atividades relacionadas, como fazer uma limpeza mais detalhada (como você comentou sobre a cozinha), cuidar das roupas, da alimentação… sempre há muito a se fazer em uma casa! Nesse momento, identificando o que precisa ser feito, você pode começar a organizar a sua rotina.

Aí sim eu recomendo que você entre com o GTD (e a leitura do livro do David Allen), porque vai te ajudar especialmente a fazer um planejamento semanal legal, levando em conta a realidade de vocês.

No mais, o que me chamou atenção no seu e-mail é como você se cobra. Não se cobre tanto! Pelo que você disse, sua casa parece maquiada para você, então você precisa saber qual seria a situação suficiente para se sentir confortável com ela e buscar soluções para essa situação.

Acompanhando as dicas diárias aqui no blog, aplicando o que serve na sua vida, bem aos poucos, você vai se organizando.

Boa sorte. <3