Passo a passo: destralhando o guarda-roupa e ficando com o essencial (muitas fotos!)

Essa semana, postei no Instagram do blog passo a passo de uma análise que fiz das minhas roupas e destralhamento do meu guarda-roupa. Gosto de fazer isso de duas a três vezes por ano, geralmente a cada troca de estação mais significativa, para valorizar as peças da estação que está entrando e doar o que eu não uso mais, ou até mesmo verificar o que precisa de reparos. Bem, as fotos estão aí embaixo, com as legendas originais.

Primeiro eu separo as roupas em "estou usando" e "não estou usando".
Primeiro eu separo as roupas em “estou usando” e “não estou usando”.
Para mim, o mais legal desse processo é o auto-conhecimento mesmo. São poucas as peças que usamos mais. Por quê? O que elas têm de especial que as outras não têm?
Para mim, o mais legal desse processo é o auto-conhecimento mesmo. São poucas as peças que usamos mais. Por quê? O que elas têm de especial que as outras não têm?
Cabide para cintos - acho mais prático que colocar em caixas, se você tiver poucos como eu! Comprei esse na Leroy Merlin, mas já vi em outras lojas similares.
Cabide para cintos – acho mais prático que colocar em caixas, se você tiver poucos como eu! Comprei esse na Leroy Merlin, mas já vi em outras lojas similares.

Tudo o que eu selecionei como "estou usando" será analisado antes de ser guardado. Pode fazer com lingeries também? Deve! Calcinhas, cuecas e meias podem ser guardadas em colméias de gavetas.
Tudo o que eu selecionei como “estou usando” será analisado antes de ser guardado. Pode fazer com lingeries também? Deve! Calcinhas, cuecas e meias podem ser guardadas em colméias de gavetas.

Uma leitora perguntou onde encontrar essas colméias. Fiz outro dia um post inteirinho com indicação de lojas de produtos organizadores, dê uma olhada.

Identificou alguma coisa que poderia ter para melhorar a organização? Não pare de arrumar - anote em um caderno e continue trabalhando. Mais tarde, você processa isso.
Identificou alguma coisa que poderia ter para melhorar a organiza̤̣o? Ṇo pare de arrumar Рanote em um caderno e continue trabalhando. Mais tarde, voc̻ processa isso.
Ao analisar as roupas que você está usando, separe em uma pilha aquelas que precisam de reparos - costura, barra, botão, tingir, tirar bolinhas.
Ao analisar as roupas que você está usando, separe em uma pilha aquelas que precisam de reparos – costura, barra, botão, tingir, tirar bolinhas.

Eu costumo tirar as bolinhas com aqueles rolinhos que vendem em supermercados.

Para guardar as que vão ficando, use um dobrador! Facilita muito na hora de deixar malhas, camisetas e blusas do mesmo tamanho na prateleira.
Para guardar as que vão ficando, use um dobrador! Facilita muito na hora de deixar malhas, camisetas e blusas do mesmo tamanho na prateleira.
Antes de dobrar e guardar, você pode separar as peças que fucam em categorias - camisas, calças, blusinhas, casacos, pijamas. Isso vai te dar uma noção de quanto espaço você precisa para cada uma delas.
Antes de dobrar e guardar, voc̻ pode separar as pe̤as que fucam em categorias Рcamisas, cal̤as, blusinhas, casacos, pijamas. Isso vai te dar uma no̤̣o de quanto espa̤o voc̻ precisa para cada uma delas.
Analisando as minhas roupas que ficam, eu percebo que algumas delas estão meio apertadinhas em mim, o que significa que me deixam desconfortável ou não estão vestindo bem. Criei uma pilha para elas e reservei. Daqui a pouco volto nelas.
Analisando as minhas roupas que ficam, eu percebo que algumas delas estão meio apertadinhas em mim, o que significa que me deixam desconfortável ou não estão vestindo bem. Criei uma pilha para elas e reservei. Daqui a pouco volto nelas.
A arrumação por cores vem somente na hora de guardar as roupas no armário... Gosto de começar pela mais clara e ir escurecendo.
A arrumação por cores vem somente na hora de guardar as roupas no armário… Gosto de começar pela mais clara e ir escurecendo.
Muitas pessoas me perguntam se eu deixo calça social junto com calça jeans e a resposta é: sim! Com o passar dos anos, aprendi que não existe esse tipo de diferenciação entre as roupas. Se todas forem boas, você consegue montar excelentes combinações para qualquer ocasião.
Muitas pessoas me perguntam se eu deixo calça social junto com calça jeans e a resposta é: sim! Com o passar dos anos, aprendi que não existe esse tipo de diferenciação entre as roupas. Se todas forem boas, você consegue montar excelentes combinações para qualquer ocasião.

Uma leitora me perguntou se eu não passo as roupas, e a resposta é: só passo quando vou usar, e se precisar. Eu perdia muito tempo antes passando roupas e eles acabavam até amassando no armário, porque eu demorava para usar. Agora, venho comprando roupas que não precisam ser passadas e, as que precisam, passo uma vez por semana, de acordo com o que pretendo usar (sim, eu faço esse leve planejamento de acordo com os meus compromissos).

O que eu acho legal dessa fase são as conclusões que a gente chega, tipo... "Nossa, como eu gosto de blusinha listrada, tenho um monte! Não preciso mais comprar blusas desse tipo" ou "Amo essa blusinha verde, então eu sei que uma camisa nesse tom pode ser uma boa aquisição para mim".
O que eu acho legal dessa fase são as conclusões que a gente chega, tipo… “Nossa, como eu gosto de blusinha listrada, tenho um monte! Não preciso mais comprar blusas desse tipo” ou “Amo essa blusinha verde, então eu sei que uma camisa nesse tom pode ser uma boa aquisição para mim”.
Das roupas que eu uso, já separei algumas para doar.
Das roupas que eu uso, já separei algumas para doar.
Agora é a parte mais divertida: analisar as roupas "não estou usando". Não é tão simples quanto "doe tudo" - cada roupa não vem sendo usada por um motivo. Não é a estação dela, por exemplo, ou falta fazer uma barra, arrumar um botão... Vou separar em pilhas agora. Já falo como!
Agora é a parte mais divertida: analisar as roupas “não estou usando”. Não é tão simples quanto “doe tudo” – cada roupa não vem sendo usada por um motivo. Não é a estação dela, por exemplo, ou falta fazer uma barra, arrumar um botão… Vou separar em pilhas agora. Já falo como!
Estou separando as roupas "não uso" nas seguintes pilhas: fica feia no corpo, puída, é de outra estação, apertada, quero pensar melhor, vou usar agora no calor.
Estou separando as roupas “não uso” nas seguintes pilhas: fica feia no corpo, puída, é de outra estação, apertada, quero pensar melhor, vou usar agora no calor.
Lembrem-se que as pilhas de precisa reparos e a de doação continuam a todo vapor!
Lembrem-se que as pilhas de precisa reparos e a de doação continuam a todo vapor!
Criei outra pilha: não combina mais comigo. Depois vou dizer o que fazer com cada uma delas.
Criei outra pilha: não combina mais comigo. Depois vou dizer o que fazer com cada uma delas.
Essa é a pilha das roupas que eu não uso porque ficam feias no meu corpo. Nem vou olhar de novo - separei pra doação direto! Já coloca num plástico pra nem olhar de novo e recuperar por dó coisa que você nunca vai usar!
Essa é a pilha das roupas que eu não uso porque ficam feias no meu corpo. Nem vou olhar de novo – separei pra doação direto! Já coloca num plástico pra nem olhar de novo e recuperar por dó coisa que você nunca vai usar!
Puídas eu não tenho muitas. Coloco pra doação também. Elas não estão ruins - eu apenas não quero usar roupas puídas, mas alguém pode precisar delas.
Puídas eu não tenho muitas. Coloco pra doação também. Elas não estão ruins – eu apenas não quero usar roupas puídas, mas alguém pode precisar delas.
Tenho aqui uma pilha de roupas que não estava usando porque são de outras estação. Vou guardá-las junto com as outras.
Tenho aqui uma pilha de roupas que não estava usando porque são de outras estação. Vou guardá-las junto com as outras.
As roupas que não fazem mais meu estilo também vão para doação...
As roupas que não fazem mais meu estilo também vão para doação…
As roupas que precisam de reparos eu guardei em um porta-lençol e vou deixar na área de serviço. A ideia é incomodar mesmo, para que eu possa levar na lavanderia assim que sair de casa. O que sobrar (porque precisa ser feito em outro lugar, ou são pequenos reparos, repito o procedimento).
As roupas que precisam de reparos eu guardei em um porta-lençol e vou deixar na área de serviço. A ideia é incomodar mesmo, para que eu possa levar na lavanderia assim que sair de casa. O que sobrar (porque precisa ser feito em outro lugar, ou são pequenos reparos, repito o procedimento).

Esse porta-lençol eu comprei na Leroy Merlin. Não recomendo… fica bem amassado e feinho. Vou usando enquanto não compro outro.

Uma leitora recomendou o uso de embalagens a vácuo. Eu já conheço esse produto, mas confesso que acho muito feio e desesperador, sabe? Poxa, tenho tanta coisa assim que, para caber na minha própria casa, preciso embalar a vácuo? Prefiro reduzir e deixar em compartimentos mais adequados.

Eu tenho uma pilha de roupas aqui que eu julguei que mereciam uma segunda chance, por qualquer motivo... Vou analisá-las de novo e decidir o que realmente quero manter e que vale a pena. Mas olha, tem que analisar caso a caso e ter parcimônia aqui!
Eu tenho uma pilha de roupas aqui que eu julguei que mereciam uma segunda chance, por qualquer motivo… Vou analisá-las de novo e decidir o que realmente quero manter e que vale a pena. Mas olha, tem que analisar caso a caso e ter parcimônia aqui!
As roupas que estão um pouco apertadas eu vou guardar na parte de cima do guarda-roupa, em um porta-lençol. Mas atenção! Isso só vale se você estiver em processo de emagrecimento e por tempo limitado! Se em um ano você não tirar nenhuma roupa dali, doe tudo!
As roupas que estão um pouco apertadas eu vou guardar na parte de cima do guarda-roupa, em um porta-lençol. Mas atenção! Isso só vale se você estiver em processo de emagrecimento e por tempo limitado! Se em um ano você não tirar nenhuma roupa dali, doe tudo!
Também vou guardar na parte de cima do guarda-roupa, em um porta-lençol, as roupas de frio que não vou mais usar daqui para a frente. E olha que legal: dá para colocar peças daquela primeira seleção também (as que estão em uso).
Também vou guardar na parte de cima do guarda-roupa, em um porta-lençol, as roupas de frio que não vou mais usar daqui para a frente. E olha que legal: dá para colocar peças daquela primeira seleção também (as que estão em uso).
Como é bom ir vendo o resultado.
Como é bom ir vendo o resultado.
Bora fazer o mesmo com os sapatos? Usa ou não usa?
Bora fazer o mesmo com os sapatos? Usa ou não usa?
Final - Parte 1
Final – Parte 1
Final - Parte 2
Final – Parte 2

O “antes” estava bem parecido – só tinha mais roupas. Tirei dois sacos grandes de roupas, bolsas e sapatos, todos separados para doação.

Espero que tenham gostado do meu passo a passo compartilhado. 🙂 Para ver em tempo real, siga o blog no Instagram!

Obrigada por tudo, pessoal.