Minha recomendação para lidar com e-mails e meios de comunicação no geral

Você sabe como se comunicar com as pessoas hoje em dia? Seguem as minhas recomendações pessoais e que tenho recolhido como “bom-senso” em ambiente corporativo e com diversos profissionais.

[quote]Se o assunto for uma ideia, uma dúvida (curiosidade) ou demanda uma conversa mais íntima, converse pessoalmente.

Se o assunto, seja qual for, pode esperar até 48 horas, envie um e-mail.

Se o assunto, seja qual for, pode esperar no máximo 24 horas (até o dia seguinte), envie uma mensagem via What’s App ou SMS.

Se o assunto for urgente e não puder esperar, telefone. Se a pessoa não atender, espere que retorne. Ela provavelmente está ocupada ou simplesmente não está interessada em falar com você. Nesse caso, reavalie a urgência e use os meios acima.[/quote]

Boas práticas relacionadas

  • Procure enviar mensagens de texto, não de áudio. Gravar áudio no What’s App ou no correio de voz é prático para você, mas não para o destinatário. Muitas vezes, sua conexão não permite baixar um arquivo de áudio. Ou ele simplesmente não poderá ouvir tão cedo.
  • Não telefone para pessoas que não sejam da sua família, a não ser que elas tenham dado a liberdade para você fazer isso.
  • Não envie confirmação de leitura no e-mail. Isso mostra que você não confia na pessoa.
  • Não envie assuntos “urgentes” por e-mail ou por qualquer outro e-mail que dependa da disponibilidade da pessoa acessar a Internet, ler, ter tempo etc. Se for caso de vida ou morte, telefone.
  • Se a pessoa não atender seu telefone, não fique retornando em seguida. Ela pode estar em uma reunião, no hospital, concentrada, enfim, impossibilitada de atender. Não seja desagradável!
  • Se você não conseguir retornar para a pessoa em até 48 horas via e-mail, justifique-se. Deve haver algum motivo.
  • Se estiver ausente e não conseguir ler seus e-mails durante 48 horas, crie uma mensagem de resposta automática.

Veja também: 13 boas práticas de e-mails que geralmente não lemos por aí

2 COMMENTS

  1. Eu acrescentaria que se for preciso deixar registrado, enviar um email e ligar.
    Por exemplo, um cliente que ficou de enviar um material para você prosseguir com um projeto. É bom ligar mas tb deixar registrado por email a necessidade do que foi falado ou até mesmo o que ficou combinado por telefone

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Carta da Editora – Maio 2020

Todo mês eu escolho um tema para nortear os conteúdos que serão criados nos diversos canais do Vida Organizada e o tema de maio...
Ler

Veja Também

Série de LIVEs feitas sobre o bem-viver em casa durante a quarentena

Entre os meses de abril e maio eu fiz uma série de LIVEs diárias (foram 28 no total), todos os dias, às...

“Thais, sua família segue a sua dieta?”

Existem algumas perguntas que eu recebo com muita frequência, então, sempre que eu identificar alguma assim, vou criar um post com a...

Sopa de inhame com espinafre e especiarias (vegana)

Seguindo por aqui na pegada de fazer receitas com base em cremes, caldos e purês durante a...

“Hábitos Atômicos” (James Clear)

Mais um livro da série “boas leituras para o período de quarentena”. Tenho lido alguns livros (e relido outros) que eu acredito...

Como eu estudo Ayurveda

Desde que comecei a estudar Ayurveda de maneira mais "oficial", sempre recebo comentários de vocês nas diversas redes sociais perguntando que curso estou fazendo...

Outros artigos como este