Como organizar: Fotografias

39
14025

Ultimamente tudo o que eu tenho feito é escrever posts com as sugestões que mais chegam até mim, e este post não é uma exceção! Muitas pessoas me perguntam como podem organizar fotografias, então vamos lá:

Fotografias antigas

Fotografias antigas podem precisar de restauração. Se for o caso, vale a pena contatar algum restaurador na sua cidade para fazer esse trabalho. O resultado final é surpreendente.

Fotografias impressas no geral

Sempre que falamos sobre fotografias impressas, é importante fazer uma triagem. Não guarde fotos manchadas, rasgadas, rabiscadas, sem foco ou que não mostram nada. Se quiser restaurar alguma fotografia, ok, é outro caso. Mas fotos que você não precisa manter, como as que não têm foco ou estão registrando o nada não precisam ser mantidas. O mesmo vale para repetições, como 35 fotos do mesmo pôr-do-sol. Tenha só uma. Enfim, faça essa triagem e jogue fora o resto. Mantenha somente as fotos que realmente goste.

Também vale a pena escrever no verso de cada foto a data aproximada e as pessoas que estão ali. Apenas tome cuidado para escrever sem marcar o lado da foto (com leveza) e esperar a tinta secar antes de colocar uma foto em cima da outra.

Para armazenar, a minha experiência diz que álbuns são a maneira que as mantêm melhor conservadas. Algumas pessoas gostam de armazenar em caixas de sapato, o que eu considero ok até mesmo pela questão do espaço, mas e o manuseio? Toda vez que você ou outra pessoa quiser ver as fotos, precisa pegá-las na mão e encher as fotos de marcas de dedos. Por isso, recomendo o uso de álbuns, mesmo que ocupem um pouco mais de espaço. Como você vai ter feito aquela triagem, não vão ocupar tanto mais espaço assim.

Lembre-se que as fotos não podem ficar expostas à iluminação forte nem ao calor, o que significa não guardar os álbuns naquela estante que pega sol no final da tarde.

Sobre a organização dos álbuns, depende da quantidade de fotografias que você tiver. Você pode organizar por anos ou por categorias. Depende da sua necessidade.

De qualquer forma, pode ser interessante digitalizar todas as suas fotografias impressas, para ter a garantia de que nunca irá perdê-las e que poderá imprimir novas cópias se for necessário. Para organizar esses arquivos, veja a seção seguinte.

Fotografias no computador

Hoje em dia, com a facilidade que temos para tirar fotos pelo celular, tablet ou câmera digital, bagunçar as fotos no computador não é nada difícil. Eu acredito que a melhor maneira de organizá-las seja com uma pasta Fotos, e depois por anos e meses. Assim:

2013
01. Janeiro
02. Fevereiro

Dentro das pastas dos meses, você pode querer criar algumas pastas para momentos específicos, como festas de aniversário e viagens.

Não vejo necessidade de alterar o nome de cada arquivo, senão ninguém vive mais né. Tomaria um tempo tremendo.

A regra da triagem também se aplica aqui. Não guarde fotos repetidas, feias, que miram nada, sem foco etc.

Tenha o hábito de, ao menos uma vez por mês, centralizar suas fotos nessas pastas. Isso inclui fotos que estão no cartão de memória da câmera, no seu smartphone, no tablet, no computador do trabalho etc.

Também é importante ter um mecanismo de backup para salvar todas as suas fotos. Não é bom manter somente no computador porque, se um dia acontecer algo com ele (parar de funcionar, por exemplo), você não perderá os seus registros. Eu recomendo ter um HD externo somente para fotografias. Você também pode armazenar em CDs e DVDs. A frequência de backup varia de pessoa para pessoa (depende do volume de fotos que você tira mensalmente), mas eu recomendo que esse backup seja feito pelo menos uma vez por mês mesmo.

E você, como organiza suas fotografias?

