Organizando as contas da nova empresa

25
5296

Como comentei em alguns posts anteriores, estou começando a trabalhar por conta própria e, assim, uma das providências que precisei tomar foi formalizar a abertura da minha empresa. Com isso, existe toda uma sorte de novas coisas que precisam ser organizadas – o que eu adoro – mas, sem experiência, pode ser bastante difícil descobrir sozinha como fazer tudo certo, especialmente a parte financeira do negócio. Afinal, é muito comum se perder com tantas contas, regras e burocracias novas.

O primeiro passo foi falar com um contador, que me explicou direitinho os planos que existem para abertura de empresa (microempreendedor individual, micro e pequena empresa etc). No momento, optei pelo MEI (microempreendedor individual). O processo foi bem simples e pode ser feito pela Internet pela pessoa comum. Você escolhe as categorias que tenham mais a ver com o seu negócio, envia o formulário e, então, basta imprimir as guias de pagamento. Fica por volta de 40 reais por mês e, com isso, você consegue gerar nota fiscal eletrônica, tem um CNPJ próprio e pode formalizar uma série de outras coisas, além das vantagens (convênio médico familiar mais barato, por ter CNPJ, por exemplo).

Eu percebi que, para gerenciar tudo sozinha, seria complicado. É a primeira vez que abro uma empresa e toco um negócio próprio. Sem experiência, fiquei com bastante medo de me enrolar nas contas e não conseguir organizar direito as partes administrativa e financeira. Afinal, eu trabalho com a criatividade! Se eu me enrolar com o lado burocrático da coisa, pode ser que eu não consiga me dedicar tão bem àquilo que faço de melhor.

Foi então que eu conheci o site ContaAzul, um sistema de gestão de empresas online. Com ele você controla seu financeiro, suas vendas, seu estoque e emite nota fiscal eletrônica sem complicação e a um preço justo. Sinceramente, eu sou bastante organizada, mas o sistema foi a_descoberta do ano para mim.

180614-conta-azul

Veja tudo o que essa fantástica ferramenta gerencia para quem tem um negócio:

– Contas a pagar e a receber
– Receitas e despesas
– Conciliação bancária
– Fluxo de caixa online
– Contas bancárias
– Planos de contas
– Controle de inventário e compras
– Emissão de nota fiscal de entrada
– Gerenciamento de produtos, transportadoras e fornecedores
– Controle de vendas
– Propostas comerciais
– Vendedores e comissões
– Emissão de boletos
– Controle de clientes
– Relatórios de todos os tipos (inclusive DRE)
– Rankings de produtos e clientes

Tudo isso com garantia de segurança dos dados.

Eu recebi um contato deles para testar a ferramenta para o blog e ela já é a melhor descoberta do ano para mim. Organiza tudo aquilo que eu estava com dificuldade, por não ter experiência, e funciona bem até mesmo para quem já tem mais anos de estrada (recomendei para conhecidos que são empreendedores e todos disseram que é uma ferramenta completa e bem fácil de usar).

Como sei que o blog tem muitos leitores e leitoras empreendedores, achei que seria uma boa fazer uma ação com a empresa, a fim de experimentar melhor o produto e trazer um pouco dessa experiência para vocês. Logo, este é o primeiro de uma série de posts que mostrarão como é o dia a dia de uso da ContaAzul, como ela pode ser útil para quem tem empresa, usos, sugestões e muito mais.

Quem estiver curioso e quiser começar a testar antes mesmo dos próximos posts, pode acessar o site ou baixar o aplicativo (disponível para todas as plataformas abaixo), que tem uma versão trial gratuita para testes.

Captura de tela 2014-06-16 20.48.24

Achei muito bom que tenha versão tanto para iOS quanto para Android, pois uso os dois sistemas em tablets. Ajuda bastante no quesito mobilidade, porque nem sempre estamos com nossos computadores por perto quando precisamos acessar ou mostrar alguma informação para algum cliente ou outra pessoa. E, sinceramente, quanto mais eu puder ficar longe de planilhas, melhor!

Acessem também o blog da Conta Azul, que tem um montão de dicas e novidades sobre a ferramenta e o dia a dia de quem é empreendedor.

publicidade-vida-organizada

25 comentários

  1. eu achei ótimo. Mas como conseguiu o MEI? Já fui atrás disso e me informaram que profissionais que exercem trabalhos intelectuais (como designers, escritores e etc) não conseguem esse tipo de abertura de negócio.

    tenho muita necessidade de formalizar minha marca (com a qual trabalho há 2 anos), mas não dá pra pagar o que um contador exige e levar todas essas burocracias.

    • Foi uma contadora que fez para mim. Selecionei algumas atividades na lista (não me lembro no momento exatamente quais foram), mas eram serviços relacionados à publicação de textos e treinamentos, que são serviços que eu faço.

    • Tbm tenho o msm problema q vc Jess!!!! Mas vejo que outras pessoas optam pelo MEI tbm sendo designers/social media/ etc. O que eu vou fazer é ir até o Sebrai, eles ajudam nisso, para tirar justamente essa dúvida! Tem no site do MEI os endereços, acho que pode ajudar!

  2. Thais, cuidado com o MEI, sou contadora e todos esquecem de orientar os Microempreendedores que quem opta por esse sistema opta por se aposentar com um salario minimo e por idade. Antes de Formalizar um MEI sempre oriento fazer a contagem do tempo de contribuição do INSS, pois dependendo do tempo que você já tenha de contribuição você deve complementar o recolhimento pra não perder esse direito . Tem que fazer a conta. É só uma dica. Sucesso você merece.

  3. Que bacana ouvir você falar da Conta Azul. Essa empresa é da minha cidade. Eu tb estou começando a estruturar minha vida para trabalhar como autônoma. Inclusive quero trabalhar como consultora para ajudar pequenos empreendedores. Me cadastrei para ser consultora da Conta Azul. Vou fazer um curso para trabalhar com eles. Fico contente em saber da credibilidade da empresa. Ainda não tenho nada estruturado para a minha empresa, mas caso precise de ajuda para montar seu planejamento estratégico e questões relativas, indicações de livros e tal, fique à vontade. Sou administradora. Boa sorte! Beijos

  4. Eu também comecei com o MEI, achei bom porque quando você está no início de uma empresa, surgem muitas dúvidas, medos, insegurança. Como ponta pé inicial é bacana, o problema é que ele te limita muito na questão de crédito e em outra coisas também, mas para crescer é preciso investir, e graças à Deus, nosso momento chegou e estou acabando de cumprir as formalidades e migrando para o Simples, o importante é ter um bom contatador para te mostrar as possibilidades e ir orientando da melhor forma possível, até porque nós é que temos que tomar as decisões sobre nossa empresa. Boa sorte, o primeiro passo você já deu, agora é seguir adiante, pois quando fazemos aquilo que gostamos não tem como dar errado. Abraços.

  5. Fiquei bastante interessada em testar! Mas sempre tenho a impressão que sistemas são burocráticos e difíceis de alimentar. Ansiosa para ver o que mais você vai contar sobre essa ferramenta!

    • Olá Danieli, tudo bem?
      O ContaAzul é um sistema super simples e fácil de usar! 🙂 Você pode testar gratuitamente por 15 dias! Que tal abrir a sua conta agora mesmo? Basta clicar no link: http://conta.co/QueroExperimentarAgora
      Se tiver dúvidas, temos suporte em três canais sempre disponíveis para te ajudar!
      Seguem nossos contatos:
      E-mail: suporte@contaazul.com
      Telefone: 0800 600 0919
      Chat: dentro do sistema no canto inferior direito “fale com um consultor” 😉

      Um abraço!

  6. Thaís, minha mãe é MEI e para gerar as notas fiscais ela precisa ir na Coletoria, pois seu negócio é comércio. Sei quem oferece serviço tem que ir até a prefeitura para gerar a nota fiscal. Assim, como a Conta Azul gera notas para o MEI ?

    • Acho que essa é uma pergunta legal para o pessoal do suporte da ferramenta responder. Em breve eles respondem aqui no blog, pois estão de olho nos comentários. Obrigada por perguntar!

      • Vou ficar aguardando! Fiquei muito interessada na conta azul, pq para nós é um transtorno ir a coletoria emitir a nota fiscal. Obrigada Thaís!

  7. Thais,

    Como faz para contratar convênio médico familiar como MEI? Fiquei na dúvida, por que seria familiar ou empresarial, já que como MEI só pode ter um funcionário?

    Obrigada!

  8. Thaís,

    cada vez mais apaixonada por seu blog é maravilhoso e as digas são tudo de bom.

    Ontem baixei o Guia de Bolso e não acreditei é perfeito, quase nem dormi aprendendo a como usar.

    Obrigada!!!!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui