Categoria(s) do post: Casa

Eu gostaria de falar um pouco sobre a dieta que eu estou fazendo, pois algumas pessoas têm me perguntado. É a dieta Atkins que, a grosso modo, significa a redução drástica de açúcares e carboidratos para que seu corpo queime a gordura mais rápido. Existem diversas fontes por aí a respeito, mas o livro continua sendo a mais confiável (“A dieta revolucionária do dr. Atkins”). Mais para a frente vou fazer um post especial sobre ela, mas posso adiantar que, em um mês de dieta, emagreci mais de 7kg (me pesei só com três semanas e tinha emagrecido os sete, e ainda preciso me pesar atualmente para conferir o total certinho).

Pois bem. E essa dieta se reflete no dia-a-dia, porque não posso comer muitos alimentos que faziam parte da minha rotina, como pães e leite. Como meu marido e meu filho não estão fazendo essa dieta (né), precisamos pensar em algo que fique bom para todos. E aí chegamos ao seguinte planejamento para esta semana (eu como só o que estiver na linha de cima de cada dia):

Segunda
Fajitas de carne com cebola e pimentão
Sopa bem grossa de músculo com legumes

Terça 
Frango grelhado com molho de mostarda
Capeletti quatro queijos

Quarta
Frango assado com bacon
Batatas assadas, feijão e arroz branco

Quinta
Filé de alcatra à fiorentina com salada verde
Arroz e feijão

Sexta
Filé de alcatra à fiorentina com salada verde
(repete porque só eu almoço em casa na sexta)

Não almoçaremos em casa no final de semana, então não há planejamento para esses dias.

Confesso que tem sido extremamente difícil não comer coisinhas gostosas, especialmente agora que estamos no inverno. Mas como proteína sustenta bastante, não tenho sentido tanta fome como poderia, e isso me ajuda a comer menos e, então, emagrecer.

Ah, só para constar! O menu costuma ser bem básico em casa, viu. Às vezes tentamos fazer as semaninhas especiais, que dão uma agitada na rotina (e também porque gostamos de cozinhar), mas chegar em casa e já ter tudo definido e fácil de fazer ajuda de tal forma que nem consigo descrever. Por exemplo, quando fazemos alguma carne assada, já preparamos alguns petisquinhos antes porque demora mais para a comida ficar pronta e a gente não morrer de fome. Enquanto a carne está no forno, aproveitamos para fazer um monte de outras coisas em casa.

A preparação para cada dia é a seguinte: congelamos a carne (ou fazemos a que compramos no dia, fresca), então descemos do congelador para a geladeira um dia antes, meu marido tempera durante o dia e deixa tomando gosto na geladeira, e fazemos juntos quando eu chego em casa, de noite. Se ele estiver inspirado ou com muita fome, acaba fazendo antes. =) Geralmente ele consegue fazer feijão, arroz, essas coisas, durante o dia, porque de noite fazemos somente o que é gostosinho comer fresco, como saladas e carnes. Costumamos guardar um pouco para ele preparar no dia seguinte, no almoço, para ele e o filhote. E eu guardo um pouco do jantar para levar para o trabalho.

É claro que nem sempre sobra e aí eu preciso comer fora durante o expediente, ou combinamos de almoçar juntos em algum lugar gostoso, mas tento evitar isso porque gasta-se MUITO com almoço aqui em Campinas.