Estudos, Áreas da Vida

Aprenda a fazer mapas mentais

Mapa de ideias é uma pequena técnica de organização do pensamento que pode ser utilizada para estudar, para planejar seu trabalho ou qualquer outro tipo de projeto. Fazer um mapa mental significa relacionar as informações de forma intuitiva e, quando você perceber, o mapa apresenta um panorama bem organizado dos conceitos principais. Eu uso muito quando quero escrever um texto, por exemplo, e preciso abordar uma série de assuntos nele. Também utilizei bastante na escola e na época em que eu fazia cursinho, para decorar alguns conceitos.

Os passos para criar um mapa mental são simples:

1. Separe uma folha em branco e canetas de diversas cores. É claro que você pode usar a folha de um caderno e uma única caneta. A ideia é que, separando esses materiais, as cores ajudem na assimilação do conhecimento (no caso dos estudos) e, com uma folha avulsa, você também possa arquivar seu mapa em uma pasta ou fichário, ou mesmo pendurar no seu mural.

2. No centro da folha, escreva o nome do seu projeto. Se você estiver estudando, pode escrever o título principal (ex: Revolução francesa).

3. Ao redor do título principal, escreva os sub-títulos, ou sub-projetos. Nesse caso, como meu projeto é “organizar o escritório”, eu dividi essa tarefa enorme em sub-tarefas menores, como arrumar a mesa, a papelada etc. Ligue esses sub-títulos ao título principal.

4. Embaixo de cada sub-projeto, liste tudo o que precisa fazer. Com isso, você vai categorizando as tarefas.

Em vez de listar, você pode continuar “puxando” ideias, como fez com as sub-tarefas a partir do tema principal. Fica a seu critério.

A vantagem de fazer um mapa de ideias é que você tem um panorama geral que pode sempre consultar quando estiver estudando ou trabalhando em determinado projeto.

Pesquisando para escrever este post, encontrei um vídeo excelente no YouTube e gostaria de recomendar a todos vocês:

E você, já fazia mapas de ideias? Para que você os usa?

Você também pode gostar...

Posts mais acessados

70 Comments

  1. Rodrigo Lopes says:

    Na “era digital”, um programinha pra auxiliar:
    http://freemind.sourceforge.net

    1. Aproveitanto a dica do Rodrigo segue um detalhamento sobre o Freemind:

      http://gpsenior.blogspot.com.br/2013/05/mapa-mental-organize-suas-ideias.html

  2. Eu tenho ummmm!!!!!! Vou tirar foto depois pra você ver!
    Acho que tudo nessa vida a gente tem que colocar no papel!rs

    Bjão!!!

  3. Adorei isso! Vou experimentar qualquer hora dessas. O programa que o Rodrigo passou parece ser interessante. Mas acho que eu gosto da ideia do papel e canetas de várias cores. Mas eu sou uma romântica apaixonada por papel mesmo. hoho

    PS: Acompanho pelo reader e só hoje vi o layout novo. Tá uma delícia isso aqui, as cores me acalmaram e meus olhos cansados de computador agradeceram muito.

  4. No papel tudo fica mais claro e objetivo! Nao tenho o costume de fazer mas como estou mobiliando a minha casa, preciso fazer isso para nao me perder! Obrigada pela ideia! Beijos,Erika/SP

  5. Thais Melo says:

    Adorei a dica! Ela será muito útil para mim!

    Obrigada!

  6. Acredita que tava lendo sobre isso semana passada?….eu vi esse video é muito bom…..na minha epoca de escola..sempre fazia esquemas que é algo meio parecido…..beijos!

  7. Miss Details says:

    Eu já tinha ouvido falar deles e logo me pareceram muito uteis, mas nunca tinha conseguido perceber como se faziam, até hoje…
    Obrigada pela partilha!

    Beijinhos

  8. Acho que por ser cinestésica, sempre fiz isso sem saber, talvez não tão esquematizado. Sempre que coloco algo no papel, faço uma lista com tópicos e vou puxando subtópicos com setinhas. A ideia do mapa mental é muito bacana e também estava lendo sobre isso tempos atrás. São coisas simples que ajudam muito a organizar a mente.

    E essa sua letra linda, hein? 😉

  9. Vc é um gênio!

  10. Uso como ferramenta de trabalho, é ótima, principalmente se estamos em duas ou mais pessoas, é mais fácil pra se organizar

  11. Priscila Antunes says:

    Thais, vc se supera a cada dia.
    Eu já tive um livro do Tony Buzzan, mas não utilizei embora tenha gostado.
    Agora que estou bem melhor em organização do que naquela época, vc como sempre, me deu uma ótima idéia.