39 comentários

  1. Eu amo guardar lembranças da minha vida, tenho coisas guardadas dentro de um baú desde meu caderno de pré escola e fiz isso por conta própria ! Por isso guardo minhas fotos muito bem organizadas, separadas igual vc colocou no post, separadas por pastas de ano a ano e dentro delas mês a mês e dentro destes ocasiões especiais se mantém em pastas. Uma vez meu computador estragou e so nao as perdi pois guardo em um HD EXTERNO. Hoje as tenho reveladas em álbuns e separadas em ordem de datas e acontecimentos, para manter assim é so conforme for acontecendo enviar para revelação e ir arquivando, é uma delicia poder revê-las e com algum sentido de ordem nelas…

  2. Bom dia, Thais!
    Adorei o assunto.
    Organizo minhas fotos quase da maneira como você comentou.
    As digitais, costumo separar também pelo ano e depois por meses. Uso formato 2013_01 – Janeiro, pois se precisar pegar pastas de anos diferentes por alguma razão, elas ficarão ordenadas por datas. Dentro dessas pastas de meses, crio pastas para cada evento. Ex.: 2013_01_01 – Virada de ano. Quando tenho mais tempo, procuro fazer uma legenda naquelas fotos que aparecem muitas pessoas. A gente acha que não vai esquecer, mas anos depois não se lembra mais do nome daquele antigo colega de trabalho que via todos os dias…
    Bjs

  3. Oi Tais, como sempre, dando boas dias! A forma impressa é uma boa colocar nos albuns mesmo, mas confesso que tenho um apego sentimental, mas é bem importante fazer essa triagem mesmo.
    Se a pessoa tiver um grande volume de fotos mensais, como no caso dos fotógrafos, eu recomendo que ela guarde em pastas com a data completa, primeiro o ano 2013, depois o mês, 06 e o dia 18 e ainda especificando o que que tem na pasta – Ficaria algo assim “2013-06-18 Aniversário Bia”. Assim fica bem organizado.

    Tenha um bom dia!

    • Essa é a maneira q organizo tb – considero muito prática
      Ah, e para quem ainda usa a “caixa de sapatos” (rs), sugiro substituir por uma de plástico, para evitar traças… rs

  4. Olá Tais!

    Querida, estou com uma dúvida cruel! Na verdade eu pretendo começar a usar alguns aplicativos/programas mas como não sei para quê cada um serve, gostaria de contar com a sua ajuda.
    Me cadastrei no Pinterest e Flickr e quero cadastrar no Instagram (mas não consigo) todos são para postar fotos né? Vi que você utiliza o Instagram e o Pinterest.

    Quero colocar minhas fotos, nestes programas, mas não sei qual seria melhor. Você pode me ajudar me explicando para quê cada um serve e sugerindo qual o melhor?

    grande abraço flor!

    Lina Paula

    • Lina, o Instagram serve mais para tirar fotos espontâneas, do dia a dia. O Flickr serve para armazenar fotos online – tem bastante espaço e a qualidade fica boa. O Pinterest funciona como um mural de inspiração, onde você pode selecionar por categorias. É como se você guardasse imagens que gosta no seu computador, mas a diferença é que ficam online.

  5. Thais,

    Fotos digitais:
    Possuo um HD com grande capacidade e crio partições nele, isso pode ser feito usando um software chamado Partition Magic ou no próprio Windows.
    Para as fotos, possuo uma partição de 200G, separadas do Sistema Operacional, em caso de vírus ou alguma falha de sistema, o risco de perder as fotos é menor, em caso de danificar o HD, dependendo do nível do estrago, também é possível recuperar (já fiz isso uma vez, utilizando o Recuva), mas um backup em um HD externo ou mesmo em algum serviço online como Flickr ou Picasa é uma ótima opção.

    Dentro da partição de Fotos, costumo nomear as pastas com a data invertida e uma breve descrição. Ex: 20130612 – Jantar de dia dos namorados.
    Em datas com mais de um evento, adiciono uma letra depois da data. Ex: 20130520 A – Rolê de bike no Ibirapuera, 20130520 B – Balada de aniversário de Fulano.

  6. Esqueci das fotos tradicionais:

    Estou digitalizando todas as fotos da família, mas isso leva algum tempo e tentar classificar como faço com as digitais tem sido um grande desafio, mas estou tentando.

    As fotos do meu pai, tenho conseguido, pois ele datilografava no verso a data e descrição, mas fotos de infância não tenho muita referência para organizar.

  7. Poxa, que post mega pertinente! Há 10 anos, a gente resumia um evento a 24 ou 36 fotos, né? Hoje em dia, é fácil tirar 100 fotos de um evento que dura 40 minutos…

    Minha mãe separa as fotos por filho, ou seja, cada álbum tem o nome do filho (são 4, hoje todos adultos) e dentro, só as fotos em que o referido filho aparece mais…Ela diz que quando ela “se for”, cada filho já vai poder levar seu álbum para casa, sem tem que brigar pelas fotos… -_-

    Confesso que por muitos anos achei essa divisão mórbida e sem graça , mas hoje acho bem prática. Quando precisamos achar uma foto, pensamos em quem aparece mais e já sabemos o álbum em que ela está.

    E imprimir fotos digitais, sob o aspecto da organização,você recomendaria, Thais?

    Abs,
    Gabi

    • OLA ADOREI TDS AS DICAS.TB ADORO TIRAR FOTOS E ORGANIZAR
      FIQUEI C 1 DUVIDA GABI: QANDO QER PROCURAR 1 FOTO, DIZ Q “pensamos em quem aparece mais e já sabemos o álbum em que ela está.”.MAS s for 1 foto onde estao os 2 filhos, em qal album procuro?
      e tdas as fotos onde estao tds os filhos, ficam em todos os albuns?

      obrigada

  8. Antigamente, até uns dois anos atrás, eu costumava imprimir todas as minhas fotos: de férias, aniversários (meu e de amigos), Natal, Reveillon, etc. Até que me dei conta de que estavam ocupando espaco de mais, acabavam ficando jogadas dentro de alguma caixa ou mesmo dentro do envelope em que as recebia pelo correio. Entao, parei!

    E as organizei da seguinte forma:

    as que já estavam impressas, organizei em albuns por tema;
    as digitais foram transformadas em Fotoalbuns destes que se pode montar em sites de impressao de fotos, colocando quantas fotos quiser por página, escrevendo legendas, personalizando a capa, etc (isto eu fiz somente com as fotos de nossas férias anuais ainda nao impressas).
    As demais foram organizadas em pastas com o nome do evento: aniversário de X, Casamento de Y, Natal, Reveillon, etc, e depois eu sorteie estas pastas por ano.
    Estas fotos avulsas que se faz no dia-a-dia com o celular, por exemplo, ficam normalmente no celular mesmo e depois de algum tempo, apago para desocupar espaco.
    Ah, as pastas organizadas por tema e ano, eu guardei em um HD externo. 🙂

  9. Olá Thais! Este post foi excelente! Há um mês venho organizando fotografias e documentos [boletins escolares, certidões, óbito] muito antigos, especialmente de familiares [avós, tios, primos e bisavós]. Selecionei na casa da minha mãe, pai e vó, estes objetos e estou escaneando TUDO. O intuito de digitalizar é realmente para guardar como lembrança e utilizar como informação futuramente para montar a árvore genealógica da família. Uma iniciativa, inclusive, que requer muito trabalho e muito tempo para concluir. Enfim. As fotos antigas bastante danificadas, vou procurar um restaurador para reverter isso, assim como já sugerido por vc. Após concluir a digitalização destes materiais, partirei para as fotografias + recentes. Sobre o acondicionamento e conservação destas fotografias antigas [meu foco maior no momento], estou na dúvida se armazeno em álbuns de fotografias com plásticos – poliéster, polipropileno ou tyve – ou em caixas de papel livres de ácidos. Estas fotos são mais delicadas e sujeitas a se deteriorarem com mais rapidez do que as mais recentes. Bom, estou matutando ainda de como farei isso. Sobre escrever ou não atrás das fotos, ainda não tenho uma opinião formada. Alguns sites sobre conservação de fotografias não concordam com a ideia porque o ácido que contém nas tintas de caneta podem prejudicar as fotos, mas acho muito legal encontrar uma fotografia de mil novecentos e bolinha com informações dela no verso, com a letra da pessoa. Por exemplo, tenho uma foto da minha tia mais velha [por parte de mãe] de quando ela tinha um aninho e lá diz “Fulana de tal na sua primeira primavera, aos meus avós com muito carinho…” acho fantástico! Criei também uma ficha em meu pc para preencher todas as informações possíveis dos parentes como: Nome, Naturalidade, Cidade, Casamento, Óbito, Endereço, Possui algum material [foto-documento]? Local onde se armazenam as fotos-documentos [em casa, no computador…?] e Observações. A ficha tem muito mais informações, mas se escrever tudo aqui o “comentários” ficará mais exagerado do que já está. Rs. De início estou fazendo assim [tem mto trabalho pela frente a ser feito], e aceito inúmeros sugestões possíveis. Adoro. heheh. Beijos!

    • Érika, boa tarde. Essa Thais é fora de série e nos surpreende a cada dia. Eu também tenho pensado muito como manter as fotos da minha família. Como também trabalho com genealogia (ajudo as pessoas a pesquisar antepassados para dupla cidadania e montagem de árvore genealógica) as fotos têm um valor imensurável para mim. Já trabalhei com fotos de 1790, 1800 etc e as anotações do verso foram imprescindíveis. Nunca notei estrago na foto por esse motivo.
      Eu costumo usar aquela etiqueta transparente da Pimaco quando a foto vai ficar em porta-fotos semelhantes a porta-CD’s. Essa etiqueta é bem fina e não deixa a foto ficar volumosa. Pense nisso! Em tempo, amei a observação “….primeira primavera……”. É muito elegante, não é? Que tempo maravilhoso!!! Quando for fazer a árvore posso ajudá-la no que for possível. Sinto uma felicidade muito grande quando vejo pessoas usando o seu tempo com coisas tão lindas!!!!!!! Abraços Mauga…

      • Olá Maria Augusta! Não havia pensado na ideia das etiquetas, não fica feio e sim organizadinho, com ar de capricho. Muito bom. ótima ideia.

        Pois é, ainda sou amadora nesta questão da árvore genealogica da familia. Há uns anos pedi meu pai para que procurasse nos cartórios certidões [casamento, nascimento, óbito] dos meus avós e tios [que nem conheci]… mas por diversos motivos a missão foi interrompida. Atualmente, como não moro na minha cidade natal, fica quase que impossível consultar os cartórios das cidades que meus bisavós e tataravós [próximas de Minas e RJ] viveram. Então o que fiz, criei um gpo. no face da familia [por parte de pai] e, além de eu disponibilizar on line as fotos e documentos para estes familiares, breve solicitarei para que eles preencham a mesma ficha que mencionei no meu 1o cometário. Isso talvez possa facilitar pra mim com alguma informação. Não sei se meus entes irão colaborar de fato. Espero que sim. = ]

        Aceitos dicas e sugestões de como montar a árvore da família, ficaria mto feliz. Estou ainda muito crua sobre este assunto. Me fale mais sobre o seu trabalho.

        No mais, bjokas!!!!!!

        • Érika, marque meu e.mail – mauga@uol.com.br e estou no facebook como Maria Augusta Arruda Groschitz. O que eu souber vou te passar sobre procura de antepassados, ok? Fico muito feliz em poder ajudar.
          Maria Augusta

  10. Outro projeto meu também são as cartas de infância. Tenho inúmeras, desapeguei de várias, mas preciso destralhar mais, porém, quero guardar muitas, pois, é a história viva da minha pré adolescência e adolescência. Devo colocar uma ou duas em um quadro para decorar a casa, mas e as outras? Coloco em pastas? Álbuns? Fichários? Vc teria alguma sugestão Thais e demais leitoras? Já comecei a digitalizar algumas. Não me lembro se vc já falou sobre este assunto aqui. Embora ser leitora assídua do seu bog, pode ser que eu tenha passado batido. Beijo,beijo!

    • Érika,

      eu guardei todas as minhas cartas (da época em que se escrevia cartas) e hoje guardo todos os cartoes postais, de aniversário, Natal, Ano Novo, Páscoa, dia dos namorados, aniversário de casamento, etc que recebo.

      Eu comprei duas caixas de papelao com uma estampa bonita:
      Uma para cartas, bilhetes e coisas mais pessoais e
      a outra para os postais e cartoes menos pessoais.

      Gostei da sua idéia de moldurar algumas cartas. 🙂

      • Olá Elis!!!

        Elas estavam guardadas em caixas também. Aliás, ficaram por muitos anos acondicionadas nelas. Mas tô pensando seriamente em armazená-las em um álbum comum com plástico porque assim posso organiza-las. A maioria das cartas são de amigas que até hoje mantenho contato, então, provavelmente, devo separar no álbum por nome. Mas não decidi, vou pensar e pesquisar um pouco mais.

        De qualquer forma, as caixas são ainda uma boa alternativa também.

        Pois é, cartas em molduras dão um ar de aconchego, né?

        Bjokas!!!!!!

  11. Thais, você é muito importante para todos nós! Suas idéias, suas sugestões, suas publicações são feitas com muito carinho, e nós sentimos isso.

    Como Personal Organizer, organizei um “armário” de fotos de um cliente. Foi impossível colocá-las todas em álbuns e fui obrigada a usar caixas. Criei no excel etiquetas com dados do evento, imprimi em etiquetas transparentes (são finas) e colei no verso. O importante ficou por conta de que cada evento, além da sequência cronológica, recebeu um número. Quando eu digitava esse no. eu negritava para ficar bem evidente. Ficou muito fácil recolocar as fotos nos devidos lugares quando a caixa era “visitada” rs!. Lembrando que as caixas foram encapadas e etiquetas e receberam divisórias ano a ano. Essa etiqueta dá um acabamento muito bonito ao trabalho; parece que você digitou na própria foto.

  12. Você adivinhou o conselho que eu precisava Thais! Tenho 500 fotos no armários e 1000+ no pc! E tudo misturado: fotos minhas, fotos dos meus pais, imagens de inspiração… Dá pra imaginar, né? Acho que eu vou ter que tirar um dia pra fazer isso rsrsrs’
    Ah, sei que não tem nada a ver, mas qual a sua opinião sobre as manifestações que estão acontecendo? Eu queria saber porque te considero uma pessoa inteligente e que influencia bastante gente através do blog. Anyway, fique a vontade pra não responder tb!
    Bjinhoos ♥

  13. Achei o máximo essas dicas sobre fotografias, estou com uma caixa de plástico, daquelas de supermercado sabe, cheia de fotos e preciso organizá-las o mais rápido possível , pois algumas já estão estragando, a idéia de guardar em CD ou DVD é muito boa, as minhas fotos digitais guardo em pastas que levam o nome do evente, ex: aniversário de Davi, Final de ano 2012 com algumas subpastas, natal, ano novo, fazenda…., etc. Eu tenho utilizado os recursos tipo, movie maker ou outro aplicativo qualquer para fazer apresentações com as fotos, fica bem bacana na hora de reve-las, com ele vc pode colocar legendas, trilha sonora, etc, bem legal.

  14. Ótima postagem Thais!!!!
    A gente se organiza no trabalho, faculdade, casa e, quando abre o computador, tá aquela bagunça!!!!! O meu tá um CAOS, especialmente as fotos, que era algo que eu realmente não conseguia me organizar! Assim que eu entrar de férias, vou botar em prática essa ideia sua!

    Obrigada!

  15. Eu gosto de organizar por oredem cronológica, mas como muitas estavam espalhadas sem data e ninguem da familia sabia mais, eu separe por sessão de mebro de familia uma para cada um.
    Uma vez, fui na casa da vó do meu marido, e vi duas coixas com fotos misturadas e bagunçadas, rou bei em segredo e chamei a família para ajudar a organizar as fotos. Depois peguei folhas tamanh A4 de alta gramatura e fui colando-as como se fosse um scrapbook, colei folhagens secas junto fiz desenho, decorrei e coloquei a descrição de cada grupo de foto com data aproximada, cada folha. faziá-mos frente e verso e colocává-mos em um plastico de fichário e colocavá-mos numa pasta catálogo. No final, todos o genros, netos, esposas dos netos e filhas, assinaram uma dedicatória.
    Nunca vi um album tão bonito e nunca vi uma vovó chorar tanto hehe.

  16. Adorei os conselhos e comentários.Não conheço o seu blog e espero conhecer,mande o endereço.
    Amei muito tudo!

  17. Oi, Thais,
    no computador tb organizo por ANO_MES, só que acrescento _assunto/evento neste nível.
    Sobre backups, é importante entender que nenhum suporte tem vida eterna. Muitos CDs e DVDs não duram nem 10 anos, HDs às vezes quebram antes disso. Eu ponho nas mídias a data em q gravei, pra trocar de tempos em tempos. Tb aprendi num curso o método 3-2-1 de backup: 3 cópias em pelo menos dois tipos de mídia diferente (ex: duas em DVD e uma em HD) e uma longe das demais (ex: na casa de um parente ou na nuvem). É um esquema profissional (trabalho com banco de imagens, rs), talvez um pouco custoso de manter na vida privada, mas pelo menos dois em duas mídias diferentes vale à pena (enquanto falo estou fazendo cópia pra um novo HD, hehehe).
    Sobre fotos em papel, nunca escreva com caneta direto no verso, pra não marcar nem correr o risco de manchar a frente da foto ou uma que ficar grudadinha nela. É bom escrever num adesivo e colar o adesivo no verso. Melhor ainda se a informação estiver junto da foto, mas não “colada”nela. É um cuidado profissional também, mas acho que vale à pena, pelo menos com as mais valiosas.

  18. Muito bom, cheguei aqui procurando ajuda e idéias para organizar as minhas. Elas estão em computadores diferentes e vou ter trabalho para juntá-las. Fotos do celular, tablet, de duas câmeras, enviadas via email… Já cansei, rsss. Mas também aproveito promoções para revelar. Obrigada!

  19. Ola, estava procurando um programa e achei seu site.

    Se não se importa, gostaria de dar uma excelente dica de como organizar suas fotos digitais, use o programa Picasa, você encontra ele na versão para PC e na versão portable que pode ser instalado em um hd externo ou em Pen drive, este segundo a vantagem é que você leva para qualquer lugar.

    Pra mim as vantagens do picasa são enormes, após instalar abra o programa e vá em arquivo/ adicionar pasta ao picasa. Não é preciso organizar as fotos nas pastas, no próprio picasa você faz isto.
    Selecione as seguintes opções: Exibir/legenda das miniaturas, Tags, (você pode escolher outras opções) + Visualizar/Tags

    vá em opções e marque tags de nome/armazenar tags de nomes nas fotos.
    Pronto, tem outras configurações.

    Agora, após adicionar suas fotos no picasa, selecione as fotos onde você vai incluir tags, na janela de tags ao lado onde esta escrito digite uma tag para adicionar, clique em +. você pode adicionar quantas tags quiser em cada uma das fotos, exemplo, Festa, filho, criança, feliz, etc.

    Agora por ultimo vai em Ferramentas/experimental/mostra tag como álbum.

    Vai ser criado o álbum com a tag que você digitou, exemplo, se incluir a palavra Festa, todas suas fotos com tag de festa vão estar neste álbum, então, você pode criar vários e vários álbuns com base nas tags, festa, filhos, fim de semana, etc, etc.

    Com o picasa você também pode incluir vídeos em seus álbuns, mandar as fotos para o álbum on line do picasa, fazer pequenas edições, etc.

    Uso o programa a algum tempo e o acho excelente para organizar as fotos. Qualquer duvida para usá-lo é só entrar em contato se quiser, claudiompj@gmail.com. Abraços.

    • Esqueci de mencionar que você pode adicionar as datas nas fotos caso elas não tenham, as câmeras mais atuais incluem as datas das fotos automaticamente mas, caso não tenha as datas basta você clicar em ferramentas/ajustar data hora. Caso a câmera já tenha feito isto, não sera necessário alterar. Então, com a data ajustada você vai em visualizar/linha de tempo (ctrl+5) e pode ver as fotos organizadas de acordo com as datas especificas.

  20. Thais!

    Uma amiga me pediu pra organizar as fotos dela e eu não sei quanto eu cobraria pelo serviço!!

    O que vc acha?! Qto cobraria?!

    Obrigada! Amo o seu blog!!!:)

  21. Ameiiiii o seu blog!! Amo organização e até já pensei em trabalhar com isso. Tô aqui louca lendo um post atrás do outro, hahaha. E ainda por cima moro com minha mãe e em outubro vou morar em outro estado! Bjo.

  22. Coloquei minhas fotos desde 2007 no computador com o título Minhas imagens. Depois um amigo me sugeriu passar para o Picasa e organizar tudo por assunto e data. Levei muito tempo para fazer isso ,então me sugeriram salvar em DVD. Quanto tentei abrir para ver como tinha ficado, está tudo misturado de novo, muitas fotos repetidas até 6,7,ou 8 vezes Algumas abrem em Minhas imagens e outras no Picasa mas nenhuma abre por exemplo para ver pela televisão. Pode me dar alguma dica?

    • olha, uso o picasa a muito tempo, tenho mais de dez mil fotos organizadas com ele, mas não sei dizer o que ouve no seu caso, também, nunca salvei minhas fotos em DVD, e eu uso o picasa portable, tenho uma leve ideia do que pode ter ocorrido, primeiro, eu sempre coloco o picasa para funcionar na função “executar este programa como administrador”, em anos de uso eu notei que em alguns casos se esta opção não estiver ativa ele não salva algumas tags nas imagens, dai no futuro volta tudo como era antes (para ativar esta opção clique sobre o ícone do picasa e vá em propriedades, em seguida compatibilidade e marque a opção logo abaixo, vc só tem que fazer isto uma vez).
      Outra, o banco de dados do picasa fica no PC, dai se você salvar as imagens em um DVD ou Pen drive e colocar em outro PC as imagens apareceram desorganizadas mesmo, em especial se as tags não foram gravadas porque a opção “executar este programa como administrador” não foi ativada, agora, mesmo que as tags tenha sido gravadas, ainda assim aparecera desorganizadas, é preciso fazer manualmente os álbuns novamente para que eles apareçam, mas, caso as tags estejam ok, não sera necessário editar uma por uma das fotos, só recriar os álbuns na opção ferramentas, experimental, mostrar tag como álbum.
      Por este motivo uso o picasa portable, porque ele não salva o banco de dados no PC, mas sim onde esta gravado, Pen drive por exemplo, desta forma ele reconhece corretamente o banco de dados em qualquer PC, com um porem: o caminho das imagens sempre tem de ser o mesmo em todos os pcs, as fotos estando em um Pen drive cujo a letra da unidade é “H” este Pen drive deve estar usando esta mesma letra em ambos os pcs.
      Eu sei que pode parecer complicado, mas ainda acho o melhor programa para organizar fotos, eu ate já procurei por outros mas não encontrei com a facilidade de se salvar tags, organizá-las etc, o que não gosto no picasa é da barra inferior que não sai e ocupa espaço na tela.
      Com relação as fotos estarem repetidas eu não sei o que pode ter ocorrido, já que o picasa possui uma função que identifica imagens repetidas para elimina-las.
      Por ultimo, não acho confiável a pasta minhas imagens do windows, acho ela confusa e desorganizada, prefiro criar uma pasta no Pen drive ou no hd do PC e trabalhar minhas imagens nela, a pasta minhas imagens do windows já me enganou algumas vezes pela sua desorganização natural de fabrica.

  23. Parabéns pelo blog!

    Minha dúvida crucial! Fotos e vídeos juntos? (e seguem também dicas)

    Eu organizo meus arquivos em pastas separadas por ano e dentro do ano em pastas rotuladas com os eventos em ordem cronológica.

    Exemplo de organização de pastas:
    • Fotos e vídeos ( atuais);
    o AAAA
     AAAAMMDD – festa de final de ano;
     AAAAMMDD – encontro dos amigos (e vídeos);
     AAAAMMDD – viagem de férias (e vídeos);
     AAAAMMDD – cachorro brincando (celular, e vídeos);
    • Fotos digitalizadas ( fotos antigas);
    o …
    • Vídeos filmadora ( não muito utilizada);
    o …
    • Vídeos fitas-VHS ( filmagens antigas convertidas)
    o …

    Antigamente tínhamos máquinas fotográficas e filmadoras, hoje em dia, temos ambas que podem tanto fotografar como filmar; e ainda tem fotos e vídeos feitos em celulares.

    As fotos e principalmente os vídeos atuais, pela qualidade, ocupam bastante espaço. E a minha principal dúvida no momento é se os vídeos devem ficar juntos ou separados das fotos, mesmo que sejam do mesmo momento. Por enquanto, estou deixando-os juntos, mas tenho esta grande dúvida, pela questão de tamanho, organização e busca.

    Listei para mim alguns prós e contras:
    • Juntos: a origem nas câmeras já é assim;
    • Juntos: mais fácil de encontrar o vídeo relacionado com a foto;
    • Separados: mais fácil de rodar os vídeos (centralizados), embora que os aparelhos atuais já classificam os tipos de arquivos no momento de rodar;
    • Separados: mais fácil de guardar e copiar, pois os vídeos ocupam muito espaço.

    E até por essa questão de tamanho dos vídeos, já pensei em convertê-los para AVI/MP4 (tamanhos menores), deixando estes com as fotos e os originais separados, facilitando a cópia em novas mídias no futuro (já pensando na vida útil).

    Hoje, tenho as fotos e vídeos atuais no computador e tenho um HD externo (que está sempre junto com o computador) com a cópia total de fotos e vídeos, para poder usar a qualquer momento (é bom ter tudo a mão).
    Tenho também uma segunda cópia de tudo em outro HD.
    E tenho uma terceira cópia gravada numa mídia bluray (foi necessário pelo tamanho dos arquivos e que requer uma boa organização para copiar os blocos de pastas conforme sua capacidade).
    Também faço a impressão das principais fotos, guardadas em álbuns, de fácil acesso para poder mostrar para os amigos.
    E para a família, ainda temos essas fotos principais, sendo reprisadas a todo o momento num porta retrato digital (Muito legal! de nada adianta ficar tudo guardado!).

Deixe uma resposta para Taís Cancelar resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui