Áreas da Vida

Depoimento da leitora: “Por onde começar a arrumar a bagunça?”

Frequentemente eu recebo comentários de leitores que me contam como blog tem ajudado a melhorar alguns aspectos de suas vidas. Esses comentários me deixam muito comovida. Agradeço imensamente esse carinho que vocês têm ao compartilhar um pouco da vida de vocês comigo.

Algumas vezes, sinto que esses relatos podem ajudar outros leitores também. Nesses casos, peço autorização da pessoa para publicar o depoimento em formato de post. Espero que vocês gostem tanto quanto eu.

Segue hoje o depoimento da leitora Tais Lopes:

[list]Oi Thais.
Eu queria muito lhe enviar um depoimento para o seu e-mail mas como é só comercial e você pede para colocar nos comentários, aqui vou eu!

Sou a Tais Lopes, tenho 38 anos, sou casada há quase 7, temos 3 filhos e gostaria muito que você conhecesse a minha história, resumida pois não pretendo “te encher” com meus dramas de novela mexicana.
Tenho depressão há quase três anos com raros “dias de melhora” (como eu chamo aqueles dias que parece tudo estar melhorando mas no dia seguinte volta ao que era: tristeza sem fim e vontade nenhuma para fazer qualquer coisa que possa imaginar). Há alguns meses minha filha mais velha (6 anos) olhou para mim (um corpo atirado no sofá que nem sabia o estava vendo na tevê e só sabia montar uma tal de “cidade/fazenda” no celular) e perguntou sem pestanejar:
– Mãe, por que tu não toma mais banho?!
Assim, na lata! Naquele momento minha reação mais rápida foi mentir… Infelizmente:
– Como assim? Tomo banho depois que vocês estão dormindo…
Com um aperto no peito por conta da pergunta, cheguei a ter ânsias antes de dormir. Depois que meus três filhos pegaram no sono resolvi fazer a mentira virar verdade, criei coragem e fui ao banho.
Depois de um banho ma-ra-vi-lho-so e “ressuscitador” lá estava eu sentada no sofá, olhando ao redor aquela ZONA GENERALIZADA: chão sujo, um sofá desaparecido debaixo de uma pilha gigantesca de roupas, coisas amontoadas por todos os lados a pia tão cheia de louça suja que se precisasse de qualquer coisa (prato, panela ou talher) eu precisaria lavar pois estava na pia e não no armário… Pensei: Preciso dar um jeito nisso, caso contrário não me recuperarei nunca! Mas por onde começar???
E foi essa pergunta que fiz ao Google: Por onde começar a arrumar a bagunça?
E adivinha?!?!?!
O primeiro site/blog a aparecer foi o Vida Organizada que li-te-ral-men-te me tirou do buraco (ou poço).
Em primeiro lugar: viciei no blog.
Em segundo lugar: já acordei com ânimo pra botar ordem na bagunça.
Em terceiro lugar: minha filha, além de dizer que eu fiquei com cheirinho de mãe de novo (chorei, né?!), sem que eu pedisse, arrumou a própria cama e a minha. Foi do jeitinho dela mas a parabenizei, agradeci e não refiz.
Parece que esse “negócio de organizar” contagia! Só não contagia o meu marido… hahahaha
Estou escolhendo as brigas que quero brigar (é mais ou menos isso, né?!) e juntando os brinquedos das crianças quando eles cochilam ou depois que vão dormir, senão passo o dia inteiro de bumbum pra cima juntando brinquedos.
Bem… antes mesmo de seguir qualquer método, só a leitura das tuas ideias e instruções já me deu um fôlego pra pôr a mão na massa.
Lavei a louça por 15 minutos, o que melhorou muito o estado da minha pia e minha autoestima.
Acabei com a desordem visível…
E encontrei um sofá debaixo daquela pilha de roupas acumuladas!
Desde 15 de setembro tive uma grande evolução. Até consegui sair de casa com meus dois filhos mais velhos.
Agora minha casa está dividida por zonas, me esforço para cumprir as missões da FLY Lady (encontrei um blog que traduz tudo!) mas o que eu gostaria mesmo de dizer é que o meu primeiro hábito adquirido foi o de limpar a pia do banheiro e o espelho logo que escovo os dentes.
Sou muito grata a você e ao seu trabalho. Até pensei em escrever um blog do tipo: como saí do fundo do poço com a ajuda do Vida Organizada… mas bisbilhotando na internet percebi que tem muuuuuita coisa assim e estou repensando a ideia.

Era isso!
Tenho depressão, minha casa e minha vida estavam um caos absoluto até que encontrei seu blog que me fez ver que há vida fora do poço e eu devia sair de lá…
Ainda estou “escalando” para sair totalmente e a melhor mudança que me aconteceu não dá pra ser vista, pois desde setembro eu não penso mais em morrer…

Muito obrigada, do fundo do coração. Teu trabalho e o modo como descreve a facilidade nas coisas (nós é que complicamos!) abriu-me os olhos para muitas outras coisas além da organização da casa.

Parabéns e sucesso sempre! Você tem meu respeito.

Um grande abraço.
Tais Lopes.[/list]

Envie seu depoimento também deixando um comentário no blog. Eu leio todos!

Obrigada por tudo, pessoal.

115 Comments

  1. Emocionante! Parabéns, Thais! E acho que isso é só uma amostra do que o seu trabalho faz conosco. Muito obrigada pelo seu trabalho e por esse blog incrível.
    Abraços

    1. Eu que agradeço vocês por me darem a oportunidade de falar sobre isso.

  2. Gente que historia maravilhosa.
    Imagino como ela se sente,deve estar mais viva,mais mulher e ainda saiu cm os filhos.
    Essa pode-se dizer que é uma guerreira de verdade.

    Adorei o Blog
    Beijos Tati <3 http://depoisdodomingo.blogspot.com.br/

    1. Tais Lopes says:

      Com certeza, Thatiane. É exatamente como me senti: mais viva, mais mulher e menos inútil!
      E continuo lutando…
      Muito obrigada.
      Beijo
      Tais Lopes.

  3. Gente, chorei! Que coisa linda!!!

    Tenho uma mãe que tem depressão há anos e ela também tem esses ‘picos’ de estar bem e depois afundar e a casa nunca mais teve aquele cheirinho de mãe, como a filha dela comentou. Já pensei em dar um toque, mas quando você já tem a própria família se ‘meter’ na família dos outros, mesmo sendo minha mãe, fica dificil né?

    Fora que ainda estou organizando a minha vida. Fica dificil então querer mudar o mundo, quando temos de mudar o nosso mundo. Também uso o FlyLady e é libertador! Em todos os sentidos! Minha vida profissional estava estagnada, meus estudos parados, minha casa um CAOS. Meu casamento indo por água abaixo por causa dessa desorganização toda. E puft! Apliquei a pia brilhando e os 15 minutos de declutter e tudo começou a fluir!

    Thais Lopes, sabe o mais lindo disso tudo? O FlyLady e o VO te ajudaram, mas foi o amor pelos seus filhos que te impulsionou mais ainda! Forças!!!

    Beijão, Thais(es) rs.
    Fontes e fontes de inspiração!

    1. Tais Lopes says:

      Oi Evelyn.
      Infelizmente o “dar um toque” tem o efeito desejado… Às vezes recebemos como crítica e a situação pode piorar como um tiro pela culatra! Comente que sente falta de algo que ela costumava fazer e não faz mais (isso sempre mexia comigo e ainda mexe)… É preciso tato. Fale sobre o método FLY Lady e convide-a para praticá-lo com você. Talvez funcione…
      E você tem razão, mais do que o amor pelos meus filhos foi o amor DOS meus filhos que me manteve viva até hoje.
      Melhoras para a sua mãe.
      Beijo
      Tais Lopes

  4. Flavia Spazzapan says:

    Oi Thais…

    Uaal… =O
    Fiquei assim quando li o depoimento!

    Quando falo a respeito da importância da organização com a maioria das pessoas elas (por mais que não falem) demostram um ar de “bobeira”, “tenho mais o que fazer”, “isso é paranóia”… E por aí vai…
    O depoimento da Thais Lopes deixa claro que os benefícios de uma vida organizada vai muito além de só “saber onde estão as chaves do carro”. Queria que muita gente lê-se isso!

    Recebi seu livro e estou literalmente comendo ele rs, preenchendo cada exercício que você propõe (claro que não no livro, tenho dó de riscá-lo porque ele tá lindão!!)… E o melhor de tudo… As idéias estão saindo do papel e se tornando atitudes! Obrigada…

    Desejo tudo de bom a você Thais!
    Beijos

    1. De acordo, Flávia. Organizar a vida vai muito além do que a maioria das pessoas pensa.

    2. Tais Lopes says:

      Oi Flávia.
      Se quer que muita gente leia faça com que aconteça, publique, mostre…
      Nunca se sabe a quem podemos ajudar ou pelo menos inspirar…
      Um beijo.
      Tais Lopes

  5. A Tais Lopes eu quero dizer que continue perseverando… a vida, embora seja composta por altos e baixos, ela mesma nos traz condições para superarmos todas as dificuldades… isso pra mim é aprendizado… são nas dificuldades que conhecemos mais sobre nós mesmos e vemos o quanto podemos ser fortes.
    A Thais Godinho quero mais uma vez agradece-la por sua disposição em ajudarnos com essas dicas que mesmo parecendo simples e pequenas, tem feito uma diferença enorme em nossas vidas. Comprei o seu livro e leio diariamente… Excelente!!!! Vlwwwww…

    1. Tais Lopes says:

      Oi Claudiana.
      Continuarei perseverando sim!
      E concordo com você.
      Muito obrigada.
      Beijo.
      Tais Lopes.

  6. Carla Corrêa says:

    Olá Thaís

    Muito bom mesmo o depoimento. Um conselho que dou para Tais Lopes, escreva o blog sim, não importa que na internet tem muitos, se te fizer bem faça, pois também vai ajudar a outras pessoas que estão em situações parecidas.
    Parabéns Thais por ajudar tantas pessoas.
    Beijos …

    1. Tais Lopes says:

      Oi Carla.
      Muito obrigada pelo incentivo! O problema agora é escolher um título para o blog…
      Um beijo
      Tais Lopes

      1. Carla Corrêa says:

        Oi Tais !!!

        Quando fizer passe pra nós, com certeza você terá muitos leitores daqui.

        Beijos …

        1. Tais Lopes says:

          Com certeza!

  7. Me identifiquei muito…a diferença é que não tenho filhos, mas passei quase dois anos assim, arrumava o que podia só para não ouvir meu marido dar sermão rsrsrs

    O Vida me ajudou muito e decidi criar um “blog” pra desabafar, é todo anônimo assim as mulheres ( e homens) que vivem essa situação podem escrever sem ser julgados…
    Quando decidi que tinha que me levantar da cama, muita coisa boa aconteceu, a melhor delas foi um emprego, tudo que tive que fazer foi mandar 1 currículo! 2015 vai começar muito feliz pra mim!
    beijoooooos

    http://www.aesposaconcurseira.blogspot.com.br

    1. Obrigada por compartilhar!

    2. Bacana a idéia do seu blog, Ju.. mas abra-o para comentários anônimos, já que você diz que essa é a proposta do blog! Fica a dica! E que bom que vc está dando a volta por cima!

  8. Muito emocionante o relato da Taís, obrigada por compartilhar!

    beijos

  9. Nossa, que história incrível!

    Taís, parabéns por ter conseguido se levantar! A depressão é uma doença muito séria, eu fico muito feliz ao ler relatos como o seu, que mostram a recuperação e o entendimento da situação. Parabéns por estar subindo pelas paredes desse poço. Desejo muito sucesso para que você consiga chegar ao topo logo, parabéns pela sua força!

    Thais, seu blog é incrível demais! Olha só o que ele consegue fazer, menina! Seu trabalho é incrível, e ajuda as pessoas a organizarem suas vidas, seus pensamentos, tudo que é necessário para aos poucos atingir a sensação de tranquilidade que a gente chama de felicidade, aquele estado de espírito que faz a gente pensar que consegue tudo o que quiser (e consegue mesmo!). Parabéns pelo seu trabalho!

    Beijos!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Stephanie. Todo apoio é sempre bem-vindo.
      Beijo.

  10. Depoimento comovente. Força Tais Lopes. E assim que se começa, um dia vc sobe dois degraus, no outro desce um, mas tem que perseverar.
    Parabéns Thais, vc também tem o meu respeito. bjs

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada Stephanie! Todo apoio é sempre bem vindo.
      Beijo.

    2. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Renata. É isso mesmo! Beijo.

  11. Estou me inspirando… espero poder voltar com novidades em breve, porque preciso MUITO me organizar com exatamente TUDO na minha vida!

  12. Cristiane Pereira Novais says:

    Muito tocante esse depoimento. Fiquei bem comovida, pois isso é uma prova de como pequeníssimos gestos podem fazer uma enorme diferença na vida das pessoas sem que a gente perceba a olho nu.

    Parabéns para a Tais Lopes – e avante! (não desanime com o fato de ter muuita coisa na internet falando sobre isso, faça o seu que será um prazer pra gente ler tudo e a sua evolução).

    Obrigada para a Thais Godinho, minha inspiração diária para sair da bagunça rs rs – Seu blog é minha página principal do meu navegador, e tem me ajudado muito, muito mesmo.

    Beijos.

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Cristiane. Já estou providenciando. Acho que vai ficar legal…
      Um beijo.

  13. Que feliz! Parabéns Taís, ter esse tipo de força, de reação e uma vitória! Mantenha-se motivada! A vida vale mais que nossa tristeza!

    E parabéns, Thais, pela construção de um trabalho bonito, útil e que motiva tanta gente!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Carol pelo apoio e incentivo. Isso ajuda ainda mais!
      Um beijo.

  14. ANA LÚCIA says:

    Que depoimento lindo! Amei… quanto a ficar viciada no Vida Organizada… normal..rsrsrsrsrs!

  15. Acho que é coisa de Tais escrever e tocar o coração da gente..parabéns Thais Godinho por teu site maravilhoso que só me acrescenta e parabéns Taís Lopes por teres coragem de resgatar tua vida! Beijus e fique bem..ah amei a sugestão do teu blog iria te seguir com certeza

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Lauisa. O blog já está sendo elaborado e logo que escolher um “nome” divulgarei aqui nos comentários.
      Um beijo.

  16. Acho que além de mim, muitas outras leitoras estão orgulhosas de você, Tais!!!
    Continue assim, é muito bom a gente encontrar uma motivação pra começar essa mudança toda..

    Sempre que minha depressão “ataca”, dou um jeito de limpar a casa (mesmo que seja uma limpadinha e uma escondida na bagunça).. Só de ficar tudo cheirosinho e com aparencia melhor, surge aquela motivação de continuar fazendo melhorias a cada dia que passa…

    Beijos!

    1. Tais Lopes says:

      Só tenho a agradecer, Juliana. Um beijo.

  17. Ai, gente, eu sou chorona. Tô chorando aqui.

    Quando o trabalho que a gente faz é útil, nada mais importa. É bom que dá um up no nosso senso de propósito.

    Organização é um ótimo combustível para desânimo. A recompensa de ver tudo ajeitado, ou melhor do que estava, faz com que a gente fique mais cuidadoso, atento, motivado a arrumar. Espero que a Tais descubra também o poder da disciplina. Ser disciplinado e determinado e continuar consistente na prática é o caminho para a satisfação. Isso eu aprendi com você, Thais!!!!

    Parabéns e obrigada pelo ótimo trabalho.

    1. Tais Lopes says:

      A disciplina, determinação e consistência estão entre meus objetivos para que outra recaída não acabe comigo de novo. Muito obrigada pelo apoio. Um beijo.

  18. Ana Carolina Souto Maior Bernini says:

    Lindo depoimento! Estou emocionada.

    A organização é algo fantástico mesmo, que transforma a vida das pessoas. É isso que me faz tão apaixonada por organização.

    Thais Godinho, parabéns por conseguir transmitir com simplicidade e entusiasmo as maravilhas da organização e tocar o coração e a vida de tantas pessoas. Como já disse uma vez, você me inspira.

    Tais Lopes, estou na torcida por sua total recuperação. Você consegue! E, parabéns, por suas vitórias! Você merece!

    Paz Profunda às duas!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Ana Carolina. Tem sido ótimo receber todo esse apoio de pessoas que não me conhecem mas me entendem e não me julgam.
      Um beijo.

  19. Emocionante! De encher de lágrimas os olhos…
    Imagino que pra você não exista gratificação maior!
    beijos

  20. Eu já havia lido esse comentário e o pedido de autorização, então estava só esperando o post sair para comentar também!
    Eu me emocionei muito com a história, pois também tive episódios de depressão. Não diria que sei o que ela passou, pois cada um sente e passa por isso de uma maneira, mas entendo e me solidarizo muito! Se essas coisas existem mesmo, eu gostaria de enviar muitas energias positivas para a Taís, pois sei como é difícil! Parabéns, você é uma guerreira!

    Na verdade, talvez eu lute a vida toda com uma tendência a ficar deprimida mas, depois de tratamentos e recaídas, o que mudou muito a minha vida foi ter conhecido a terapia cognitivo-comportamental. Eu tomava remédios e tentava as terapias convencionais, mas não me adaptava. Nas épocas de crise forte, fazer terapia na linha de psicanálise, por exemplo, me deixava muito muito (mas muuuuuito) pior, mas era o que eu conseguia em atendimentos gratuitos. Até que o meu psiquiatra me recomendou alguns livros de terapia cognitiva-comportamental e aquilo tudo fez muito sentido para mim. Bom, não sou psicóloga, sou apenas curiosa, e de maneira nenhuma eu quero dizer que outras linhas de terapia não funcionam e, muito menos, que a leitura de material destinado ao público leigo pode substituir um profissional, hein? O que eu quero dizer é que, para mim, o que funcionou foi o tratamento com remédios aliado a muitas leituras (pois eu não podia pagar terapia na época) que explicam a depressão do ponto de vista da terapia cognitivo-comportamental. De forma muito superficial, essa abordagem enfatiza a importância dos PENSAMENTOS sobre a forma como as pessoas se sentem e se comportam. Assim, para tratar a depressão é preciso investigar que pensamentos (e, no fundo, que crenças) que a pessoa tem e que a levam a ficar mal. Não dá para explicar aqui, mas eu sugiro muito esse blog: http://anacarolinakley.blogspot.com.br/ (Pensando bem) e esse livro: http://ctcmarilia.blogspot.com.br/2013/04/cap1-mente-vencendo-o-humor.html

    A parte dos pensamentos seria a parte “cognitiva” da história. A parte comportamental está relacionada a adoção de comportamentos mais produtivos e voltados à resolução dos problemas práticos das pessoas. Acho até que o depoimento da Tais entraria nessa categoria: mostra que a organização (comportamento) pode te ajudar a sair de um círculo vicioso: você não consegue fazer nada pois está doente, se sente pior ainda porque vê a sua vida saindo do controle, aí que não consegue fazer nada mesmo, e assim vai… Quando a gente consegue quebrar esse círculo mesmo que seja um pouquinho (fazendo 15 minutos de alguma atividade), a sensação de bem-estar te ajuda a se sentir um pouco melhor… e talvez você queira fazer mais um pouco de alguma outra coisa e, à medida que você percebe que retomou algum controle da sua vida, as coisas vão melhorando!!! É tão bom!

    Enfim, o que eu queria dizer mesmo é que, no meu caso, conhecer essa abordagem tem me ajudado bastante a evitar as recaídas (há anos não tomo remédios). Quando eu percebo que o meu humor está mudando e que alguma coisa não está legal, eu já procuro aplicar algumas técnicas. Quem sabe pode ajudar mais alguém, não é???

    Um beijão!

    1. Tais Lopes says:

      Uau, Li! Adorei tudo! O apoio, o incentivo, a preocupação, as indicações… E quando você mencionou o círculo vicioso falou sobre mim claramente!!! Muito obrigada!
      Um grande beijo.

  21. Querida Thais fiquei emocionada ao ler esse lindo relato, imagino como deve ser gratificante para vc receber um retorno assim, saber que faz diferença na vida de alguém, nossa presente melhor não há. Continue semre com seu dom, com seu trabalho com sua magia,,,ela faz bem a todos nós com certeza, parabens vc meerece bjus
    http://www.antestardedoquenunca1.blogspot.com

  22. Nossa, que depoimento lindo!!
    Nunca tive depressão, mas imagino que deve ser uma vitória magnífica se ver saindo de uma crise com força e determinação, cada dia aos pouquinhos, dando um passo atrás do outro.
    Também me inspiro muito com o Vida Organizada e é um vício muito bom querer sempre entrar aqui para ver se tem novidade.
    Obrigada pelas dicas, Thais!

  23. Queila Lins says:

    Gente, chorei !!!
    Há mais ou menos um ano acompanho o Vida Organizada e nunca comentei, mas hoje foi mais forte. Que história linda !!! Me coloquei no lugar de cada um dos personagens dessa linda história real. Força Tais !!! Faça sim um blog pra você, sua história é única mesmo que parecida que muitas outras, faça por você, por seus filhos e por seu marido e não pensando no que tem por aí, você vai ver como isso vai te ajudar a sair dessa para sempre. Thais, minha linda, você é a responsável por isso tudo. Parabéns !!!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Queila. Já estou providenciando e logo divulgarei aqui nos comentários. Um beijo.

  24. Que lindo, fiquei emocionada! Parabéns Thaís e Taís!

  25. Que legal esse depoimento…
    Não tenho depressão mas tenho amigas que tem e sei como isso é destrutivo… mas seu blog é positivo e isso ajuda sim muita gente.

    Parabéns! para Thais do blog e para a Tais do depoimento que teve a determinação e a vontade de por em pratica suas sugestões.
    Força para ela!!!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada Fabiana!
      Um beijo.

  26. Este depoimento me emocionou, que mulher forte apesar da depressão. Com depressão dar o primeiro passo é tão difícil, conheço pessoas que tem.

    Parabéns Taís Lopes por ser uma mãe amorosa e fazer com que a sua filha tenha orgulho de você, isso é um sentimento muito importante. Parabéns também por amar os seus filhos e tomar uma atitude por eles. E sobretudo, parabéns que apesar da depressão você se ama e se aceita assim como é, isso faz toda a diferença. Já já você vai dar tchau para essa monstra e ela vai ficar lá longe no passado.

    Thais Godinho, histórias como essa demonstram que você está na missão certa, quantas pessoas já salvou. Parabéns, mais uma vez, pelo seu magnífico trabalho. Sabe que sou fã de carteirinha. Estive em São Paulo e ficava olhando bem as pessoas na rua para ver se não era você kkkkkkkk encontrar alguém em Sampa na rua deve ser como ganhar na Mega Sena. Não te encontrei, mas encontrei o Alexandre Padilha kkkkk.

    1. Tais Lopes says:

      Seu comentário também me emocionou… Muito obrigada, Karoline.
      Um beijo.

  27. Que lindo, Thais!

    Me emocionei ao ler o depoimento!
    Será que você tem noção do alcance do seu trabalho?
    Depois de conhecer o blog, organizei minha casa, doei 70% do meu guarda-roupa, mudei de emprego e conheci o Willian Douglas (hahaha!!).

    Por isso que dou o VO de presente e indico para todos que estão por aí “perdidos na desordem”, percebi que, ao organizar minha casa, transformei a minha vida…

    Obrigada, sua linda!

    Muito amor pra você!!!

    1. Adorei o “conheci o William Douglas” haha
      Obrigada, Martha. Esta é a razão do meu trabalho.

  28. Tais Lopes says:

    Olá Thais!
    Só tenho a agradecer mais uma vez por seu carinho e dedicação às pessoas que nem conhece e faz tão bem.
    Infelizmente tive uma recaída mas não esmoreci… Continuo lutando a cada dia! E todos esses comentários de apoio só ajudam!
    Sou grata a todas!
    Um beijo
    Tais Lopes.

  29. Thaís que história! Fiquei até sem ar sabe… esta pessoa pode ser nossa mãe, nossa avó, nossa irmã, e a gente nem sabe… :/
    Isto só comprova minha teoria que abraço com força, de que, antes que querer mudar o mundo, devemos dar três voltas em nossa casa. É o que sempre digo as pessoas que não valorizam a organização. Já adorava seu trabalho, agora admiro mais ainda pois vemos o quanto isto pode mudar a vida das pessoas. Espero que esta senhora que te escreveu esteja bem e mantenha tudo positivamente.

  30. Adriana Nitske says:

    Chorei, chorei ao ler e reler o depoimento.
    Me enxerguei muito no depoimento da leitora, passei por esses momentos, estou numa nova fase, bem melhor. Reconheço que tenho muito a fazer, mas diariamente faço um esforço enorme e já vejo resultados.
    Obrigada por compartilhar estes depoimentos, são super importantes para nos animar.
    Bjs,

  31. Muito emocionante!! Obrigada por compartilhar Tais Lopes! Tenha certeza que você incentivou muita gente a escalar as paredes desse poço!
    Obrigada Thais Godinho por nos inspirar todos os dias e por jogar a corda para nos ajudar nessa escalada.

    Bjus
    Ju

  32. Roberta D'Ávila says:

    Chorei!!! 👏👏👏👏

  33. Cida Moraes says:

    Acredito que só temos a agradecer você Thais. Dedicação e amor no que você faz transforma pessoas.
    Parabéns!!

  34. Parabéns as duas! As vezes o que precisamos e um norte, um caminho para se olhar e saber por onde e para onde começar a dar os primeiros passos.
    Eu tenho dificuldade em manter as rotinas de organização, mas a cada manhã em que acesso ao blog sinto uma motivação para continuar e não me sabotar.
    Obrigada Tahis, que você continue sentindo-se motivada nesse trabalho.
    Abraços.

  35. Quase chorei lendo o depoimento, também estou muito mal e estou procurando meios de me reerguer, sei que vou vencer e ler relatos assim fazem muito bem e nos dão força pra lutar. Leio todo dia este blog maravilhoso e outras páginas inspiradoras. Abraços pra Tais e pra Thais.

  36. Thais Godinho,o seu trabalho não está sendo em vão
    que comovente a história da sua xará,todas nós choramos um rio de lágrimas,incentive ela a escrever mesmo um blog,vai fazer um bem enorme e motivar outras pessoas que sofram desse mal do século,sofrido até pelo padre Marcelo Rossi.
    que vc seja sempre iluminada e que Deus continue te capacitando.
    bjn e sucesso sempre

  37. O meu coração apertou, a lagrima surgiu e fiquei perplexa como essa história se parece com a minha, obrigada Thais por me ensinar tanto e ainda me mostrar que não sou a única a chegar ao fundo do poço, e que é possível sair de lá.

    Beijinhos <3 Obrigada

  38. Sou psicóloga e leio seu blog quase todos os dias. Você nao imagina como fico feliz de ler um depoimento desses; que coisa mais linda, que emoção, saber onde cada pessoa guarda sua força, e ver que o apoio as vezes vem da onde a gente menos espera. Seu blog tb me ajudou muito. Seu trabalho é importantissimo, veja o alcance deste trabalho, você tem tocado na alma das pessoas. Parabéns as 2!

  39. Lindo depoimento! Fiquei com água nos olhos… Taís, obrigada por compartilhar esse depoimento tão pessoal, tão emocionante. E quando vc fala de pequenas atitudes, pequenos passos, acreditamos que é possível e a mudança começa. O exterior é mesmo um reflexo do interior… a bagunça externa é um retrato do caos interno e organizar a bagunça ajuda a lidar com o caos interior. Certamente organização vai muito além de colocar coisas no lugar. Lidar com nossas questões internas pode ser difícil demais para se fazer sozinho, e ninguém precisa ter vergonha de pedir ajuda e procurar uma terapia qdo for o caso.

  40. Ana Paula Torres says:

    Que lindo e emocionante! Tais Lopes, obrigada por compartilhar!

  41. Parabéns, Taís!
    A depressão faz a gente sentir como se nada tivesse importância, como se tudo fosse imponderável e estivesse fora do nosso alcance. Mas a verdade é que mesmo que a gente não consiga mudar o mundo – e às vezes nem como nos sentimos no momento – essas pequenas atitudes focadas no nosso “círculo de influência” (pra utilizar a expressão do Stephen Covey) faz mais diferença do que podemos supor num primeiro momento.
    Parabéns de verdade!

  42. Também me emocionei bastante com este depoimento. Acredito que muitos de nós se identifiquem pois um dia ou outro também acordamos com desânimo, preguiça, pouco vontade de fazer as coisas; mas para quem a depressão pegou de jeito sabe como é difícil sentir isso dia após dia e tentar fazer as coisas voltar a ter sentido.
    Sou uma pessoa estabanada e desorganizada, do tipo que acumula coisas; acabei de mudar de casa e ainda pior, voltei a morar com minha mãe levando comigo filho e animais de estimação; ou seja, colocar uma casa dentro de outra. Por mais espaço que se tenha as coisas ficam emperrando os movimentos, a desordem impera no ambiente então, estou num trabalho árduo de desapego e posso afirmar que não é fácil e a cada peça de roupa/móvel/papel que consigo tirar do meio, doar, vender ou jogar fora, posso afirmar que a sensação é muito boa.
    Parabéns Thaís pelo blog, sou sua fã!
    Parabéns Taís Lopes pela coragem de querer sair da depressão, voltar a olhar para a vida e também se tornar uma inspiração para nós !!!
    Um grande abraço a todos !

  43. Márcia Pimentel says:

    Realmente me emocionei! Parabéns Taís pelo seu esforço e à você Thaís pelo blog e todas essas dicas!

  44. Lindo depoimento! Parabens thais por esse trabalho. Acompanho seu blog sempre. Acompanho o fly tb mas ainda nao consegui colocar em pratica.

  45. Pessoal… um dia eu estava assistindo tv (sim, adoro e acho que tem porcaria, mas também têm programas maravilhosos) e vi a Kirstie Alley tentando emagrecer em um reality show…
    Perguntaram para ela qual o verdadeiro motivo, o “porquê” que ela não conseguia emagrecer… ela foi categórica em responder, que mesmo com todo dinheiro do mundo, existem coisas que jamais alguém pode fazer por nós! No caso dela era ginástica….

    Me serviu de lição… sempre lembro disso quando “posso” procrastinar algo!

    Thais, parabéns pelo blog, está impecável!!
    Beijo a todos!

    Tha

  46. Bom dia.
    Que depoimento emocionante.
    Parabéns !

  47. Ei, Thais! Ando um pouco desatualizada por conta da correria da faculdade, mas vim aqui parabenizar pela publicação do livro!! Sucesso sempre! Bjs,

  48. …simples assim… De fato a organização transcende a alma!

  49. Remédios Oliveira says:

    Parabéns Tais, e muita força é um dia de cada vez, vida organizada tb tem me ajudado muito ainda estou longe de estar onde quero, mas acredito ter dado o primeiro passo então vamos lá FOCO FORÇA E FÉ, conseguiremos.
    um bjo a todas!!!!

    p.s qual o site que traduz o fly (meu sonho encontrar rsrs)

  50. Priscilla Andrade says:

    Taís Lopes, que coisa boa ler o seu relato. Saiba que estou torcendo por você, mesmo à distância e sem lhe conhecer. Desejo que Deus ilumine seus passos e lhe fortaleça a cada dia. Pela minha experiência, vejo que a mudança acontece um dia de cada vez, a cada pequena mudança de atitude.
    Thaís Godinho, só posso mais uma vez dizer muito obrigada! Seu trabalho é incrível, vejo verdade e honestidade nas suas palavras e no seu proceder; acho que é por isso que seu blog e suas ideias falam tão fundo e nos ajudam tanto.
    Um grande e forte abraço nas duas!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Priscila. Um beijo.

  51. Que lindo Tais Lopes! Parabéns por ter dado esse up, e por encontrar as suas forças aí dentro de vc. Muito inspirador!!! Que vc tenha forças pra continuar, e que sua coragem venha sempre te visitar! Também estou torcendo por vc, sem te conhecer e nem saber se saberei de vc novamente.

    Thais Godinho, mais uma vez, nos ajudando e nos influenciando das formas mais diversas. Vc é muuuuito iluminada! Adorei ler mais sobre vc naquelas perguntas pessoais respondidas (propostas para sabermos mais sobre as blogueiras). Sinto-me sua amiga, Thais! Muito carinho por vc!
    Beijão, e sucesso às duas!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Tatiana. Pelo incentivo e pela torcida!
      Um beijo.
      Tais Lopes.

      1. Carolina Baranda says:

        Tais, que depoimento forte. Parabéns por sua atitude!!! Que Deus te ajude cada vez mais e que você esteja sempre aberta a receber as “pontes” que são enviadas para nossa melhoria, que nesse caso foi o blog.
        Grande abraço!

      2. Li esse post em 2014 e me emocionei. Li novamente agora, fazendo uma busca por “cheirinho” no meu email e me emocionei novamente. Espero que esteja bem, Tais Lopes! Beijos e força! :-8

  52. Poxa, Thaís, eu fiquei muito emocionada lendo o depoimento dela, porque comigo, aconteceu algo muito parecido (com exceção dos filhos e o marido que não ajuda). Gostaria de saber qual é o site que traduz as atividades da FlyLady… Obrigada.

  53. Parabéns as duas…
    Acho incrível como as pessoas viciam no blog, assim como eu viciei…
    Posso dizer que minha visão de organização é outra depois que conheci esse blog e não faz tanto tempo, mas o suficiente para eu ter transformado um pouquinho da minha casa e da minha vida!

  54. Luciana Xavier says:

    Lição de vida. Estou passando exatamente por essa mesma fase. Sorte, ou azar, não sei bem, que ainda não tenho filhos. Mas tenho uma mãe que é um sonho, e que sofre também com essa minha bagunça, desorganização e falta de ânimo. Parabéns pelo trabalho inspirador!

  55. Vanessa Falcão says:

    Parabéns Tais!!! Descobrir o blog há mais ou menos três meses e estou super viciada. Entro todos os dia para ver o no post e te sigo no Instagram. Depoimento emocionante!! Parabéns pelo seu trabalho e espero que em 2015 você venha fazer o seu workshop aqui em Salvador – Ba. Beijos.

  56. Entrei no sue blog agora, vi ele por indicação de no bloglovin e caí direto nesse post. Juro que quando entrei pensei: nossa, adoro coisas assim, mas isso não é para mim! Aí parei e resolvi ler o post, e sério isso me inspirou e me deu uma vontade incrível de visitar seu blog todos os dias (vou fazer isso). Acho que o sonho de toda blogueira é ler algo assim, saber que você mudou a vida de uma pessoa, e o mais legal ainda: mostrou pra ela que existe sim uma razão de viver e que a vida ainda é bonita. De verdade, quase chorei lendo isso! E meus parabéns, que incrível!

    1. Obrigada, Aléxia!

  57. Oi Tais Lopes, parabéns pela coragem de compartilhar sua história, que já começa a ficar linda. Seu depoimento me lembrou a história de vida da autora do blog Eu Sei Disso(http://euseidisso.com.br/leite-condensado-de-colher-e-um-pouco-de-depressao/) Não a conheço pessoalmente, só através do blog mesmo, mas a admiro. E gosto do jeito que ela escreve, com verdade, e não tentando impressionar niguém.
    Abraços,

  58. Jéssica Monteiro says:

    Mas é isso ai que a organização faz. Vejo com frequência no meu trabalho uma enorme quantidade de tempo e energia perdidos e por que as pessoas não tem “talento para organização”. Todos temos, todos podemos fazer o que quiser!!!!

    Querida Tais Lopes, não volte mais para o poço 🙂
    Vá subindo gradativamente, você pode, e eu tenho certeza disso, pois você se motivou a escrever para o blog, e imagina quantas pessoas você já está ajudando só de ter esse email para elas lerem e também sair de seus poços 🙂

    E Thais Godinho, continue firme em seu trabalho. Imagino que não seja fácil – vejo muito blogs bons não darem continuidade ao longo dos anos – mas seu blog ajuda muitas pessoas a dar jeito na vida, inclusive na minha!!!
    E quer coisa melhor do que trabalhar com vida? 🙂
    Bjs no coração querida!

  59. Tais, amei esse post e foi muito inspirador!
    Precisava de ajuda para ajudar na organização para crianças, meu filho tem 11 anos e é muito desorganizado em tudo! Não anota conteúdo para a prova e depois fica sofrendo pq não consegue o conteúdo com os amiguinhos e etc…
    Perde trabalho pronto, perde o cronograma de provas…
    Eu sempre colo o cronograma na geladeira e pego no pé dele para todas as coisas, mas mesmo assim não resolve, da próxima vez ele não anota e acontecem as mesmas coisas.
    Ele sofre e eu tbm que fico que nem desesperada tentando ajudar.
    Tem alguma dica?

    Beijos

    1. Tenho mais de 1.500 dicas em forma de post, hihi.

      Mas sem brincadeira, tem bastante coisa publicada aqui no blog, e cada caso é um caso! Tenho certeza que você encontrará algo que sirva para vocês melhor do que se eu indicasse.

      Beijo

  60. Olá! Acompanho sempre o blog e adoro!
    Puxa que história emocionante! Parabéns a você Thais pelo trabalho no blog e parabéns também a você Tais Lopes que está tendo muita força de vontade para mudar! Estou torcendo para dar tudo certo. E como uma leitora disse, o mais bonito é que vc encontrou forças para fazer isso pelos seus filhos. Muito lindo!

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, Isabele pelo apoio e pela torcida.
      Um beijo.

  61. Aí está para quem estava esperando! Comecei o meu blog. Ainda está um pouco depressivo/deprimido, mas estou contando as más notícias primeiro pra depois falar sobre a minha descoberta do Vida Organizada.
    Aproveitem.
    Um beijo
    Tais Lopes

  62. Pensei que o site apareceria automaticamente!

    Aí vai então
    http://momentosdelucidezenemtanto.blogspot.com.br

  63. Bruna Zampieri says:

    Eu não consigo me relacionar à maioria dos comentários que leio aqui, mas me relacionei com esse. Também tenho depressão e entendo bem como ela se sente, cada dia é diferente, e há épocas em que sair da cama parece impossível, os sentimentos de vazio, derrota e o desanimo tomam conta. Mas há dias em que um simples olhar, ou uma pergunta, como no caso da filha dela, podem fazer tudo mudar. Por algum tempo, pelo menos.

  64. Nossa que coisa linda de se ler, Thais godinho todas as vezes que passar pela sua cabeça desistir lembre-se do bem que vc fez pra tanta gente através desse blog e do que mais vc ainda pode fzer! Parabéns por ser vc, vc tbm tem meu respeito!

    Tais Lopes, vc é uma guerreira, parabéns por ter dado a volta por cima, tbm sou blogueira e irei te seguir, quero acompanhar mais de “perto” sua volta por cima!!!

    Bjssss

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada, serás bem-vinda!
      Um beijo

  65. Bom dia Thaís e Tais!!!!

    Que lindo depoimento, é para aquecer o coração: “cheirinho de mãe” é uma frase que jamais vou esquecer!!!

    Parabéns às duas, uma pelo trabalho e á outra pela luta diária de ser e sentir-se feliz!!!

    FLYRoBrasileira

    1. Tais Lopes says:

      Muito obrigada mais uma vez.
      Um beijo.

  66. Tais achei teu depoimento emocionante, mas queria mais te dar um toque (não estou receitando nada, ok?) mas converse com um médico pra verificar seus níveis de vitamina D, eu por exemplo tomo 10000UI todos os dias e meus filhos e vários amigos idem, li que ela é muito importante para combater a depressão. Bjs

  67. Que depoimento sincero! Muito lindo! Acho que sempre existem anjos que vem ao nosso encontro para ajudar neste caso a sua filha de 6 anos e a Thaís do Blog. E sentirmos do fundo do coração o Universo sempre está disposto a colaborar, aparecem do nada as soluções. Que Deus a ilumine e abençõe Taís a ter uma vida mais feliz. Estarei torcendo por você, sua família e a Thaís.

  68. Maria Lúcia says:

    Bom Dia!
    Thais
    Já conhecia seu blog por ter problema com organização depois de 5 anos tive meu segundo filho senti desesperada pois achava que minha vida profissional tinha acabado pois tenho uma filha linda de 7 e o bebê todos os dias eu relutava que não ia desistir meu marido min apoiava dizendo que ia dar tudo certo o seu blog min ajudou muito
    Muito obrigada

  69. Parabéns, Tais! Que legal ler o seu depoimento!
    Que você tenha forças para melhorar um pouco a cada dia!!!
    Thaís, o seu blog realmente nos ajuda muito, adoro ler cada post!!!

  70. Carol Della Méa says:

    Nossa!!! Foi de suspirar.Neste momento a gente percebe que pequenas atitudes podem mudar o mundo e a sua atitude a ajudar é excelente. Eu vejo seus post todos os dias, e tenho introduzido a organização na minha vida, adequando os métodos e lendo o livro. Quando leio rapidamente algum post , clico nas sugestões de leitura, e neste caso foi assim que encontrei este.Muito show!! Apesar de já fazer algum tempo desde então, mas me emocionei.
    Minha história não foge muito das outras, fui pesquisar no Google como organizar a vida, pois estava exausta com a rotina e aponto de descontar em quem mais amo, meu filho. O dia em que percebi o quanto eu queria estar presente na vida dele, sem tornar aquilo uma guerra eu resolvi que tinha que mudar, seu blog é o que me salvou e salva, leio todos os dias para me motivar. Li outros sobre os assuntos, mas me identifico ainda com o seu. Gosto muito do assunto minimalismo, e tenho percebido pequenos efeitos dele. Quero uma vida simples, organizada e cheia de paz!!!

    Obrigada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados