Rotuladora Brother

29
8850

Eu comprei a minha rotuladora há cerca de cinco anos, na Kalunga. A marca dela é Brother e o modelo é este aqui. Na época paguei uns 70 reais e optei por esse modelo simplesmente porque era mais barato e parecia me atender bem. Não me enganei! Para vocês terem uma ideia, troquei as pilhas somente duas vezes nesse tempo todo e a fita dura até hoje. Claro que eu não saio etiquetando tudo loucamente (na época que eu comprei, fiz isso, mas depois a empolgação passou), mas mesmo assim eu considero de uma durabilidade incrível.

Existem outras marcas e eu sinceramente não vejo necessidade de um produto mais complexo para uso doméstico. Eu costumo deixar a fonte sempre na mesma padronização (para dar unidade a tudo que estiver rotulado em casa). Há também a opção de fitas coloridas, mas nunca usei – uso a branca tradicional.

Eu mostrei um uso que fiz dela em um post anterior (clique aqui para ver).

Muitas pessoas acreditam que não seja necessário ter uma rotuladora. Necessário não é. Porém, eu considero muito prático o seu uso. Não utilizo impressora para etiquetas e todas ficam padronizadas, com o tamanho do mesmo corte etc. Fora que bastam poucos segundos para imprimir uma etiqueta plastificada e com durabilidade. Na minha opinião, foi uma boa aquisição.

29 comentários

  1. Ai, eu estava pensando em comprar uma, mas estava em dúvida se valia a pena… Vou pesquisar quanto é aqui e comprar!

    Bjos

  2. Achei interessante o uso da rotuladora por ser mais prática e facilitar a padronização das etiquetas. Gostaria de saber se só tem um tamanho de corte das etiquetas ou tem mais? Adoro seu blog, tem me ajudado bastante a me tornar organizada.

  3. Thaís, meu marido me deu uma dessas (igualzinha a da foto) de presente há alguns anos e disse que pois achou que o presente era a minha cara (e é).
    Realmente, no começo sai etiquetando tudo (inclusive o marido), mas agora uso com moderação (hehehehe).
    Adoro seu blog! Obrigada por compartilhar tantas dicas e experiências!
    Beijo

  4. Não há dúvidas de que uma rotuladora torna tudo mais fácil. Eu estou pesquisando e esse modelo parece que vai me atender perfeitamente. Costumo fazer minhas etiquetas no computador, mas não é a mesma coisa, definitivamente. Dá preguiça, ter que ligar o pc, configurar apenas uma etiqueta e acabo deixando acumular para fazer tudo de uma vez, o que é chato. Beijos.

  5. Tenho uma igual e gosto bastante tb. Minha fita está quase acabando. Só acho que gasta bastante pilha, mas vale à pena, com certeza. Comprei na Port. Na época estava mais em conta que na Kalunga.
    Bjs

  6. Oi Thaís, tudo bem? Acompanho seu blog desde o começo do ano e adoro as coisas que você escreve! Eu também uso etiquetadora (no trabalho) e adoro, tudo fica bem identificado e organizado e agora quero comprar uma para casa! Bjos

  7. Eu tenho 2 rotuladores, daqueles antigos (eram da minha sogra), são manuais, e a letra sai em relevo, e não tem opção de fonte, só a mesma e se parece com datilografia, acho lindo.
    Tipo essa: http://www.dkjexpress.com.br/produto/3901063/Rotulador-manual
    Mas não encontro mais as fitas pra comprar, são diferentes das fitas dessa que você tem. E quando encontro elas estão há tanto tempo na papelaria que não tem mais cola. Pela internet até encontrei, mas são super caras e ainda tem o risco de também estarem velhas e sem cola.
    Triste…
    Gostei dessa, mas não tem aquela personalidade da antiga, senti falta das letras em relevo.

  8. Sincronicidade virtual, ontem mesmo estava olhando pra comprar! Rs, mas como moro na praia vou esperar ir pra Cidade mais próxima pra compra, pois quero pegar na hora! Bjos Adooooroooo seu Blog, descobri na quinta passada e tô lendo todo dia!

  9. Thais,acabei de criar um ditado popular pra voce ( ainda nao e popular ,mas sera hahaha)” Quem distralha nao se atrapalha”.
    Bjs

  10. Oi Thaís! Eu comprei uma também já faz algum tempo, para uso domésticos, meus amigos não entende o pq de ter uma rotuladora, porém vc conseguiu explicar tudo e eu adoro a minha.
    bjus

  11. Ei Thais! Amo seu blog. Está de parabéns!!!! Vc sabe me dizer se a fita dessa rotuladora é muito cara? Até tentei pesquisar na net, mas sairam tantas q fiquei perdida. Obrigada!

  12. Eu tenho uma igual, é realmente muito bom o produto, e as etiquetas, principalmente por não ficarem sujas e desgrudando, são relativamente caras concordo, mas por não terem que ser trocadas com o tempo acaba compensando o investimento.

  13. Depois de ler a matéria e os comentários, comprei um rotulador pelo site (kalunga)… mas paguei R$ 79,90!!! Agora é aguardar e sair rotulando tudo – risos!!!

  14. Oi Thais!
    Desde que você publicou este post, fiquei desejando a rotuladora… pensei, pesquisei, repensei, procurei mais um pouco… e finalmente ontem comprei!!! Comprei o modelo PT-80 que é bem parecido. Todos me acham um pouco “louca” e nao entendem a utilidade, mas eu estou AMANDO! Tipo criança com brinquedinho novo! Já tinha visto e usado uma há uns anos, mas já nem me lembrava e nunca tinha pesquisado o preço.
    A rotuladora nova e minha picotadora de papel sao meus acessórios de escritório preferidos… 🙂
    Obrigada pela dica!!!!

  15. Adorei seu blog, estou pesquisando pra comprar uma para uso domestico mesmo, e estou com uma dúvida. Ela é tipo plastificada?Você já testou etiquetar algo que guarda no freezer? Estou em duvida sobre a Dymo e a brother em relação a custo, beneficio e reposição de fita(alguma mais fácil de encontrar pra eu não correr o risco de ficar com ela parada depois).
    obrigada meninas!!! beijinhos 🙂

    • Na verdade não seria recurso da etiquetadora, mas sim usar uma fita adequada que fixasse em tecido.

      Eu acredito que ela tenha sim, mas precisaria ver no site da marca se essa fita existe e é vendida.

  16. Parabéns pela postagem Thaís.

    Dá para editar o tamanho das bordas?

    se as laterais da impressão saírem grandes a fita acaba mais rápido.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui