Categoria(s) do post: Áreas da Vida

Continuando o assunto sobre malas de viagem, gostaria de falar um pouco sobre a mala de bordo. O conteúdo dela pouco muda de viagem para viagem, pois costumo levar nela somente o necessário e o que precisa estar comigo.

Como eu viajo muito (praticamente toda semana), eu já deixo a mala praticamente pronta, de modo que, quando vou viajar, as únicas coisas que preciso colocar dentro dela são as roupas que eu vou usar, minha carteira e o computador.

Minha listinha é a seguinte:
[list]Par de meias
Blusa de frio
Medicação com receit
Notebook e carregador
Pashmina
Livro
Revistas
Almofada para pescoço
Máscara de olhos
Fones de ouvido
Troca de roupa
Lingerie
Necéssaire com shampoo, condicionador, hidratante e sabonete em miniatura
Protetores auriculares
Adaptador de tomada
Carregador do tablet
Pasta com documentos e arquivos importantes[/list]

Na bolsa de mão, vão as seguintes coisas:

[list]
Hidratante para o rosto
Elásticos de cabelo
Absorvente diário
Lenços de papel
Castanhas
Barrinhas de cereal
Manteiga de cacau
Lenços umedecidos
Colírio
Solução nasal
Mini álcool gel
Mini desodorante
Mini hidratante para mãos
Caneta e bloco de notas
Lanterna de bolsa
Fones de ouvido
Chaveiro
Tablet
Passaporte
Carteira
Óculos de sol[/list]

Com essas listinhas, eu nunca fiquei na mão. Pode parecer bastante coisa, mas não é. A maioria dos itens da bolsa de mão vão dentro de uma pequena necéssaire. Gosto de comprar produtos pequenos que deixo para usar exclusivamente em viagens.

Antes de entrar no vôo, eu seleciono na mala de bordo o que pode ser útil durante o vôo em si (pashmina, revista) para não precisar acessar minha mala no compartimento superior enquanto estiver voando (acho chato), assim só preciso fazer isso em caso de extrema necessidade. A bolsa de mão vai embaixo da poltrona, conforme permitido pela companhia aérea.

Vale lembrar que a mala de bordo deve ser a mais leve possível, pois o limite nacional permitido é de até 5kg e, para alguns vôos internacionais, de 7 a 10kg. Eu comprei uma mala bem leve, da Benetton, mas já vi outras ainda mais leves da Stradda e da Sansomnite; tem que garimpar. O peso deve ser diminuído ao máximo através de itens leves (imagine trocar três livros por um kindle, por exemplo, ou um notebook normal por um Macbook Air).

Minha bolsa de mão geralmente é de tamanho médio, pois não gosto de ficar desconfortável na viagem, desviando de uma bolsa muito grande.

Como eu disse, costumo deixar a mala de bordo já pronta com praticamente todos os itens listados lá em cima, pois posso ficar sabendo hoje de uma viagem que farei amanhã logo cedo, por exemplo, de bate-e-volta no Rio de Janeiro, que é perto, e tê-la pronta me ajuda bastante. Algumas pessoas gostam de deixar inclusive as roupas dentro já prontas, mas isso eu prefiro escolher de acordo com o dia mesmo.

Para quem viaja bastante a trabalho, eu recomendo que deixe a mala de bordo sempre pronta também, pois facilita demais a vida. Já aconteceu de eu ficar sabendo de uma viagem no mesmo dia e, por ter a mala pronta, não demorei nem cinco minutos para pegá-la e descer de volta ao táxi para ir para o aeroporto, portanto, vale a pena.