Por que resoluções de ano novo não dão certo ou você não consegue alcançar seus objetivos

18
2004

Muito simples.

Porque não adianta ter um objetivo lá na frente se na sua realidade você não faz nada para alcançá-lo.

Mas é fácil para a Thais do Vida Organizada dizer isso. Parece piada pronta.

O que eu quero dizer, e que foi um aprendizado de anos, é que de nada adianta ter um objetivo de vida incrível se você não consegue “domar” o seu dia a dia.

Se sua agenda te devora. Se você está refém dos imprevistos. Se todos os dias se sente estafado/a, como se estivesse faltando tempo o tempo todo.

HNCK5911

O primeiro passo deve ser organizar sua agenda e seus compromissos.

O segundo passo deve ser organizar seus e-mails.

O terceiro passo deve ser aprender a definir prioridades.

Pense assim:

  • Sua agenda deve estar tranquila. Compromissos planejados, tempos para deslocamento estimados, períodos para imprevistos previstos (se não acontecerem, aproveite o tempo livre!).
  • Não dá para fazer tudo de uma vez. Aprenda a priorizar.
  • Negocie suas prioridades com seu chefe, marido/esposa, seja quem for que você “deva” responsabilidades.
  • Seja responsável pelo aproveitamento do tempo da sua vida.
  • Domine seus e-mails.
  • Tenha uma lista de tudo o que precisa fazer. Anote sempre, para não esquecer.

Quando você conseguir controlar o seu dia a dia, vai ficar mais fácil pensar: “ah, agora deixa eu ver qual é o próximo passo deste objetivo aqui”.

Se você não fizer isso, pode se frustrar. E se frustrar é ruim. Faça a coisa certa.

Organização pessoal tem a ver com satisfação e viver a vida como você quer. Não é para engessá-la.

Não adianta traçar objetivos se seu dia a dia não permite que você corra atrás deles – por isso, organize-se. Assuma a responsabilidade. Agora!

18 comentários

  1. Eu já tenho essa organização estabelecida e, ainda assim procuro sempre aprender mais, melhorar (uma das formas é lendo o teu blog!). De qualquer forma, só depois de dar alguma organização à minha vida consegui cumprir meus objectivos. Passo a passo, e com a dita organização, é possível.

  2. “Refém dos imprevistos”: tão eu… Mesmo aplicando o GTD tem dias (vários seguidos, às vezes) que a vida vira um caos por conta dos imprevistos. Um dia ocorreram tantos que eu quase te escrevi contando… Pense naquele dia em que as pessoas próximas tomam decisões que não estavam combinadas, coisas somem, pessoas falecem e você tem que jogar a resolução dos imprevistos para o outro dia… O carro dá problema, o gato foge de casa… Esta está sendo a parte mais difícil de melhorar: diminuir ou lidar melhor com imprevistos.

  3. Falou e disse! Puxão de orelha no tempo certo. Ainda há tempo para fazer. Fico feliz com sua satisfação pessoal expressa em cada post. Inspirador! Sucesso! Um abraço

  4. Organização é o caminho para tirar os sonhos do papel. Prioridade é tudo!!!

    Como o Tim Ferris costuma falar, os recursos que a gente tem são limitados e se você não souber separar as oportunidades “hell, yeah!” das “okay, could be fun” e não aprender a tirar da frente o que é meia-boca, você vive uma vida meia-boca…sem realizar todo seu potencial.

    Primeiro saber o que se tem pela frente. Depois aprender a dizer não.

    Esse é um caminho muito bom pra ser feliz todos os dia em vez de ser feliz quando o verão chegar, na sexta-feira ou “quando eu for magro, bonito e rico”.

    Beijos!

  5. Oi Thais. .conheci o seu blog depois do seu livro e li tbem o livro do David Allen. Esse post veio a calhar,pois eh o q eu estou sentindo . Não sei como começar, já que parece q tenho umas 10 coisas urgentíssimas pra fazer. Eh melhor começar pelos compromissos? E u acho q eu perco muito tempo em função dos meus filhos…tenho 2 filhos pequenos! Acho ótimo seu blog e me identifico muito com ele

  6. Thais, o post foi feito para mim! Outro dia tirei até foto da agenda ( que uso claro ) junto com o caderno ( para traçar os objetivos!projetos) e os bloquinhos que já uso! Mas ainda não foi para frente! frustração aff Obrigada por insistir!

  7. Eu estou tentando,apanhando muito principalmente porque está acontecendo uma chuva de imprevistos,nos últimos dias me senti com estafa mesmo,vendo mil coisas para fazer e eu não estava aguentando,a cabeça pesava muito,e vou ser sincera até para ler o post no blog não dá ,porque eu me senti perdendo muito tempo esses dias e parar me atrasaria, e querer acompanhar as coisas que gosto e não consegui é frustante…Gostei desse post parece para mim,mas gostaria de ler o primeiro,o segundo,o terceiro passo a cima e sinto sem tempo.

  8. Thais, ola!

    Estou cada dia mais conseguido, ter uma organização nas tarefas do meu dia, trabalhar com agenda tenho uma certa dificuldade. Estou usando a agenda google, o problema e que trabalho muito focado, e não observo a hora passar, quando olho relógio levo um susto. Todas a smelhoras graças a todas as dicas e experiências deste blog, muito obrigado, estou começando a sentir uma tranqüilidade e domínio do meu dia.

    Um forte abraço
    Robson

  9. Thais, obrigado pelo “puchão de orelha”! kkk Já comprei seu livro e não vejo a hora de absorver as lições! Abraço!

  10. Talvez eu seja injusta ao dizer isto, com tantos textos bons. Mas, para mim, esta é melhor postagem de todas. A segunda frase definiu o porquê das minhas amarguras… Rsrs. Principalmente na minha vida de concurseira. Obrigada Thais.

    • Concordo, Misleine! Essa segunda frase do post foi um “tapa na cara”… rs A partir de hoje vou perguntar pra mim mesma todos os dias: “O que você vai fazer HOJE para conseguir x, y, z, que você diz querer tanto?”.

  11. Thais muito bom seu trabalho. Leio sempre que posso suas pastagens e é como vc falou não se muda tudo do dia para a noite, a mudança e gradativa. Tem coisas urgentes e prioridades. Assim como as coisas que acontecem inesperadas no dia a dia. A gente vai aprendendo a lidar ao poucos e contar até 10 para não surtar. Cada coisa de uma vez e não adianta tentar fazer mil coisas de uma vez só que não dá. Tenho seu livro e estou aos poucos implantado suas técnicas no meu dia a dia. Parabéns pelo Blog.

  12. Realmente, parece que sempre falta tempo!!!! E assim, caminhamos às vezes sem rumo…. Estou um pouco assim, que projetos ainda não realizados, mas sentido potencial para fazê-los. O que falta? Pensei em sugerir que você escreve algo refletindo estas quatro palavras: Recomeço, Não Desistir, Potencial, Sonho.
    Abraços.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui