Categoria(s) do post: GTD™, Áreas da Vida

A Tatiana A. E. enviou suas dúvidas pelo formulário de contato e o e-mail estava ficando tão grande que resolvi postar aqui no blog. Esclareço algumas dúvidas que podem ser de outras pessoas também. Seguem!

[quote class=azul]Olá Thais!
Navegando pela internet, encontrei o seu site. Fiquei tão encantada que nem me lembro mais o que procurava no dia que vim parar aqui! 🙂

De cara, me chamou a atenção um post sobre o GTD (que eu desconhecia completamente) e daí um post foi chamando outro e quando vi queria ler o blog inteiro!!! Já li seu post de como ler o blog mas não adianta, estou navegando página por página para ter certeza que nenhum post que me interesse irá passar despercebido! Já indiquei seu blog para todos os meus amigos e estou implementando várias coisas que vi aqui! Lembrei! Acho que parei aqui quando pesquisava sobre o Fly Lady (que eu também desconhecia e que também estou implementando, com adaptações para minha realidade e para o que funciona para mim).

Bom, vamos lá! Adorei o método GTD e acho q finalmente vou conseguir organizar meus projetos e tarefas (comprar o livro do David Allen já está nos planos). No entanto, fiquei insegura quanto a um fato e gostaria de sua ajuda. Analisando o meu dia-a-dia percebi que tenho poucos compromisso e muitas tarefas e projetos. Assim, acho que no meu caso uma agenda seria de pouca utilidade, certo? Hje uso a agenda do google e marco lá o que não quero esquecer: aniversários, reuniões, consultas. Acho que isso já basta né, sem a necessidade de uma agenda de papel.[/quote]

Bom, você usa a agenda do Google! =) Acho que, de alguma forma, todos precisam de uma agenda para anotar compromissos, senão perdemos o controle. Não vale a pena guardar essas informações na cabeça. A agenda pode sr usada para anotar outras informações além dos compromissos. Veja o post Utilizando a agenda de forma organizada.

Sobre a agenda ser eletrônica ou de papel, tanto faz. Basta usar o que for mais adequado ao seu estilo de vida. Eu comecei com papel, fui para a do Google, e agora voltei para o papel. Não existem soluções definitivas. É legal ir testando o que funciona melhor para a gente com o passar do tempo.

[quote class=azul]Quanto ao caderno caixa de entrada, pensei em deixá-lo para anotar tudo o que vier a cabeça (tarefas, projetos) e depois passar para o toodledo (q também não conhecia e adorei), mas fiquei em dúvida se eu deveria separar o caderno por contextos ou não.[/quote]

Não. Quando você ler o livro do David Allen, vai ver que ele fala sobre cada uma das etapas do método GTD. Eu pretendo fazer uma série de posts sobre todas as etapas também, muito em breve. Mas, basicamente, quando você insere informações na sua caixa de entrada, você está realizando a coleta das informações. A organização por contextos entra depois, quando você processar essas informações e organizá-las. Se você usar a caixa de entrada com contextos, pode perder o raciocínio e não processar direito.

A coisa de escrever na caixa de entrada e depois analisar, para processar e organizar, é justamente para a sua mente estar mais clara quando você for lidar com aquelas informações. Cansei de riscar informações da minha caixa de entrada porque, quando escrevi, pareciam ideias maravilhosas mas, analisando com calma algumas horas depois, vi que não eram prioridade e nem deveriam entrar nas listas de projetos.

Por isso, recomendo que a caixa de entrada seja mesmo um caderno com texto corrido, onde você vai lidando com um item por vez. O próprio David Allen recomenda que seja dessa forma também. A caixa de entrada precisa ser acessível (estar sempre com você), simples, senão você vai achar mais fácil não escrever nela que escrever e se perder em meio às informações.

[quote class=azul]Por fim, vi que no blog tem muitos textos sobre gerenciamento de projetos. Mas fiquei curiosa em saber como você registra o seus nas “folhas em branco” que carrega! É que quando pesquiso sobre o assunto só encontro referências sobre projetos como os que tínhamos que fazer na faculdade… Queria algo mais simples. Você teria alguma dica?[/quote]

Não entendi exatamente a questão das folhas em branco, Tatiana. Você quer dizer os arquivos de apoio aos projetos? Se sim, eu não as carrego comigo. Tenho uma pasta em casa e outra no trabalho, que me bastam. Procuro ter o mínimo possível de papel comigo, digitalizando o restante.

Se for outra coisa e eu entendi errado, por favor, escreva nos comentários que eu edito aqui no post.

[quote class=azul]Bom, já me estendi demais, desculpe! Parabéns pelo blog! É sensacional! Tenha certeza que ele é a salvação para muitas pessoas e fonte de mudanças também! Bom, para mim foi!
Abraços![/quote]

Obrigada, Tatiana! Escreva quando quiser.