Segunda foi um daqueles dias

15
2954
Imagem: Getty Images

Segunda-feira foi um daqueles dias em que cheguei em casa sem pique para fazer nada. Como eu sei que vocês gostam quando eu falo da vida real aqui, vou contar um pouco sobre como foi o meu dia.

Acordei cedo (6h) para atualizar o blog, já verificar minha agenda e previsão de projetos para a semana. Me vesti, fiz maquiagem e acordei meu filho. Dei vários beijos enquanto ele tomava café-da-manhã e fui trabalhar. Quando cheguei em casa, muitas horas depois, estava bem cansada. Não estou acostumada a acordar essa uma hora mais cedo, mas quero tentar adaptar meu horário ao horário de verão que vem aí.

Mesmo assim, fiquei com ele durante todo o tempo em que ele estava acordado. Cheguei por volta das 19h30 em casa (precisei passar na farmácia antes). Ele já tinha jantado e ficamos brincando. Aproveitei para organizar algumas roupas nos dois armários, enquanto ele me ajudava perguntando o que era isso ou aquilo.

Por volta das 20h45, tomei banho e dei banho nele. Meu marido o vestiu enquanto eu colocava o meu pijama e eu fiquei mais alguns minutos com ele, antes de ele dormir.

Quando ele dormiu, eu sentei no sofá para descansar. Estava exausta! Já eram quase 21h30 e eu planejava dormir às 22h (porque tinha acordado cedo), mas ainda não tinha feito absolutamente nada em casa. Não tinha sequer jantado. Meu marido tinha feito comida, mas eu optei por deixar para levar para o trabalho no dia seguinte e preparar outra coisa rápida. Então levantei, fiz um omelete vapt-vupt e jantei assistindo tv. Lavei a louça. Limpei a pia. Troquei as lixeiras da cozinha e da área de serviço. Coloquei a roupa suja no cesto. Guardei algumas contas pagas na minha pastinha de 2012. Todo o resto das nossas tarefas diárias já tinha sido feito pelo meu marido durante o dia.

Já eram mais de 22h e eu ainda não tinha estudado espanhol (estudo toda segunda-feira). Mas estava cansada, fora do normal. Foi exceção. Estudei na terça.

Fui dormir às 22h45.

Dias cansativos existem. Tudo é questão de adaptação (a uma rotina nova, como acordar mais cedo) e perspectiva (só estou assim hoje, logo vai melhorar). Ninguém é perfeito, ninguém faz tudo sempre. Quando eu estou em um dia cansativo assim, eu faço somente o essencial. Eu poderia ter deixado a louça da janta para o dia seguinte, mas me custou tão poucos minutos! Por mais cansadas que nós possamos estar, tem que ter um pouco de força de vontade para fazer as tarefas mínimas, pois só elas já fazem uma grande diferença. E não, eu não ia dormir meia-noite só para limpar a casa. Meu bem-estar também é importante.

Esse foi um exemplo de dia em que eu estava cansada e não fiz quase nada em casa. Em breve posto sobre um dia bem produtivo.

15 comentários

  1. Thais, vc tmb passa por isso!!! 🙂 Acho que foi o post com o qual eu mais me identifiquei! rsrsrs. Ontem foi mais ou menos assim comigo. À noite fiz somente o essencial pra eu poder dormir um pouco mais cedo que o habitual. E, quer saber, pela primeira vez não me senti culpada por não dormir 1h da manhã arrumando tudo! Acho que estou evoluindo! 🙂
    Um grande bj,

  2. Foi bom ver que vc também tem seus dias de cansaço. Eu fiquei assim ontem, mas não tive coragem de fazer nem o mínimo. Fui trabalhar, eles liberaram mais cedo por causa de uma reforma, e quando cheguei em casa direto pra cama. Só vim ter coragem de fazer as coisas por volta das 23h. Áí embalei numa limpeza até as 3h da madruga, SEM PERCEBER!!!!!!!!!!!!!

  3. Oie…

    Eu acho que vc consegue fazer muita coisa durante o dia…tenho muito mais tempo que vc e me enrrolo…hehehe

    Mas é bom saber que vc é humana…hehehe….

    Beijocas!

  4. Dias assim existem aos montes.
    Ontem meu dia também não rendeu muito, mas preferi cumprir a lista de “tarefas obrigatórias” a deixar algo pro dia seguinte.

    Até pq, enquanto estamos fazendo algo, distraimos. Minha vó sempre dizia: “Cabeça vazia, oficina do diabo”. rsrsrs

  5. Nossa.. eu ando muitoooo preguiçosa, antes como meu marido não estava em casa a noite eu fazia muitas coisas, deixava toda a casa em ordem… agora as vezes nem a louça eu lavo e isso anda me envergonhando… ontem a noite aproveitei dar uma geral na casa, guardar roupas, separar roupas pra lavar, estender tapetes no varal… enfim destralhar.. mas ando precisando dar um pega msmo.. limpeza geral, vou aproveitar esse feriado que vou ficar em casa e o maridão vai viajar… mas é muito saber q tem dias q vc tmb se sente muito cansada, as vezes dá a impressão de vc ser uma heroína ou eu muito fraca…kkkk..

    bjussss

  6. É ótimo saber que mesmo com muita organização tem dias em que a gente simplesmente não consegue, por mais que queira, fazer o planejado. Isso acontece muito comigo…rs

  7. Oi Thais! Que bacana!!! Vc conseguiu teminar o dia ornanizada. As vezes me sinto assim tbem, mas não adianta a gente deixar coisas pra depois, sendo que elas vão acumular e o depois vai ser bem mais cansativo.
    Aprendi muito com vc nesse ano inteiro e estou começando um plano de organização bem detalhada pra 2013, mas procuro já viver essa organização. O que tem me ajudado muito. Adoro seus posts “reais” bjosss

  8. Oi Thais!!
    É fácil perceber o índice de maturidade de uma pessoa quando ela, mesmo diante das adversidades, sabe priorizar as coisas de sua vida.

    Bjs

  9. Enfim, somos humanos, não é? Essa foi uma semana super pesada pra mim. Fiz aquela limpeza cômodo a cômodo, analisando minimamente cada coisa que estava lá dentro. E não é que joguei um milhão de coisas fora? O blog ajudou bastante. Obrigada!

  10. Nós mulheres temos que colocar em nossas cabeças que somos humanas , apesar de fazer um esforço enorme para não sermos e dar conta de tudo..rs, e que também temos dias de exaustão física e até mesmo mental. E temos que conhecer a nós mesmas para identificar quando é uma simples preguiça e quando é o cansaço ou stress podendo assim se valorizar e se cuidar , dando a nós mesmas m diazinho de folga nesses dias mais críticos. Muito bacana vc colocar isso no blog. ^^

  11. Gosto muito do seu blog. Acredito que as pessoas tem talento para certas áreas e em outras nem tanto. No meu caso gosto de organização, mas não consigo manter tudo tão alinhado assim. Gostaria de ter mais disposição para isso, pois admiro quem tem. Seu post de hoje foi bem legal, pois ao mesmo tempo que mostra que nem sempre as coisas saem do jeito que pensamos,como também nos impulsiona a não desanimar e motiva pra não cair a peteca.

    Parabéns, curti muito seu depoimento.

  12. Oi, Thais!

    Muito legal o post. 🙂

    Só fiquei com uma dúvida: por que você já está se preparando agora para o horário de verão? Digo, não dá na mesma adiantar uma hora agora e adiantar quando for a data mesmo? É o mesmo “choque”, não? A não ser que você começasse a acordar, sei lá, uns 10 minutos mais cedo a cada dia, até dar uma hora….

    Enfim, não entendi a lógica. Me explica? 🙂

  13. Acho que nunca comentei aqui, apesar de ler sempre, acompanho o blog tem alguns anos já e AMO. Em março eu me casei e senti na pele a nova vida, casa, rotina. Minha casa é enorme, com garagem e área de festa. Além de um jardim, horta, pomar. Eu amo tudo mais o jardim decidimos por pagar alguém pra cuidar a casa vou levando dividindo entre trabalho e pós, além disso somos atuantes na igreja da comunidade o que nos faz ter uma vida bem agitada. Gosto de vir aqui e ver que ‘Se ela consegue, eu também’. E ontem foi um dia parecido com o seu tinha que passar roupas e estava cansada, então lembrei do post, pedi pro meu marido colocar o note na cozinha com nosso seriado preferido e fomos assistindo ele limpou a pia e eu passei as roupas. E assim foi, todo dia tens me motivado. Parabéns mulher de verdade como nós!

    Um abraço, Aline Gabriela Piva

Deixe uma resposta para Camila Cancelar resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui