Como encontrar motivação

23
5991

Muitas, mas muitas pessoas mesmo me escrevem pedindo para falar sobre esse assunto. Elas não sabem como encontrar sua motivação para se tornarem organizadas, para trabalhar todos os dias, para viver a vida, enfim. Ontem eu li um trecho em um livro que me deu um estalo para escrever sobre isso aqui, e eu espero que o post ajude quem esteja passando por essa situação.

Não tem como alguém ter motivação se não tem um motivo muito forte para se engajar naquilo.

Posso dar o exemplo da motivação que uma pessoa tenha para estudar para passar em um concurso público.

Se essa pessoa simplesmente quer passar em um concurso porque acredita que seja uma boa opção, mas sem um motivo real, vai ficar difícil manter a motivação.

Da mesma forma, se você quer se organizar, mas não consegue encontrar motivação para isso, é porque você não tem um motivo real, muito menos um objetivo bem definido.

Por isso, se você hoje se sente sem motivação, eu gostaria de pedir que você pensasse e definisse os seguintes itens:

1 – Qual seu objetivo? Por que você precisa de motivação?

2 – Que motivo desencadeou a busca por esse objetivo?

Bem, no caso do concurso público, seu objetivo pode ser simplesmente ter tempo para estudar diariamente, pois precisa passar no concurso. Mas qual o motivo? Bem, você tem uma família e gostaria de ter uma estabilidade financeira melhor para sustentá-los sem problemas. Como está não dá para continuar. Esse é o seu motivo. E do motivo nasce a sua motivação.

Toda vez que você estiver com preguiça de estudar, você deve se lembrar do seu objetivo e do motivo que o levou até ele. Acredite em mim: será muito difícil não estudar tendo isso em mente.

Entra aqui a questão da boa-vontade também? Mas é claro, como tudo na vida. Porém, a boa-vontade não consegue nada se você não tiver um real motivo para fazer as coisas.

Por exemplo, sua casa pode estar um caos, e mesmo assim seu motivo não é forte o suficiente para arrumá-la? Oras, talvez porque suas prioridades realmente sejam outras. Então esqueça o assunto e toque sua vida. O que não é legal é você ter um motivo real (“meus filhos encontraram um rato na despensa, no meio da bagunça” ou “perco 40 minutos todos os dias de manhã sem encontrar uma roupa limpa para me vestir”) e mesmo assim não tomar uma providência.

Toda vez que pensar em não fazer alguma atividade ou tarefa relacionada ao objetivo que você definiu lá em cima, lembre-se do seu motivo. O seu motivo deve ser forte, e só você pode definí-lo. Se o motivo for certeiro, sua motivação sairá de dentro de você naturalmente, sem deixar chance para a procrastinação.

Exercite e depois me conte se deu certo. Comigo funciona e eu espero que com você também.

Boa sorte.

23 comentários

  1. Certa vez, minha dentista, cansada de sempre falhar nas dietas, me disse que colou na geladeira uma foto de uma obesa mórbida. Ela disse que sempre que ia à geladeira e via a foto lembrava que não gostaria de ficar daquela maneira, fazendo com que ela pensasse duas vezes antes de comer algo fora de hora, etc. Usar fotografias também é uma opção pra conseguir motivação.

  2. Bom dia, Thais!!! Esse post tem tudo a ver com o que tenho buscado pra mim: motivação pra investir na minha vida de todas as formas possíveis. Até tenho motivos e vontade, mas até agora não têm sido suficientes pra eu implementar as mudanças necessárias… Esse post foi muito bom pra eu refletir sobre isso…
    Obrigada, querida Thais!!!
    Rê 🙂

  3. Mais uma vez, MUITO OBRIGADA THAIS!

    Fizemos uma reforma em Setembro deste ano, desde então venho me organizando cada vez mais, foi nessa época que eu conheci o blog, estava pesquisando sobre caixas para organização e vim parar aqui, refleti muito em uma frase sua, no estilo: “Você não precisa de caixa para guardar as tralhas, precisa se livrar delas.”

    Desde então tenho feito muito destralhamento, já joguei fora inumeros papéis, um fim de semana desses fiz até uma fogueira de tantos que tinha, material de faculdade (me formei há quase 10 anos) , contas velhas, cadernos usados, agendas de anos passados, enfim.. Tô destralhando geral!

    Tenho me empenhado mais em cozinhar e economizando mais grana também!

    Obrigada! Obrigada! Esse blog foi um dos meus melhores achados de 2013!!!

  4. OI THAIS, O MEU OBJETIVO É SER MAIS ORGANIZADA EM 2014 CANSEI DE VER MINHA CASA BAGUNÇADA, PERDER OPORTUNIDADES, APRENDER MENOS DO QUE PODERIA E FICAR IRRITADA COM MEUS FILHOS PELA MINHA INCAPACIDADE.
    (obs: tenho 23 anos, casada, 2 filhos, faço faculdade e estagio………não posso mais viver sem ser organizada!!!)

  5. Engraçado, pensei nisso essa semana, quarta-feira para ser mais exata. Pensei em tudo que eu deveria fazer para organizar melhor o apartamento e melhorar minha qualidade, de vida, pensei no porquê de melhor a qualidade de vida e lembrei que me sentia muito melhor com tudo organizado, e o apartamento nunca esteve tão organizado quanto agora.

    Beijos, Lu.

  6. Um comentário fora do assunto do post: Vc continua na RA (Reenducação Alimentar)? Pergunto isso pq a nova foto do blog, em que está na praia, está fantástica. Você está com uma aparência muito saudável!!!

  7. A Beira do Abismo me Cresceram Asas…. Nome da peça que Maitê Proença esta atuando em Brasília; Acabei de ler esse texto e por coecidência falaram o nome da peça no programa de Tv que estava vendo…. Minha motivação para me manter Organizada? Eu mesmo… Estou morando Só, depois de ter criado, educado e formado três filhos, hoje casados, ter passado pelo Síndrome do Ninho Vasio, me tratei e reaprendi a cuidar da minha casa e da Vida, para não Dar trabalho para eles e ter Minha Autonomia… Se minha Casa, Saúde e Finança estão Organizadas, para Alegria minha e de meus filhos estou vivendo Bem… Criei Asas para não Cair de Novo no Abismo da Depreção com a bagunça que ele traz… Graças a vc Tais tenho Equilibrado minha Vida…

  8. Menina você arrasa nos textos! Amo seu blog, tem me ajudado a por orfem na mimha vida! Beijos e muito sucesso!

  9. Oi Thais, bom dia! Gostei muito do texto! Fala do quanto os objetivos precisam ser claros.
    Qual foi o livro que você leu, que deu o estalo para escrever o texto? Abraços, sucesso e obrigada!

    • Oi Silvana. O livro não era sobre esse assunto – apenas tive o insight enquanto estava lendo. Mas realmente não me lembro qual foi, pois tenho lido muitos livros ultimamente e esse post foi escrito há mais de um mês. Bjo

  10. Thais gosto muito do seu blog, sempre acesso para ver as suas novidades, acho muito bom o seu jeito de ser uma pessoa organizada, me esforço para ser assim, mas nem sempre consigo, quando algo dá errado porque não fui organizada fico brava comigo mesma, agora estou tentando achar motivação para estudar, tenho alta tendência de procrastinar e isso não é nada bom, mas vou seguir suas dicas, já anotei meus objetivos e os motivos, agora é tentar! Obrigada!

  11. Nossa, Thaís…eu sou dessas pessoas super desorganizadas e desmotivadas que vc citou no texto.

    Todo ano eu compro uma agenda, daquelas lindas e escolhidas com todo o carinho. Uso 10 ou 12 folhas e já era, quando vejo, acaba esquecida dentro de uma gaveta qualquer. Esses tempos encontrei umas 4 agendas vazias, só com meia dúzia de folhas usadas. O mesmo vale para bloquinhos de post-it, tarefas de smartphone e afins. Nos primeiros 2 ou 3 dias, uma maravilha, depois….já era! Sempre tive um ranço com essas coisas de organização pessoal. No meu entendimento, a menos que a pessoa seja CEO de uma mega empresa não se tem assim tanta coisa pra organizar. Evidente que devo estar SUPER equivocada mas…é como continuo vendo. O único local em que minha organização é exemplar, atingindo níveis de alguém com TOC, é no trabalho. Minha mesa parece saída de uma revista! Mas só….em casa, minha nossa! Já cheguei ao ponto de “perder uma mesa de centro”. Consegue imaginar uma coisa dessas???? Mas é verdade! Era tanta mobília empilhada e atirada que eu não tinha nem ideia de onde estava a mesinha! Um completo caos.

    Minha terapeuta vem tentando trabalhar isso em mim há horas…já deve ser a 3ª ou 4ª terapeuta que frequento e que tenta me orientar a cuidar da casa, mostrando os benefícios da organização doméstica e os malefícios (e possíveis causas) dessa desorganização extrema. Assim como no seu texto, já passei mais de uma vez pela situação “comprar roupas novas porque não tinha mais o que vestir” (pq as roupas estavam sujas e empilhadas). Um horror!!!

    O meu maior sonho, no momento, é ter uma casa limpa e organizada! Estou comprando revistas de decoração pra ver se me inspiro…mas o problema (seria uma desculpa???) é que meu salário não cobre 1/10 do que precisa ser feito pra que eu atinja um mínimo de salubridade doméstica. Mas sei que falta muita força de vontade e motivação também. Inclusive minha terapeuta disse que não arrumo a casa que é pra não precisar ter contato com as pessoas e recebê-las aqui. Acredito que sim, realmente!

    Na profissão, a mesma coisa. Tenho três cursos superiores e recebo menos que um motorista de táxi…já tive emprego público, já fui aprovada em alguns concursos….mas a coisa não anda! Já me inscrevi em 4 ou 5 concursos e não fui fazer as provas pq não tinha estudado. Não tenho mais paciência pra estudar na vida! Enfim…tá tudo errado mesmo!

    Gostei mto do seu blog e espero encontrar alguma inspiração por aqui. Um abraço apertado!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui