Categoria(s) do post: Áreas da Vida

Eu já escrevi um post sobre tipos de presentes aqui no blog, que recomendo sempre que vou falar sobre alguma data comemorativa que demande a compra de coisas novas. Para o Dia das Mães, não é diferente.

Eu sei que é uma data comercial, assim como todas as outras datas comemorativas (sei que muitas são ligadas ao catolicismo, mas mesmo essas possuem grande apelo comercial), mas eu acho importante celebrar esses dias. Para falar a verdade, eu adoro ter um motivo para celebrar! E, como vivemos sem muito tempo para encontros e festinhas, essas datas nos ajudam a organizar o calendário.

No Dia das Mães, nós costumamos comprar um presente para a minha mãe, para a minha sogra e para a minha avó. Meu marido, é claro, compra um para mim também, para entregar junto com o filhote. =)

Acredito que a melhor recomendação para quem deseja comprar algo para o Dia das Mães seja não comprar nada que seja para cuidar da casa ou que signifique mais trabalho para ela, como jogo de panelas, eletrodomésticos etc. Sei que muitas mães adorariam ganhar uma geladeira nova, ou mesmo uma batedeira (sério, eu mesma amo essas coisinhas para casa), mas o Dia das Mães não é o momento para fazer isso! Aliás, se a casa precisa de algo, não há a necessidade de esperar qualquer data especial para usar o presente como desculpa para o gasto. Por favor!

No mais, sou um pouco contra comprar presentes caros. A não ser que você realmente não tenha o menor problema com dinheiro e possa gastar sem maiores prejuízos, claro. Mas, no geral, acho que essas datas são para darmos lembrancinhas, coisas afetuosas. Especialmente no Dia das Mães, acho legal dar pequenos “mimos” para essas mulheres lindas.

Não posso contar aqui no blog quais os presentes que nós compramos, especialmente porque a nossa família lê o meu blog e não quero estragar a surpresa. Mas o que nós fazemos é justamente isso: escolher um “mimo” para cada uma, respeitando o momento que estão vivendo.

Se você gostaria de ter algumas ideias, segue uma lista com recomendações minhas:[list]

  • Alguma peça de roupa que reflita a personalidade da sua mãe, como um lenço, uma blusa, uma bolsa. Evite dar sapatos (mesmo o número certo pode machucar) e artigos de gosto duvidoso. Se não tiver certeza, compre algo mais básico, que você já viu sua mãe usando, mas em outra cor, por exemplo.
  • Algum artigo de decoração. Vasos, quadros e esculturas sempre são boas opções, mas atente para o gosto da sua mãe, não o seu. Afinal, é na casa dela que você quer que fique o objeto.
  • Um par de ingressos para assistir uma peça muito bacana que ela já tenha comentado que queria, ou alguma que você tenha visto e que gostaria que ela assistisse. E sim, dê um par. Não, não fique triste se ela escolher ir com outra pessoa que não você! Foi presente!
  • Um par de ingressos para assistir um show muito bacana de algum artista que ela goste.
  • Um dia no spa com direito a massagem, manicure, pedicure e corte de cabelo.
  • Se você tiver um pouco mais de dinheiro, pode dar uma viagem de final de semana para algum lugar bem gostoso e que não dê muito trabalho para ela.
  • Leve-a para jantar no seu restaurante preferido. Dê flores. Peça para o músico cantar sua música preferida à mesa.
  • Um livro muito especial com a biografia de alguém que ela goste muito. Ou um livro com relato de viagem de um lugar que ela goste e sempre fica muito nostálgica quando fala a respeito.

[/list]O melhor momento para comprar definitivamente não é o sábado anterior! Você já sabe que o Dia das Mães acontece todo segundo domingo de maio, então antecipe-se. Se vir algum presente legal muito antes da data, você inclusive já pode comprar e guardar. Eu costumo comprar cerca de um mês antes mesmo.

A regra geral sem dúvida é pensar no melhor mimo possível para a sua mãe e presenteá-la dessa forma. Não tem erro. O melhor presente da sua mãe é você se lembrar dela, nesse dia. Para ser a cereja no bolo, mostre que a conhece e que se importa com ela. Isso independe de coisas materiais, mas todo mundo adora um agradinho.