  12. OI Thais,

    Muito didático e simples sua maneira de ensinar…eu sempre fiz meio que intuitivamente, mas vou aprimorar e utilizar mais.
    Uma dúvida, depois que vc tem o mapa pronto vc transfere as tarefas e subtarefas para o toodledo?
    Obrigada,

  13. Mind Maps! Fiz muito na faculdade… inclusive alguns contavam nota hehe.
    Meu professor tinha passado esse site, que tem vários exemplos e modelos: http://www.mapasmentais.com.br/

    A gente fazia no Power Point mesmo, mas tem alguns sites que dá pra armazenas em nuvem. Usei bastante o Gliffy (http://www.gliffy.com/), e também tem o Cacoo (https://cacoo.com), esse último inclusive uso para fazer alguns wireframes.

    Fica a dica aí pra galera =]

  14. Thais Godinho says:

    Isso mesmo, Jane. =)

  15. AMEI! Muuuito bom, vou adotar a técnica, com certeza! Bjos!

  16. Adorei o post! Vou tentar adotar essa ideia. 😀

  17. Eu faço para a faculdade, uso para fazer principalmente resumos de textos. E uso um programa portátil que é disponibilizado em .zip com arquivos para todos os computadores (Mac, Linux, Windows), é ótimo para carregar em pen-drive, chama-se Xmind: http://www.baixaki.com.br/download/xmind-portable.htm

  18. Sou web developer freelancer, e por causa do trabalho tive que ter um programa de criação de mapas mentais, e o escolhido pelo cliente foi o Mindjet MindManager. Eu entendi o que o cliente quis me passar, mas não tinha entendido o porque de usar isso, e agora entendo. Obrigada Thais :3

    Não sei os outros, mas a parte que mais gostei desse é que a interface é semelhante ao Office 2007. Ele tem versão de iPhone também. Ainda não instalei, mas um dia encaro ele XD

    Vou usar seu exemplo pra organizar meu escritório. Estou na mesma situação que você ^^

  19. Laila D'Anglly says:

    – P e r f e i t o ! Nossa e aqui ta lindo heimm, Parabéns Thais

  20. Eu aplico a técnica pra escrever juntamente com a técnica de Brain Storm… e dá certo…

  21. Tathy Zagoto says:

    Adorei, li o post pela manhã e fiz um para ORGANIZAR O QUARTO! já está colado na porta do meu quarto. vou começar usar isso pra estudar para a pós! beijos

  22. teste

  23. Thais,

    Acabei de perder um comentário imenso que eu tinha escrito para você…..que raiva

    Eu costumava muito usar mapas mentais na época da escola e da faculdade.
    Fiz um curso sobre isso quando estava no colégio e sempre achei isso muito útil.

    Não sei ao certo quando abandonei essas idéias.
    Como já disse em outros posts sempre fui ligada a coisas de organização….livros, metodologias,sites,técnicas…..sempre adorei essas idéias.
    Já pensei até em fazer faculdade de biblioteconomia só porque adorava catalogar coisa.

    Sei que não sou um exemplo de organização, mas acredito ser a pessoa mais organizada da minha familia.

    Sempre tive muitas coisas e pouco espaço e isso dificulta para que eu me organize melhor.

    Gosto tanto da idéia dos mapas mentais que uma amiga veio me pedir ajudar para se organizar e eu indiquei isso para ela.

    Fico triste quando perco comentários porque quando vou reescrever nunca fica igual….com o mesmo conteudo e palavras….acho que a segunda vez sempre fica uma droga….gosto de escrever nos momentos de inspiração.

    De qq forma

    Beijos

    Julie

  24. P.S=> GOSTO DOS BONS E VELHOS E TRADICIONAIS PAPEL E CANETA PARA FAZÊ-LOS E NÃO GOSTO DE FAZE-LOS DE FORMA VIRTUAL.

  25. Obrigada Thais! Era isso mesmo que eu precisava para começar a me organizar 🙂

    Bjo

  26. Fernanda Cópio says:

    Amei!!!! Também tenho projetos assim, de organização, mas nunca os tenho tão organizados para a execução… e realmente, a falta de organização mental para executar uma tarefa atrapalha muito o resultado… Vou adotar esse hábito, de montar mapas para variadas finalidades. E para não deixar de comentar: QUE LETRA LINDA!!!!!!!! Bjs

  27. Meeeeeeeeeeeeu deus como eu ameeeeeeeeeeeeeeeei esse post, sou daquelas pessoas que pensa na velocidade da luz e ai já sabe né? fica uma loucura e as vezes (quase sempre) não adianta de nada tanta ideia se a gente não consegue usar, muito obrigada vou fazer isso

    http://casaemimosartesanais.blogspot.com.br/

  28. Ana Lúcia says:

    Thais, vc é 1000! Ótimo! Obrigada! tenho ensinado minhas filhas – deveres escolares – esse método é excelente!

  29. Olá Thaís, adorei! Já estava procurando na internet sites que falassem sobre esse assunto. Estou lendo “A TRÍADE DO TEMPO” do Christian Barbosa vc conhece?
    abçs

    1. Thais Godinho says:

      Adriana, já ouvi falar, mas nunca li. Conte mais! É bom?

  30. Thais, muito obrigada! Essa técnica será utilíssima nas minhas aulas!
    Aliás, você tem dicas voltadas especificamente para professores?
    Eu ficaria gratíssima!:)
    Planejar aulas, atividades e provas para diferentes séries e muitas turmas exige muita organização!

  31. Nossa Thaís, não conhecia esse método!!

    Muito interessante mesmo…acho q vai ser ótimo pra mim, q tenho déficit de atenção, a me ater ao q realmente interessa!! Muitíssimo obrigada!!!

  32. Eu uso mapas mentais todos os dias. São uma ajuda muito preciosa, sem dúvida.

    Beijinho

  33. Cristiane says:

    O XMind é uma ferramenta gratuita bem bacana de elaboração de mapas mentais

  34. Thaís! Até ontem, quando li esse post, não conhecia os mapas mentais. Aí, claro, fui atrás e descobri um site gratuito (www.mindmeister.com), com interface em português e já consegui planejar a minha graduação, que estava uma bagunça por conta de alguns trancamentos, e agora já tenho uma perspectiva de quando vou me formar e uma agenda com o que fazer em cada semestre. Bárbaro! Obrigado pela dica.

    1. Thais Godinho says:

      Pessoal, obrigada pelas dicas de mind maps no computador ou aplicativos. Já conhecia alguns, mas confesso que sou adepta do papel nessas horas.

  35. Thais,

    descobri o seu blog por acaso ( há 3 meses atrás), num dia em que eu estava tão angustiada com as provas e o ritmo louco da faculdade que… numa tentativa desesperada de me organizar digitei no google: “como se organizar com os estudos da faculdade”. Aí te achei, né? rsrs
    Desde então, leio o blog todos os dias!!
    Sem comentários pra dizer o quanto que seus posts me ajudam!

    Sobre o post de hoje… ERA EXATAMENTE O QUE EU PRECISAVA pra me organizar com umas matérias aqui!

    Muito obrigada!

  36. Olá Thais, acho que é um livro médio, mas muita coisa eu já tinha visto através do seu blog e outras pela internet Teve uma hora que eu achava que ele estava enrolando…preciso reler para dar uma opinião melhor e colocar em prática tudo que ele propõe. Vc escreve super bem, te dou maior apoio para escrever um livro(eu compraria). Beijos

  37. Vivianne Cristina says:

    Bom dia, Thais,

    Eu já conhecia o seu blog através de uma amiga, chamada Gabriela(que, aliás, sempre falou muito bem dos seus artigos!); coincidentemente, ontem eu estava procurando dicas de como elaborar um PLANO DE VIDA e ao acessar o seu blog eu fiquei impressionada com as suas propostas de organização. Sou graduanda em Ciências e Tecnologia, quando comecei o curso, apesar de estar muitíssimo empolgada, não consegui seguir os horários. Eu estou decepcionada com minha falta de organização na universidade, pois tento elaborar cronogramas de estudos e pratica- lo, porém não tenho conseguido. Resultado? Acumulação de conteúdo e notas baixas! Eu não costumo ser extrema, contudo tenho que confessar: estou desesperada. Preciso de uma sugestão, além desse, qual o post que você fala a respeito dessa situação?

    Atenciosamente,

    Vivianne Cristina

    1. Thais Godinho says:

      Oi Vivianne. Entendo o sentimento. Bom, o blog tem um arquivo extenso (desde 2006). Dá uma olhadinha despretensiosa, porque muitos textos são voltados a isso. bjo.

  38. Vivianne Cristina says:

    Sim, sim… Com certeza! Vou “caçar” esses posts! Muito obrigada. =D

  39. Sempre adotei essa prática, é incrivelmente útil!

  40. Mudou minha vida e me fez pensar. que isso seria util anteriormente

  41. Thais, seu blog é super-legal, parabéns !!
    Uso frequentemente o recurso dos “mind maps” para organizar um sem-número de assuntos e/ou idéias que insistem em se apresentar veloz e volumosamente para serem processados por meu cérebro (já um tanto cansado …). Inicialmente, desenhava a maioria dos mapas manualmente, mas depois achei umas ferramentas legais pra isso. Elas melhoram em muito o aspecto final do mapa e permitem que você facilmente expanda ou reorganize a rede de nós sem precisar passar todo o desenho a limpo ou usar uma folha de papel maior. Uma dica desta categoria de software é o SmartDraw. Pra os mind maps, você pode usá-lo na versão free/demo. Eu acabei assinando a versão comercial porque uso também para desenhar plantas de arquitetura, apresentações para o PowerPoint e outros tipos de ilustrações/desenhos.
    Abraços !!

    1. Boa noite, Marisa

      Como que você usa o programa para desenhar as plantas??

  42. Amei o blog muito obrigada. Uso normalmente para estudar. Eu uso o http://www.examtime.pt …Uma plataforma de estudo online que oferece ferramentas de estudo gratuito. Mapas mentais, flashcards, notas e mais. Encontro estudar um bocado mais facil e estou mais organizada. E agora com os meus exames.. Desejem me boa sorte. Obrigada Thais

    1. Obrigada, Marina. Não gosto de fazer no computador porque acho que uma das maiores vantagens de memorização com os mapas mentais é escrever à mão.

  43. Jéssica says:

    Adorei, é incrivelmente mais prático, eu costumo fazer listas, mas nem sempre elas me servem. Vou seguir a dica.

  44. Bom dia Thais. Estou sentindo falta do nome das postagens embaixo da imagem dos l7nks. Acompanho seu blog no tablet e clicando pelos títulos dos links vou acompando as leituras, pois assunto puxa o outro. Agora só com a imagem não tenho como fazer isso, pois não sei o que qual é o nome da postagem.

    1. Obrigada por avisar. Qual seu sistema operacional no tablet?

  45. Olá Thais! amei essa dica do mapa de idéias, e já comecei o meu! Coloquei o centro de meu projeto, meu blog, e agora vou me organizar melhor para fazer tudo que preciso nele. Eu sou mais do papel também rsrs Obrigada e sucesso para você!

  46. Angela Feijo says:

    Excelente este post. A visão do mapa mental não deixa que nos percamos em devaneios sem fim. Obrigada!!!!

  47. o conteúdo é incrível! Obrigado.

  48. ideias incríveis que eu aprendi lendo seu artigo! Obrigado.

  49. É incrível como você escreve! Parabéns.

  50. O seu conteúdo é sensacional! Parabéns.
     

  51. O melhor de tudo é gastar um pouco de tempo lendo um conteúdo tão incrível. Obrigado.

  52. Antes de ler seu artigo eu não entendia como funcionava um mapa mental, agora eu sei! Muito obrigada.

  53. Mayra Mbamu says:

    Ola Thais!!!
    Realmente seu blog eh sensacional.
    Vc faz um trabalho incrivel, pois trata de assuntos importantes e praticos de maneira realmente simples.
    Li livros sobre Mapas Mentais e concordo com Daniela Marchesini, dps que li seu artigo com as imagens simples compreendi a funcionalidade dos mapas.
    Muito obrigada por seu trabalho!
    Ps.: Me desculpe pela falta de acentos, meu note esta desconfigurado 😉

  54. Excelente artigo. Esta de parabéns

  55. Muito interessante! Os mapas mentais realmente ajudam muito a organizar as coisas! Pode ser usado em tudo! Existem vários programas que podem ser usados para se fazer mapas bem completos, um deles é o XMind que é muito bom por sinal, mais é gratuito até certo ponto e outro que conheço é o FREEMind, este é totalmente gratuito e tem muitas funções. Vale a pena conferir.

    1. Thais Godinho says:

      Uso também.

      Obrigada por compartilhar.

  56. vilma conceição lucas souza says:

    Sensacional sua explicação, fácil e direta. Sempre quis usar os mapas mentais, mas era tantas teorias, rabiscos, explicações complicadas que eu desisti. Compreendi claramente sua explicação. Obrigada.

  57. Conteúdo incrível…Obrigada por compartilhar!

Deixe uma resposta para vilma conceição lucas souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *